21 de novembro de 2012

Resenha: Legna - Alexandre Apolca, Editora Dracaena

Informações do livro:
Título: Legna
Autor: Alexandre Apolca
Editora: Dracaena
Páginas: 406
SKOOB



Sinopse: Este livro conta a história de Legna Philps, uma garota que larga sua pacata vida em Miami para viver em Paris, onde ela começa um grande romance com Sayed Nasser, um garoto conhecido pela internet. Com o passar do tempo, ela percebe que ele não é normal! Sayed a abandona sem nenhuma explicação, a partir disso, sua vida muda completamente. Em meio à profunda depressão, ela descobre o misterioso segredo dele, e mais, descobre que há algo terrível amaldiçoando essa relação. A perturbação de Legna poderá levá-la a vícios, distúrbios psicóticos, e até a morte... Será que esta maldição é verídica ou apenas uma mera confusão? Legna irá superar tudo para viver ao lado do homem que ama? De onde vem esse intrínseco sentimento entre eles? Qual a explicação para os fatos sobrenaturais que a acompanha desde criança? As respostas estão neste livro, que envolve alquimia, romance, e a fascinante Atlântida...



Resenha: Esse livro me chamou a atenção logo de cara, tanto pela capa linda, pela diagramação caprichada e também pela sinopse. E principalmente porque comecei lendo o livro imaginando uma história, mas que aos poucos foi se revelando ser uma narrativa totalmente diferente ao que imaginei. Uma palavra pode definir tudo o que senti ao finalizar a leitura: SURPREENDENTE.

Legna Philps nasceu em Miami, e vivia com seus tios. Os pais viajavam pelo mundo devido ao seu trabalho de representante comercial de uma empresa chinesa de máquinas têxteis, chamada Liang. Aos dezoito anos, seu maior objetivo era voltar a estudar a área de aroma e essências. 

Depois de um atentado, seu tio perdeu o emprego e coincidentemente ela também foi dispensada de seu trabalho. Ele, então conseguiu arranjar um emprego no Brasil. Os tios queriam muito que ela fosse junto, mas seus pais fizeram outros planos à ela. Eles disseram que agora o trabalho seria fixo, e em Paris. Legna ficou mais animada e foi se juntar novamente aos pais, a quem tanto sentia falta.

Já em Paris, ela começou a trabalhar no Café Saint Germain, era um serviço temporário, apenas na temporada de férias. Foi então que um dia, ao entrar em seu perfil do Orkut viu que alguém que ela não conhecia, havia visitado seu perfil. Legna, curiosa, resolveu enviar um recado à ele e saber quem era e se a conhecia. 

De inicio, eles foram um pouco hostis um com o outro, mas não demorou muito para que não parassem de conversar pela internet. Mas quando ela resolveu se encontrar pessoalmente com Sayed, assim que o viu ela foi embora e resolveu deletá-lo de todas os seus perfis da internet. Não sabia porque, mas ela tinha uma intuição negativa em relação a ele, e achou melhor tirá-lo de sua vida.

Tudo estava indo muito bem, sendo que ela entrou na faculdade e começou a fazer novos amigos. Até que os destinos dos dois se cruzaram novamente, e ela achou que tinha encontrado o amor de sua vida. 

Porém apesar de tudo o que estavam vivendo, algo aconteceu e fez com que Sayer desconfiasse dos sentimentos dela, e por esse motivo acabou terminando o namoro, que havia durado pouco mais de dois meses. Foi nesse momento, que Legna entrou em uma depressão profunda, pois ela não acredita que tudo aquilo estava acontecendo, era como se fosse um pesadelo sem fim.
 
Depois de muitos encontros e desencontros, eis que Legna e Sayer finalmente se entendem novamente e logo ficam noivos. Porém parecia a felicidade deles era sempre passageira. Sayer sempre a deixava sozinha de uma hora pra outra, e ela se sentia cada vez mais desamparada e angustiada, sem saber no que pensar de verdade.


“A angústia logo voltara a me atormentar. O mundo encantado que entrei quando conheci Sayed simplesmente se desfez como uma onda no mar. Meus dias se tornaram mórbidos, sem sentimento, sem alegria, sem vida, enfim, sem razão para existirem...O que eu mais queria era dormir eternamente..” Pg. 245


Os personagens secundários também aparecem bastante na trama, como os amigos de Legna, que parecem se importar bastante com a amiga. Gabrielle, Angéli e Raissa se preocupavam com ela e só queriam que ela saísse daquele estado depressivo. 

Mas o que tanto magoava Legna, era não conseguir entender o porquê dos tais sumiços de Sayer. Ele dava respostas vazias e sem sentido, e era nessas partes que eu ficava com muita raiva das atitudes dele, apesar de já saber que ele escondia algo, apenas não podia mais ficar brincando com os sentimentos de Legna. Palavras magoam demais e era isso que ele fazia as vezes. 

Foi quando ela descobriu o que Sayer era..e óbvio que não era um humano qualquer. Qual será o seu segredo?? (Óbvio que eu não vou contar né gente!) Leiam e tirem suas próprias conclusões.

Mas o mais interessante nesta trama é o envolvimento casual que o autor conseguiu introduzir. Nas cenas, vivenciamos atos e ações comuns no dia-a-dia de uma pessoa, que neste caso é a Legna. 

Acompanhamos sua vida enquanto universitária e tudo o que vem passando, seus dramas, alegrias e tristezas. O livro também nos apresenta trechos bem picantes, o que acrescentou um toque bem intenso. Legna também envolve mitologia, repleto de detalhes minuciosos e cenas ousadas.

Classificação SEL: 4/5


13 comentários:

  1. É tão bom quando você vai lendo um livro e de repente ele toma um roma totalmente diferente do que você imaginou...
    Gostei da resenha, talvez eu leia :P

    ResponderExcluir
  2. Estou curiosa para ler esse livro, parabéns pela resenha!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Estou com muita vontade de ler esse livro! Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  4. Capa da Dracaena, né, gente? Nem tem o que dizer que ninguém saiba que é vdd. ¬¬ Não é bem meu estilo de leitura favorito, mas parece ser um bom livro. =)

    ResponderExcluir
  5. Ora ora, fiquei curiosa. Principalmente porque envolve um misterioso cara que ela conheceu pela internet..... aiai, quem dera eu ao menos pudesse ter conhecido .. rs

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ler esse livro, desde a primeira vez que o vi, isso quando era apenas apresentada a capa de lançamento. Sua resenha só veio reforçar meu desejo de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  7. Mega curiosa pra ler esse livro!
    Tudo na história me agrada. Mas o que mais me deixa contente é o fato dos personagens secundários, também aparecerem na trama.
    Acredito que a presença deles só agregam o rumo da história.
    Lerei em breve.
    Um beijo ;*

    Juliana . Oliveira

    ResponderExcluir
  8. Perai. Romance, Mistério, Alquimica, Atlantica, Mitologia e tudo que há de bom no mundo lieterário?
    Acidentalmente derramou um elemento X que é uma maldição.
    Esses foram os ingredientes que Alexandre Apolca colocou em seu livro!

    Realmente encantada com a sinopse,com a capa, com T-U-D-O!
    Preciso urgente desse livro. Inveja de você que já o leu hahaha!

    Jaciara Freitas
    http://umsofaalareira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Capa lindíssima. Ao entrar em uma livraria chamaria minha atenção. E a história parece ser muito interessante. Quero ler.

    ResponderExcluir
  10. Que capa linda!

    Adoro histórias que nos levam a outros lugares, quero muito ter a chance de ler esse livro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Estou muito curiosa para ler este livros, amo conhecer novos lugares.
    Amei a resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo