14 de julho de 2012

Você sabe (mesmo) ler?

A pergunta parece simplória ou sarcástica, posto que, ao responder à pergunta formulada no título, já ficou claro que você sabe ler; ou, pelo menos, acha que sabe. Há algum tempo eu vinha me questionando se sabia ler. Eu lia, compreendia, interpretava, mas sentia que faltava algo. Achava a minha leitura pouco produtiva. E fui pesquisar…



A primeira observação que faço, a partir do que estou vendo:

Leitura não está relacionada à rapidez ou quantidade, mas à qualidade.

Pesquisando, descobri o livro “A arte de ler” e nele fiquei absolutamente admirada de como ler é um processo ativo e de porque não nos ensinam o que este livro mostra, na escola, muito menos em nível acadêmico. Em outras palavras: o livro não ensina a ler, mas como ler.

Acredito que alguns dos leitores tiveram a oportunidade de ler este livro. Mas, acredito, também, que a grande maioria, assim como eu, nunca teve a oportunidade deste acesso. E é com estes que divido a descoberta. É de suma importância dividir essa minha aventura com os leitores do Livros e Afins e, por isso, farei postagens que resumem as minhas impressões e o conteúdo do livro, incentivando-os e a ler mais e a ler melhor.

Vamos às premissas:

Principais desculpas que daqueles que leem pouco

Pintura – fotografia, a informação apreendida pela imagem;
Leitura – informação por meio das mídias de massa, sendo mais fácil receber a iformação que a processar ou buscar;
Desculpa da falta de tempo – o grande problema do homem moderno.
A Leitura é ativa – toda e qualquer espécie de leitura é uma atividade. Leitura completamente passiva é impraticável. Não se pode ler com os olhos imobilizados e a mente adormecida. Quanto mais ativa a leitura, melhor. A relação escritor x leitor estabelece uma cooperação no sentido de gerar uma comunicação.

O que é uma leitura ativa?
Maior ou menor grau de apreensão do que o código escrito comunica:

Identificar se a nossa mente se alinha à mente do texto, caso contrário, momento em que não compreendemos tudo, não ocorre esse alinhamento;
O leitor deve se desconformar com o desconhecimento;
As técnicas que envolvem essa maior ou menor aptidão constituem o aprimoramento da leitura;
Ler para se informar é diferente de ler para alcançar entendimento.
Qual a meta a ser alcançada a partir da leitura?
Palavras que se deve ter em mente: recreação, informação, entendimento.

Leitura informativa;
Leitura por prazer;
Leitura extensiva;
Aprender por instrução x aprender por descoberta;
Estar informado x estar esclarecido. “Só nos ilustramos quando, além de sabermos o que um autor diz, sabemos o que ele tem em mira e porque o diz”;
Ler muito é diferente de ler bem;
Descoberta com ou sem ajuda: o processo de aprender por meio de pesquisa, investigação ou reflexão, sem ser ensinado;
Pensar é apenas uma parte da atividade de aprender;
A arte da descoberta desajudada abrange: acuidade de observação; memória pronta; amplitude de imaginação; intelecto afeito à análise e reflexão.
Professores presentes versus professores ausentes
Um livro é como a natureza ou o mundo – um professor ausente. Se temos dúvida, perguntamos ao professor presente; se estamos diante de um livro, temos que responder sozinhos. Ir além do que o livro propõe é o segundo desafio, o primeiro é ir até o livro.

Níveis de leitura

Há quatro níveis de leitura:
Leitura elementar;
Leitura inspecional;
Leitura analítica;
Leitura sinóptica.
Dentro de cada um desses níveis, observa-se os respectivos estágios para seguir e se tornar um bom leitor. Oportunamente, falarei de cada um deles isoladamente para ajudar os leitores do Livros a lerem mais e cada vez melhor.

Fonte: ADLER, Mortimer Jerome; DOREN, Charles Van. A arte de ler. [How to Read a Book.] Trad. José Laurênio de Melo. Rio de Janeiro: AGIR, 1974. 400p.


Publicado originalmente no Livros e Afins

4 comentários:

  1. Meme para você no meu blog: http://umbestsellerchamardemeu.blogspot.com.br/2012/07/meme-5.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ótima postagem! Realmente, faz muito diferença o "como" ler.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fer!
    Eu conheço um outro livro muito bom, que também trata dos níveis de leitura do texto. Ele se chama "Para entender o texto: leitura e redação" (http://www.skoob.com.br/livro/59028).
    Recomendo!

    Beijos!
    Karen Soarele
    www.karensoarele.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa que interessante, acho bem positivo essa parada para refletir um pouco ... tempos atrás fiz um meme que tinha uma pergunta onde eu questionava essa leitura sem parada que nós blogueiros fazemos, quer dizer, muitas vezes é interessante ler um livro e ficar uns dias ou quem sabe semanas pensando em tudo que vc aprendeu com ele, além de relacionar com sua vida etc.
    bjos querida, tô sempre ligada no ótimo conteúdo que vc trás.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo