1 de julho de 2015

Resenha: Uma saga na Toscana - Belinda Alexandra @Ed_Fundamento

Informações do livro:
Título: Uma saga na Toscana
Título original: Tuscan Rose
Autor: Belinda Alexandra
Editora: Fundamento
Páginas: 472




Sinopse: Florença, 1914. Um homem misterioso deixa uma criança recém-nascida aos cuidados das irmãs do convento de Santo Spirito. Uma pequena chave prateada escondida em suas vestes é a única pista sobre sua identidade. Quinze anos mais tarde, a vida da órfã Rosa Bellochi está prestes a mudar. A jovem precisa deixar a proteção das freiras para se tornar a nova preceptora da filha do marquês de Scarfiotti, membro da aristocracia local. Entretanto, seu novo lar está prestes a ser também sua ruína. A atmosfera sombria e cruel que envolve a família Scarfiotti vai destruir a inocência da moça e arrastá-la para uma teia de assassinatos, conspirações e segredos, devastando tudo ao seu redor. Contando apenas com seu instinto de sobrevivência e sua paixão incondicional por um homem de passado sombrio, Rosa terá que enfrentar um destino incerto e sacrificar sua liberdade, corpo e dignidade mas nunca sua fé em nome daqueles que ama. Toda recompensa requer um sacrifício. Somente o amor poderá perdoá-la. Somente a verdade poderá salvá-la. Uma saga na Toscana é um romance histórico arrebatador, repleto de amor e ódio, mentiras, intrigas e mistérios em meio ao cenário desolador da Segunda Guerra Mundial.




Resenha: Uma saga na toscana”, de Belinda Alexandra, é um livro instigante, misterioso e sutil. Os detalhes são surpreendentes e fazem toda a diferença no enredo histórico. Assim que li a sinopse imaginei um tipo de ambientação calmo, mas me enganei ao perceber todos os perigos e surpresas fascinantes no decorrer dos episódios.

A autora reúne vários elementos dramáticos e impactantes na trama, como os segredos, os conflitos, os momentos arriscados, o suspense e um romance ainda mais intenso. A ambientação também se destaca bastante, porque o leitor consegue absorver os tempos difíceis, até mesmo por causa da Segunda Guerra Mundial, e quase se sente tão pressionado quanto os próprios personagens retratados.

A protagonista, Rosa Bellochi, passa por muitas experiências em sua vida, e claro que há aquelas partes positivas e as negativas. O que interessa, no entanto, é tentar achar as respostas para desvendar tantos enigmas ao seu redor. Ela é persistente, conformada e esperançosa, e traz consigo a importante lição de não desistir perante as limitações que possam surgir eventualmente.

É incrível como os cenários conturbados fazem com que tudo se torne mais envolvente e apaixonante, mesmo porque é fácil captar os sentimentos só pelas ações que estão sendo representadas. Muita coisa começa a mudar a partir do momento em que Rosa deixa o convento e passa a trabalhar para uma família poderosa e o local não poderia ser mais incerto e estranho.

Suas ações podem não ser as mais esperadas, mas acredito que a intenção mesmo é perceber que é necessário decidir o caminho certo, talvez nem tanto para si mesmo, mas para as pessoas que são mais importantes em sua vida. Ela se sacrificou bastante e merece todo o respeito possível por tudo que passou.

Cada fato é muito bem complemento e a conclusão que se chega é que houveram pesquisas vastas em relação aos assuntos abordados. Pode-se dizer que alguns momentos passaram rápido demais, enquanto outros tiveram maiores esclarecimentos, mas garanto que o desfecho vale muito a pena. Entender que tudo se conecta faz com que tudo seja satisfatório e muito crível.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo