31 de julho de 2015

Resenha: Isla e o final feliz - Stephanie Perkins @intrinseca

Informações do livro:
Título: Isla e o final feliz
Título original: Isla and the Happily Ever After (Anna and the French Kiss #3)
Autor: Stephanie Perkins
Editora:Intrínseca
Páginas:304




Sinopse: Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito. Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes. Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.




Leia também:
Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins (Editora Novo Conceito)
Lola e O Garoto da Casa ao lado - Stephanie Perkins (Editora Novo Conceito)



Resenha: Isla e o final feliz”, de Stephanie Perkins, apresenta uma história sutil, delicada e repleta de cenas emocionantes, A autora cria impressões fantásticas, e faz com que o leitor queira fazer parte da trama ou ao menos vivenciar algo parecido. E assim como em seus títulos anteriores (Anna e o beijo francês e Lola e o garoto da casa ao lado) percebe-se que a ambientação é o que faz toda a diferença no romance,

Isla é uma garota incrível, a começar até pelo nome que possui algo diferente. E a propósito a pronúncia correta é Aila. Ela não parece ser muito corajosa, porém é em um momento de descuido que acaba demonstrando um sentimento real diante de uma pessoa tão importante. Acontece que a garota ficou um tanto dopada por conta de alguns analgésicos e começa a conversar com Josh, o cara por quem sempre foi apaixonada.

Os diálogos até que foram bem interessantes e renderam uma atração em vista, porém no outro dia Isla percebe que precisa lhe explicar o ocorrido e tenta lhe encontrar, só que isso só ocorre no retorno das aulas. A partir daí, inicia-se um jogo de atração, com muitos olhares, timidez, encontros e ocasiões comprometedoras.

Josh é um cara que merece todo o destaque possível. Stephanie Perkins cria personagens fortes e apaixonantes e não seria diferente com ele. O garoto é um verdadeiro artista e seus desejos dão um complemento sensacional, e os seus traços se mostram ainda mais surpreendentes na medida em que é possível compreender o real significado de cada um deles. É honesto, sentimental e inteligente. E o melhor é que não é nem um pouco metido, e nem tenta parecer alguém que não é.

Não tem como não falar desse livro sem citar outro personagem igualmente relevante. Kurt (Kurt Donald Cobain Bacon) é uma pessoa que sempre fez parte da vida de Isla e os dois possuem uma amizade muito forte. Ele tem autismo com alto nível funcional e é extremamente metódico, sincero, entre outras características peculiares. E por causa disso, a garota já passou por muitas coisas complicadas, principalmente porque as pessoas de fora não conseguem compreendê-lo da mesma forma que ela.

É uma leitura descontraída e rápida. O casal tem uma sincronia incrível, por mais que surjam tantos obstáculos entre eles, seja por conta de atitudes proibidas, familiares ou decisões sobre o futuro. O leitor sabe que precisam ficar juntos, só é preciso encontrar a melhor maneira para o enfim final feliz. Tudo é muito empolgante, desde o romance, os encontros, os desencontros, as brigas, e até as participações especiais de Anna, Étienne, Lola e Cricket.



“Ele tem gosto de champanhe. De desejo. Josh tem o gosto dos meus desejos mais profundos finalmente realizados.” Pg.83


Classificação SEL: 5/5


Um comentário:

  1. eu comecei a ler o ebook mas acabei abandonando por causa da correria... quero muito terminar ele logo ;~~
    apesar de saber que a pronúncia certa é Aila, não consigo ler assim kkkkkkk
    estou bem curiosa para terminar de ler ele logo :D

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo