29 de janeiro de 2015

Resenha: Paixão ao entardecer - Lisa Kleypas @editoraarqueiro

Informações do livro:
Título: Paixão ao entardecer
Os Hathaways # 05
Título original: Love in the Afternoon (The Hathaways #5)
Autor: Lisa Kleypas                           
Editora: Arqueiro
Páginas:272



Sinopse: Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.


Leia também:
The Hathaways #1 - Desejo à meia-noite - Lisa Kleypas (Editora Arqueiro)
The Hathaways #2 - Sedução ao amanhecer - Lisa Kleypas (Editora Arqueiro)
The Hathaways #2.5 - Casamento Hathaway - Lisa Kleypas (Editora Arqueiro)
The Hathaways #3 - Tentação ao pôr do sol - Lisa Kleypas (Editora Arqueiro)
The Hathaways #4 - Manhã de núpcias - Lisa Kleypas (Editora Arqueiro)



Resenha: Quem já leu os volumes anteriores entende o quanto esse volume da série é importante e repleto de expectativas e emoções intensas. Estava muito ansiosa para conferir a história de Beatrix, já que sua personalidade demonstra ser tão sutil e ao mesmo tempo reveladora. A gente nunca sabe o que esperar dessa personagem, por isso “Paixão ao entardecer”, 5° título da série Os Hathaways, se torna tão esperado.

Beatrix não é nenhum pouco convencional e talvez por isso, dentre outros motivos, goste tanto dela e de suas atitudes. Nessa ambientação, a garota se mostra ainda mais leal aos seus sentimentos, mesmo não demonstrando estar nem um pouco pressionada para ter alguém do seu lado. E é justamente isso que a torna tão perspicaz. Sabe que não depende de ninguém para ser feliz, mesmo porque o tempo sabe a hora certa para encontrar uma pessoa especial.

Sua amiga Prudence – por sinal, extremamente chata (intencionalmente) – recebe uma carta de Christopher Phela e é a partir desse ponto que o leitor começa a perceber que irão acontecer episódios essenciais para o relacionamento destacado no enredo. Os protagonistas demonstram ter intenções diferentes por conta de tantas coisas vivenciadas, porém isso não importa nem um pouco quando há união, perseverança e amor.

Esnobe do jeito que é, Prudence não fica nem um pouco preocupada em responder a carta dele, por isso Beatrix resolve se comunicar com ele. Claro que a gente já iria imaginar que haveria certa confusão em um futuro próximo, afinal de contas Christopher pensara estar se dirigindo a outra pessoa, enquanto Beatriz se vê apaixonada por ele.

Melhor ainda é perceber que esse pequeno engano pode ser consertado facilmente, mesmo que surjam alguns obstáculos pela frente. O leitor torce por esse desenvolvimento, e por isso tudo se torna ainda mais instigante e acolhedor. Os dois aprenderam a se amar como são de verdade, num processo tranquilo, por isso acredito que a autora acertou em cheio com relação ao tempo de descobertas e reciprocidade.

Por fim, só posso dizer que toda a família Hathaway é maravilhosa, sendo que cada um tem algo a ensinar. Não tem como não se afeiçoar aos seus atos e até mesmo pelos dramas pessoais (estamos na torcida sempre, né gente!). Mostra o melhor de cada um, por isso é isso mesmo que importa. Nos deixa uma mensagem incrível a respeito de união e perseverança, entre tantas outras reflexões baseadas nesse meio familiar tão aconchegante e amoroso. 

Classificação SEL: 5/5


Um comentário:

  1. aaah, 5° livro já e eu nem comecei a ler o primeiro ainda :'(
    parece clichê como todos os outros livro, mas ao mesmo tempo lindo! *-*
    não tem como não ficar curiosa para lê-lo ;~~

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo