2 de novembro de 2012

Entrevista e Autor em Destaque: Camille Storch - autora de Negro Amor

Pessoal, lembram que resenhei o livro da autora Camille Storch ? >> Resenha de Negro Amor 
Nessa semana o blog fez uma entrevista com a autora e por esse motivo estreamos esta seção de entrevistas juntamente com o autor da semana.


Agora conversamos com ela sobre o livro, projetos e outros assuntos! Confira a entrevista, que ficou super legal, e dê a sua opinião:


Sua primeira palavra foi “escritora”. Brincadeiras à parte, desde muito cedo esse tem sido o objetivo de Camille. Jovem paulistana determinada e sensível, conseguiu seu primeiro prêmio pela ACESC com seu conto “O Acampamento”, representando o Clube Paulistano, em 2005, com apenas doze anos de idade. Possui uma capacidade aguda de observação e criatividade, canalizados em um fluxo impressionante de escrita, já revelando um estilo próprio de conduzir suas ideias e histórias. Lança seu primeiro livro ao completar a maioridade, mas cuja história vem se desenvolvendo desde os quatorze anos, seguindo-a diariamente como um cãozinho à procura de um lar.

Sinopse - Negro Amor: Nesta narrativa, Camille não poupa seus personagens de alegrias e sofrimentos. Pelo contrário, coloca-os em situações limite, cheios de ideais e objetivos. Conseguirão alcançá-los e ainda ajudar todos aqueles que contam com isso? É um enorme desafio para Tsuki e Niti , os protagonistas. Cabe também ao leitor participar desta jornada.

então, vamos a entrevista?

SeL: Quem é Camille Storch? 

Camille:  Nem eu mesma sei. No dia-a-dia, sou uma pessoa tranquila que não gosta de festa e que gosta de ficar no computador assistindo anime (animação japonesa) e escrevendo, mas o resto ainda não descobri, acho que vai demorar um pouco pra isso ainda. rs

SeL: Por que você decidiu começar a escrever um livro? 

Camille: Decidi escrever um livro basicamente, porque eu estava assistindo um anime e não gostei do final. Então, basicamente eu pensei: "quero escrever um livro, para eu decidir meu próprio final!" que eu gostasse, com personagens que eu mesma criasse. Parecia ser divertido e realmente foi.

SeL: Você sempre desejou ser escritora?

Camille: Para falar a verdade, eu não sabia o que eu queria ser, até ter uns 13 anos, acho, afinal não gostava de nenhuma profissão “tradicional” como medicina ou advocacia. E, quando um professor perguntou o que a gente queria ser, isso mais ou menos no final da sétima serie, comecei a me perguntar. Com 14 anos, quando comecei a escrever “Negro Amor”, sabia o que eu queria fazer.

SeL: Quanto tempo levou para terminar o livro?  

Camille: Esse livro eu demorei, afinal eu escrevi ele duas vezes. A primeira vez eu apenas joguei as ideias no papel e na segunda vez, com a ajuda de uma revisora, eu comecei a reescrevê-lo com capítulos e um pouco melhor, observando os erros do livro.

SeL: Com o livro já publicado, gostaria de ter alterado alguma coisa na história? O quê?  

Camille:Do jeito que sou, sempre acho que da para mudar alguma coisa, um outro jeito de colocar a historia, mas para falar a verdade se eu ficasse pensando em detalhes no que mudar, não poderia nem ao menos ter publicado o livro, afinal o importante é você gostar da obra que você escreveu e que esta nas prateleiras e não detalhes que você gostaria de mudar.

SeL: Qual foi a pessoa que mais te incentivou? 

Tiveram três pessoas que mais me incentivaram. Meus pais e principalmente minha avó que ficava escutando os capítulos e o processo da historia, sempre que a gente estava juntas. Quase toda hora.

SeL: Onde você busca inspiração? 

Camille: A inspiração eu acho nos meu animes e nos filmes que eu vejo. Dá para ter varias ideias. Mas às vezes eu fico “viajando” em meus próprios pensamentos para criar historias na minha cabeça, ficando completamente distraída.

Como foi o processo de escrita e publicação do livro, já que você iniciou sua carreira de escritora cedo?  

Camille: Eu não participei muito do processo de publicação do livro para falar a verdade. Eu não saberia como publicar, se não fosse minha mãe me ajudando para achar editoras e conversar com elas. Observando-a aprendi mais ou menos como funciona, como as reuniões e sobre o que conversar, como o tamanho do livro e as letras, mas se não fosse pela minha mãe ter me ajudado, jamais teria publicado.  
SeL: Pretende escrever outros livros? 

Camille: Na realidade eu acabei de escrever uma trilogia e estou escrevendo um quinto livro. Escrever para mim parece um vicio, não consigo não escrever, é divertido demais para parar.

SeL: Quais são os maiores obstáculos nessa profissão? 
Camille: É difícil quando você esta nova ainda no mercado, ser reconhecida e alguém querer comprar o seu livro, porque não conhece suas estórias.

SeL: Qual dica você dá para os futuros escritores? 
 Camille: A dica que eu dou é para escreverem com paixão e amor, tratando a obra como alguém que eles realmente amam, porque as personagens do livro, querendo ou não geralmente vem de inspirações de pessoas a nossa volta, então acho importante escrever a obra com amor e carinho, assim como você sente pelas pessoas a sua volta.

SeL: Quer deixar um recado aos seus leitores?
 Camille: Que, por favor, leiam “Negro Amor” e que visitem meu blog: http://camillestorch.blogspot.com.br/
Um super beijo com carinho para vocês! Obrigada, Camille Storch.

E então curtiram a entrevista com a Camille? 

9 comentários:

  1. Otima entrevista! Ainda não conhecia a autora, agora já sei um pouquinho mais!
    Que bom que terá outros, apesar de não ter lido nenhum dela, ela parece que escreve com afinco!

    http://www.leituradeouro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. oi flor tem selinho para vc :http://almapoeticaa.blogspot.com.br/2012/11/selinhos-pagina.html

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Ah que entrevista mais fofa e que graça de autora, adorei! Sucesso pra ela e beijo, beijo nas duas!
    She

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Ah que entrevista mais fofa e que graça de autora, adorei! Sucesso pra ela e beijo, beijo nas duas!
    She

    ResponderExcluir
  5. Sabe, agora mesmo que eu me interessei por ler este livro, depois de ela ter dito que escreveu para poder colocar o final que ela quisesse, achei isto muito interessante. Um ponto em comum com a autora é que eu também não gosto de festa.

    Vanessa - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  6. que coisa mais fofa ela *u* adorei demais

    ResponderExcluir
  7. Adorei a entrevista, ela é uma fofa, além de linda. Parabéns pela entrevista!!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá Fernanda,

    Amei demais estar aqui no seu blog! Agradeço o carinho de cada um com meu primeiro livro!

    Super beijos!!!!

    ResponderExcluir
  9. Adoreiii a entrevista!
    A Camille é uma fofa!!!
    Bjs
    Line
    http://www.viciodemenina.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo