28 de outubro de 2012

Resenha: Contos Macabros - Lainister de Oliveira Esteves, Escrita Fina Edições

Informações do livro:
Título: Contos Macabros
13 Histórias Sinistras da Literatura Brasileira
Organização e Apresentação: Lainister de Oliveira Esteves
Editora: Escrita Fina Edições
Páginas: 256
SKOOB



Sinopse: Nesta obra, nove mestres da literatura brasileira do fim do século XIX e início do XX, entre eles Machado de Assis, Aluísio Azevedo e João do Rio. Aqui, esses mestres fazem do terror sua lição principal. Nestes contos não se escapa à sedução irresistível do horror - sutil ou sanguinolento - travestido de palavras.



Resenha: Em Contos Macabros nos deparamos com uma antologia de treze contos escritos por nove autores da literatura brasileira. O livro é organizado pelo autor Lainister de Oliveira Esteves, que revelou grandes histórias interessantes acerca da literatura de terror. A obra apresenta os seguintes contos:

·         Bertram, de Álvares de Azevedo;
·         A Dança dos Ossos, de Bernardo Guimarães;
·         Sem Olhos, de Machado de Assis;
·         A Causa Secreta, de Machado de Assis;
·         Demônios, de Aluísio Azevedo;
·         O Impenitente, de Aluísio de Azevedo;
·         O Defunto, de Thomaz Lopes;
·         Dentro da Noite, de João do Rio;
·         O Bebê de Tarlatana Rosa, de João do Rio;
·         Confirmação, de Gonzaga Duque;
·         O Juramento, de Humberto de Campos;
·         Retirantes, de Humberto de Campos;
·         O Cemitério, de Lima Barreto.

Os contos apresentados na obra revelam uma outra parte de nossa literatura, sendo esta, produzida entre o século XIX e nas primeiras décadas do século XX. As histórias nos levam a conhecer e imaginar um mundo mais sombrio e obscuro, que exploram situações macabras e aterrorizantes. Esse gênero que nos é colocado em palavras traz uma expressão de dedicação por parte de cada autor e faz com que o leitor consiga ficar um pouco inquieto diante de cada situação narrada. 

A seleção é colocada diante da narrativa mais antiga para a mais nova. O primeiro conto “Bertram” narra as histórias de cinco personagens que contam suas histórias trágicas à cada um. Essa aventura tem o meio termo do amor, desejo e morte, ambos entrelaçadas diante de um futuro indecifrável. “A Dança dos Ossos” tem uma narrativa mais leve, porém trata-se de um caso de assombração ocorrido no interior de Minas Gerais. Achei esse conto bem envolvente, com suas pitadas de diversão e medo.

“Eu estava sem fôlego, com a boca aberta querendo gritar e sem poder, com os cabelos espetados; meu coração não batia, meus olhos não pestanejavam.” Pg.50

“Sem Olhos” e “A Causa Secreta” são contos de Machado de Assis, onde o primeiro narra uma história sombria de amor a respeito de um homem que está a beira da morte, e o segundo apresenta um homem meio atormentado, eu diria, sendo que o maior prazer dele era ver a dor alheia. Ambos são contos escabrosos, voltados para uma literatura fantástica, envolta de muitos dramas e medos.

“Demônios” é uma tenebrosa história de uma noite arrastada contra o tempo. Diante de muito mistério, a narração se divide em muita curiosidade acerca do desfecho e suspense sobre cada personagem e lugar envolvidos.

“O Impenitente” é um conto do mesmo autor de “Demônios” Aluísio de Azevedo, onde nesse é contado a respeito de um frade que tem uma horrível surpresa ao se deparar com a mulher amada.  Podemos encontrar nessa história, mais doses de mistério e suspense.

“O Defunto” é uma história muito agonizante, onde temos que acompanhar o sofrimento de um homem enterrado vivo. “Dentro da Noite” também é muito dramático, pelo menos no meu ponto de vista, onde conhecemos um homem envolto sobre seus próprios desejos, e fazendo com que o dominasse por completo. “O bebê de tarlatana rosa” é uma história centrada no meio de um carnaval, e é meio bizarro diante dos seus acontecimentos.
“Confirmação” relata um fato cientifico que acabou se tornando algo mais sinistro do que realmente deveria ser.

“O Juramento” e “Retirantes” são ambos do mesmo autor - Humberto de Campos – e foram retirados do livro: “O monstro e outros contos”. Ambos apresentam histórias ora tristes, trágicas e dramáticas.

O último conto se intitula como “O cemitério” e é provavelmente o mais sutil dentre todos os outros citados. O texto tem uma narrativa menos e mais leve, sendo que trata-se da perplexidade de um homem que deseja uma mulher morta. Diante de tanta afliação, o autor explora uma situação inusita com o seu lado mais sombrio e tenebroso. Assim como nos coloca diante de sentimentos de angustia e medo em relação aos próprios sentimentos.


“Já não era mais o retrato da mulher do túmulo; era de uma, viva, que me falava” Pg.243


Nas páginas finas do livro também podemos conhecer um pouco mais de cada autor. A obra tem uma leitura agradável diante de muitas histórias curiosas e inusitadas. É uma obra que vale muito a pena de ser conferida.


Classificação SEL: 4/5


8 comentários:

  1. Nossa que sensacional essa compilação de contos de terror, para falar a verdade eu não conhecia nenhum desses contos e mal imaginava que poderia ser feito um livro como esse juntando contos brasileiros !
    Que sensacional !
    Olha esse livro entrou no top da minha lista de compras, com absoluta certeza !
    Bela resenha, parabéns !
    Abraços
    Melissa - http://decoisasporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, rs. E tem cara de ser muito bom.
    Sempre devemos dar uma chance pra literatura nacional.
    Beijos!
    www.souseuastral.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adoro vários contos em um livro, sem dúvidas irei ler.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro e fiquei mega interessada porque adoro a temática e os autores clássicos me fascinam. Adorei sua resenha e já irei adicionar esse livro a minha lista de desejo.
    Bjos e te espero no meu blog LVP viu!!

    ResponderExcluir
  5. Eu sou apaixonada por contos de terror e realmente não fazia ideia de que nossa literatura abrigava textos de autores clássicos como estes neste segmento, pois sempre que queria ler algo nesse estilo procurava por Edgar Allan Poe ou Henry James, autores maravilhosos, mas que não são daqui. Depois dessa resenha, certamente irei adquirir o livro.

    Beijos!

    Isabelle
    --
    http://www.blogmundodoslivros.com/

    ResponderExcluir
  6. Ótima trama! Não conhecia esse livro. Parece ser muito interessante. Gostei da resenha, viu. Beijos!
    Tami!

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, fiquei com vontade de comprar o livro c: Grandes mestres da literatura brasileira.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo