22 de outubro de 2012

Resenha: Chagas da Condenação - Victor F. Miranda, Editora Dracaena

Informações do livro:
Título: Chagas da Condenação
Autor: Victor F. Miranda
Editora: Dracaena
Páginas: 168




Sinopse: Nenhum carioca esperava que zumbis truculentos invadissem seus lares naquela madrugada de quarta-feira. Os que sobreviveram não imaginavam que lugares considerados como refúgios eram na verdade tocas de vampiros sedentos por sangue. E boa parte dos que ainda assim conseguiram fugir não esperavam que fossem farejados por ferozes lobisomens. Em um ambiente pós-apocalíptico na sua forma mais extrema, é introduzido o sarcástico Bento Batista, um homem aparentemente desequilibrado que se diverte com o rumo que a história tomou, tendo poucas preocupações no seu dia-a-dia, como o “amor” de sua vida, jogar vídeo-game e conseguir uma das maiores raridades daqueles tempos: uma jovem atraente. Mas o destino impõe barreiras para que ele não consiga viver da maneira que tanto deseja, forçando-lhe a se unir com as criaturas mais malignas, desprezíveis e patéticas de todo aquele inferno, segundo a sua própria concepção: outros seres humanos. Em uma narrativa bem-humorada com um desenvolvimento pouco convencional para o tema, Chagas da Condenação mostra de maneiras simples o quão importantes são os pequenos momentos da vida, mesmo se você tem de conviver diariamente em um Rio de Janeiro devastado com criaturas do inferno que querem matar você. E o Rio de Janeiro continua lindo.



Resenha: Chagas da Condenação possui uma narrativa bem descontraída e divertida. Narrado em primeira pessoa, conhecemos Bento Batista e seu grupo de amigos lutando em uma batalha contra vampiros, zumbis, lobisomens e outras criaturas. 

E a cidade do Rio de Janeiro é o cenário para esta história intrigante. E é exatamente essa linguagem descontraída que nos aproxima da trama, com seus diálogos bem humorados e nos apresentando um enredo não tão distante de nossa realidade – apesar das criaturas serem o centro das atenções.

Também somos direcionados a uma narração envolvente com a cidade do Rio de Janeiro, sendo que no decorrer da trama há citações de lugares e outras ambientações, o que na minha opinião aproximou mais a história do leitor. Com uma pitada de drama e algumas crises existenciais, os personagens precisam encontrar uma maneira de sobreviver em meio a todo esse caos. E como lidar com toda essa situação? 


“Ai eu comecei a ter dúvidas sobre a nossa sobrevivência.” Pg. 108


É o tipo de drama onde você precisa escolher entre viver ou morrer, continuar andando e deixar para trás seu amigo caído no chão ou ter que matar sem outras alternativas. A leitura é bem rápida, porém do início ao fim garante um ar de suspense e muitos receios.

Na verdade, acredito que Chagas da Condenação, apresenta esse mundo de destruição versus sobrevivência, mais com o intuito de analisar suas crises pessoais e fazer uma critica sobre o ambiente que o cerca. E o mais interessante é que nos instiga à uma narrativa ousada, com suas partes ora divertidas, ora dramáticas.


Classificação SEL: 4/5


8 comentários:

  1. Gosto de livros que tenham criaturas fantasticas, esse parece bom

    ResponderExcluir
  2. o livro parece ser legal, pelo menos é do tipo que eu costumo ler, mas esse nao me chamou muito a atenção viu

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela ótima resenha, mas essa temática não é muito o que me atrai mas gostei de conhecer assim posso indicar para quem gosta né???

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha..
    O livro parece ser bem interessante, daquele tipo que prende o leitor..

    ResponderExcluir
  5. A capa é bem interessante, chama a atenção. A história também mas ultimamente virou moda essas histórias de zumbis, e coisas do tipo. Talvez seja bom.

    ResponderExcluir
  6. Adoooooro tudo que tenha caça a criaturas! Uhuuul! Já fico até animada. kkkkk'
    Todo livro tem que ter partes que descontração!
    Um beijo ;*

    ResponderExcluir
  7. Parece interessante ... Acabei de ler um livro com zumbis. Fica na lista p/ ler.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo