19 de setembro de 2018

Resenha: A coroa da vingança - Colleen Houck, Editora Arqueiro

Sobre o livro:



Sinopse: Em A Coroa da Vingança, terceira e última aventura da série Deuses do Egito, Colleen Houck nos presenteia com um desfecho tão surpreendente e inspirador quanto o elaborado universo mitológico que criou. Meses após sua pacata vida como herdeira milionária sofrer uma reviravolta e ela embarcar numa vertiginosa jornada pelo Egito, Liliana Young está praticamente de volta à estaca zero. Suas lembranças das aventuras egípcias e, especialmente, de Amon, o príncipe do sol, foram apagadas, e só resta a Lily atribuir os vestígios de estranhos acontecimentos a um sonho exótico. A não ser por um detalhe: duas estranhas vozes em sua mente, que pertencem a uma leoa e uma fada, a convencem de que ela não é mais a mesma e que seu corpo está se preparando para se transformar em outro ser. Enquanto tenta dar sentido a tudo isso, Lily descobre que as forças do mal almejam destruir muito mais que sua sanidade mental – o que está em jogo é o futuro da humanidade. Seth, o obscuro deus do caos, está prestes a se libertar da prisão onde se encontra confinado há milhares de anos, decidido a destruir o mundo e todos os deuses. Para enfrentá-lo de uma vez por todas, Lily se une a Amon e seus dois irmãos nesta terceira e última aventura da série Deuses do Egito.


5 de setembro de 2018

Resenha: Uma noite e a vida - Chris Melo, Fábrica 231

Sobre o livro:



Sinopse: “Talvez o momento do encontro seja realmente algo magnífico e inexplicável, mas a profundidade das relações depende de muito mais horas, olhares e apostas, pois o verdadeiro encantamento do amor acontece no dividir dos dias, na capacidade de carregar a parcela do outro na gente e em viver sem o pedaço que transcedeu o nosso eu e foi morar dentro de quem amamos de fato. Só assim é amor e só tem um jeito de descobrir se é: vivendo.”  Virgínia é inconstante e sonhadora por natureza. Depois de largar tudo para viver como mochileira e retornar a São Paulo logo após a aventura não se desenrolar da maneira como havia imaginado, a jovem fotógrafa se conforma com uma rotina pacata e saudável e um emprego entediante, mas que paga suas contas. Ela deseja a todo custo provar aos pais (e a si mesma) que está pronta para encarar a vida adulta de forma independente e sem confusões, mesmo que isso signifique deixar seus sonhos e planos grandiosos para trás. Caio é o típico garotão boa-praça, que sempre conquista a todos com seu charme, estilo despojado e bom papo. Apaixonado por música, festas, garotas, cigarros e muita farra, o jovem está prestes a se formar em publicidade, mas seus pensamentos escapistas o impedem de vislumbrar o futuro recheado de responsabilidades que se aproxima. E está bem assim – ele sempre acredita que está e que as portas vão sempre se abrir por onde quer que passe. Quando o destino une a vida dos dois, Virgínia redescobre seu lado amoroso, divertido e sonhador. Caio, por outro lado, se dá conta de que nem todo o carisma do mundo é capaz de resolver alguns problemas. Entre conflitos pessoais e familiares, segredos que vêm à tona e momentos de insegurança, eles se apoiam na esperança de que a empatia seja maior do que todas as diferenças e que o sentimento que os envolve seja mais forte do que toda a realidade. Em uma narrativa dinâmica, sensível e leve, esses dois jovens paulistanos descobrirão que crescer é mais do que contar aniversários e quitar boletos, que amadurecer dói e alivia na mesma medida, que sucesso pode, muitas vezes, ser um conceito totalmente distorcido e que amar está além do que as canções de amor são capazes de entoar.


30 de agosto de 2018

Resenha: Sem fôlego - Abbi Glines, Editora Arqueiro

Sobre o livro:



Sinopse: Com mais de 400 mil livros vendidos no Brasil, Abbi Glines é autora do best-seller Paixão Sem Limites e de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, do USA Today e do The Wall Street Journal. Sadie White acabou de se mudar com a mãe grávida para a cidade litorânea de Sea Breeze, mas seu emprego de verão não vai ser na praia. Como a mãe dela se recusa a trabalhar, Sadie vai substituí-la como empregada doméstica numa mansão na ilha vizinha. Quando os donos da casa chegam para as férias, Sadie se depara com ninguém menos que Jax Stone, um dos roqueiros mais desejados do mundo. Se Sadie fosse uma garota normal – se ela não tivesse passado a vida cuidando da mãe e dos afazeres domésticos –, talvez estivesse impressionada com a ideia de trabalhar para um astro do rock. Mas ela não está. Na verdade, é Jax quem fica atraído por ela. Tudo a respeito de Sadie o fascina, mas ele luta contra esse desejo: relacionamentos nunca funcionam em seu mundo e, por mais que ele queira Sadie, sabe que ela merece algo melhor. Conforme o verão passa, no entanto, essa paixão começa a deixá-lo sem fôlego – e é como se Sadie fosse a única pessoa capaz de lhe devolver o oxigênio. Será que o amor entre os dois pode superar as diferenças em seus estilos de vida? Jax e Sadie vão precisar respirar fundo e mergulhar nessa relação para descobrir.


28 de agosto de 2018

Resenha: Sem coração - Marissa Meyer, Rocco Jovens Leitores

Sobre o livro:



Sinopse: Um dos principais nomes no concorrido segmento de literatura jovem atual, Marissa Meyer recria o passado da famosa Rainha de Copas, personagem do clássico Alice no País das Maravilhas, no aguardado lançamento Sem coração. Conhecida pela série Crônicas Lunares, na qual reconta tradicionais contos de fadas como Cinderela e Branca de Neve com uma abordagem futurista e inusitada, Marissa Meyer alcançou o topo da lista dos mais vendidos do The New York Times com Sem coração, e a preferência dos leitores com suas tramas de ritmo ágil e final surpreendente. Com uma narrativa cinematográfica, Meyer oferece uma visão do País das Maravilhas diferente de qualquer outra já imaginada até aqui ao contar a história de Catherine, garota cheia de personalidade que sonhava ser uma confeiteira famosa e só queria viver seu primeiro amor, mas que diante dos golpes do destino acabou se tornando a temida Rainha de Copas. Catherine era uma das garotas mais desejadas do País das Maravilhas e a favorita do ainda solteiro Rei de Copas, mas seus interesses eram outros. Por seu talento na cozinha, ela só queria abrir uma confeitaria em sociedade com sua melhor amiga e oferecer ao Reino de Copas os mais deliciosos doces e bolos. Porém, de acordo com sua mãe, era uma ideia inaceitável para a jovem que poderia ser a próxima rainha. Em um baile real em que o rei pretende pedi-la em casamento, Cath conhece Jest, o belo e misterioso bobo da corte. Pela primeira vez, sente a força da pura atração. Mesmo correndo risco de ofender o rei e contrariar os pais, ela e Jest iniciam um relacionamento intenso e secreto. Cath está determinada a escolher o próprio destino e se apaixonar nos seus próprios termos. Mas em uma terra repleta de magia, loucura e monstros, o destino tem outros planos... A aclamada autora das Crônicas Lunares oferece uma visão do País das Maravilhas diferente de qualquer outra já vista e conta a história de uma garota que viria a ser um dia a famosa Rainha de Copas.


21 de agosto de 2018

Resenha: A lista negra - Jennifer Brown. Editora Gutenberg

Sobre o livro:




Sinopse: E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A Lista Negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.



© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo