11 de outubro de 2013

Resenha: Corações Feridos - Louisa Reid @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Corações Feridos
Título Original: Black Heart Blue
Autor: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256

Sinopse: Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?




Resenha: Corações Feridos” de Louisa Reid apresenta uma história impressionante, triste e dramática de uma família sem perspectivas. E a cada página virada, o leitor consegue sentir a angústia nítida retratada pela narração de duas irmãs: Hephzibah, ou simplesmente Hephzi (antes de sua morte) e Rebecca (após a morte da irmã), e de como tiveram que aprender a viver da forma mais difícil.

A mãe é submissa e negligencia tudo o que o pai controlador faz. São religiosos fanáticos e é perceptível o modo como há crueldade dentro desta casa e sobre a educação das filhas. A narrativa é melancólica e não dá para imaginar viver em um estado tão nefasto, desesperador e rígido.

As irmãs são gêmeas, porém Hephzi é uma moça graciosa, carismática, extrovertida e com belas feições, já Rebecca nasceu com uma síndrome e por esse motivo não se socializa, não tem confiança e nem fala com ninguém por causa de sua deformidade. Ambas vivem num mundo obscuro de medo e repressões. Se Rebecca se sente excluída é justamente por causa do pai, que a trata de modo inferior e vive lhe falando palavras ofensivas. São esses momentos que fazem derramar lágrimas dos olhos e sentir raiva de tanta maldade exposta. É um verdadeiro monstro, temível e assombroso.

Assim que as meninas começam a frequentar a escola, algo parece mudar. E o gosto de liberdade aumenta a cada dia que passa. É como se vivessem em um tempo passado, protegidas de tudo e todos, e aos poucos fossem descobrindo coisas boas, e de algum modo soubessem que estava na hora de agir e lutar por suas próprias vidas.


A relação das duas também se destaca por haver tanto amor retratado e companheirismo. Mesmo que Hephzi sinta vergonha de Rebecca, ela defende a irmã o máximo que pode e ainda a incentiva – de sua maneira – a fazer algo para mudar a situação.

A narrativa poderosa e tensa da autora é intimidante e não tem como parar de ler para então desvendar todo o mistério que cerca esta trama. Assim como revela um ambiente que infelizmente, é real para muitas pessoas, envolvendo assuntos complexos como abusos e outras fatalidades. É como se pudéssemos sentir a urgência e o medo dos personagens diante de todas as necessidades e ações.


Este livro apresenta muitas reviravoltas, e da mesma proporção que chega a emocionar por haver indícios de esperança e coragem, também abala por cada sensação de terror.


"Hoje eles tentaram me fazer ir ao funeral de minha irmã. E eu, por fim, tive de ceder. O vestido preto que Hephzibah usara ano passado, quando vovó faleceu, pendia pesado em meus ossos, e eu o vestia como uma armadura. Ela sempre foi maior. Nasceu primeiro, mais forte, mais bonita, a gêmea popular. Eu vivi à sombra dela por 16 anos e gostei do frio e da escuridão; era um lugar seguro para esconder-me. Agora eu estremecia no ar pesado de janeiro. Era o primeiro dia do ano-novo, e minha irmã estava morta havia uma semana.” Pg.11


Classificação SEL: 4/5

Book trailer:



2 comentários:

  1. Adorei sua resenha e tenho muita curiosidade sobre o livro. Gostei bastante do Booktrailer.
    Beijooooooooooos.
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Fê amei sua resenha e fiquei mega curiosa para ler esse livro. Desde que ele foi lançado achei a capa bem enigmática e o enredo perturbador mas interessante e agora tive a certa que assim que possível vou querer ler. A NC vai me falir desse jeito. Bjos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo