7 de novembro de 2013

Resenha: A Conspiração - Clive Cussler, Dirk Cussler - @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: A Conspiração
Dirk Pitt - Livro 21
Título Original: Crescent Dawn (Dirk Pitt #21)
Autor: Clive Cussler, Dirk Cussler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 544




Sinopse: Uma embarcação romana naufraga no século IV. Durante a Primeira Guerra Mundial, um navio inglês é destruído por uma bomba. Atualmente, no Oriente Médio, ícones da fé islâmica são bombardeados. E um misterioso pergaminho relacionado à vida particular de Jesus pode limitar o poder da Igreja Católica. Como eventos e fatos tão distantes podem ter alguma relação? O engenheiro naval Dirk Pitt (Diretor da NUMA – Agência Nacional Marítima e Subaquática) está acostumado a explorações subaquáticas — e a revelar mistérios indecifráveis — e parece ser a pessoa mais indicada para trazer a público o elo entre esses episódios tão incompatíveis. Mas a que custo? Uma aventura que mistura ¬ ficção e realidade em uma criação cheia de surpresas e mistério. Acompanhe o incansável herói Dirk Pitt em uma história em que arrepiantes artefatos religiosos, a CIA e o Mossad misturam-se às mais magní¬ficas construções da arquitetura medieval.




Resenha: A Conspiração” é um thriller complexo e repleto de ação, que aborda a fantasia e a ficção histórica de modo peculiar, significativo e nem um pouco convencional. A trama mantém um ritmo imprevisível e surpreende por sua analise crível e descritiva, com personagens memoráveis, submersos em aventuras, intrigas e ameaças diversas.

As definições acerca dos lugares explorados também merecem destaque, já que chamam a atenção justamente por acrescentar um aprofundamento mais compreensível para com o leitor, com relação às culturas e religião nas várias partes citadas ao redor do mundo. O enredo é praticamente um guia de desafios, remetendo pistas para desvendar os mistérios em busca de um tesouro.

Tudo começa em 327 d.C., no Mar Mediterrâneo, e vai se desenrolando até os dias atuais. Pitt descobre um navio que fora afundado em 1916 e chama a atenção de algumas pessoas enlouquecidas em busca deste mesmo navio e do tesouro escondido nele. As relíquias constatadas são muito preciosas e ainda envolve muitos danos e percepções sobre as pessoas que as cercam.

Há citações de ataques, piratas, antiguidades e principalmente sobre os impérios (Romano e Otomano) construídos nas épocas citadas. De modo realista e denso, Dirk  Pitt demonstra ser muito astuto e instrutivo em suas tomadas de decisões, assim como soma forças com uma personalidade forte e ousada. Ele é diretor da NUMA – Agência Nacional Marítima e Subaquática, uma importante organização do governo norte-americano. Este que é responsável pelo estudo cientifico dos oceanos ao redor do mundo.

Este é o primeiro livro que leio do autor e consequentemente da série de “Dirk Pitt” – por esse motivo não posso fazer comparações com as outras obras publicadas. A principio achei o modo de escrita bem envolvente, e assim que a leitura fluiu percebi também que há um toque bem sutil por trás dos acontecimentos. Fiquei muito curiosa a respeito dos outros volumes e da trajetória do protagonista. Em suas 544 páginas, existe uma enorme exploração de conteúdo estimulante, que generaliza vários assuntos e foca bem no rumo dos acontecimentos. Em nenhum momento se tornou uma leitura tediosa, já que é possível se surpreender – positivamente – a cada página virada.

O desfecho não poderia ser mais elaborado e de certa forma, correto. Previsível e sensato. Nas últimas páginas ainda é possível conferir o primeiro capítulo de “A Caçada” livro do mesmo autor, também publicado pela Editora Novo Conceito.

                                         

“Dirk Pitt deu uma risada. No cargo de diretor da NUMA, liderara dezenas de explorações subaquáticas, com resultados extraordinários. Desde içar o Titanic até a descoberta dos navios da perdida Expedição Franklin ao Ártico, Pitt tinha uma habilidade incomum para desvendar os mistérios das profundezas. Um homem serenamente confiante e com uma curiosidade insaciável, enamorara-se do mar desde a mais tenra idade. A atração nunca diminuíra e o arrastava para fora da sede da NUMA, em Washington, com certa regularidade.” Pg.37



Classificação SEL: 4/5


3 comentários:

  1. Gosto de livros que se passam ou citam epocas de guerra, nao conheço essa serie mas ja ma simpatizei com ela. Ja ta na lista.


    xx

    ResponderExcluir
  2. Nossa amiga esse livro parece ser composto de muita aventura. Adorei saber sua opinião.
    Esse foi o terceiro do autor lançado pela NC??? Eu pensei que fossem uma série, mas parece que são independentes né!!!???
    Beijinhos!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  3. Ainda estou no começo da leitura mas estou achando tão entediante..

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo