28 de dezembro de 2015

Resenha: Os molambolengos - Evangeline Lilly, Editora Aleph

Informações do livro:
Título: Os molambolengos
Título original: The Squickerwonkers
Autor: Evangeline Lilly
Ilustração: Johnny Fraser-Allen
Editora: Aleph
Páginas: 46






Sinopse: Selma é uma garotinha esperta, mas muito mimada. Um dia Selma encontra, por acaso, uma colorida banda de marionetes, Os Molambolengos, que vão ensiná-la que nem sempre as coisas acontecem do jeito que ela quer. Evangeline Lilly é mais conhecida por seu trabalho como atriz, mas sua paixão mais antiga é a escrita. Os Molambolengos é seu primeiro livro. Ilustrado por Johnny Fraser-Allen, essa excêntrica e visualmente encantadora fábula vai agradar tanto crianças quanto adultos.





Resenha: Quando achamos que a Editora Aleph não pode mais nos surpreender com suas publicações incríveis, ela apresenta mais um título divertido e fantasioso. “Os molambolengos”, foi escrito por Evangeline Lilly, e além de escritora, também é modelo e atriz, mais conhecida por interpretar Kate Austen na série de TV, Lost, a elfa Tauriel de O Hobbit, e Hope Van Dyne em Homem-Formiga. A obra é ilustrada pelo artista Johnny Fraser-Allen.


O prefácio é escrito por Peter Jackson, Fran Walsh e Philippa Boyens. E ambos demonstram como os traços de magia influenciam nessa fábula cercada por entretenimentos e fatos curiosos. Além disso, ainda garantem momentos extravagantes e muito encantadores. Ou seja, é impossível não se envolver em todos os dilemas – que por hora também podem ser obscuros – destacados, assim como as rimas delicadas e alegres. E não há duvidas de que essas mesmas rimas são o principal destaque da obra.


Selma é a garotinha que protagoniza o conto, e é possível notar, desde cedo, o quanto ela é inteligente, apesar de também não ter muitas compreensões sobre o que o futuro reserva para si mesma, bem como as pessoas ao seu redor. É cheia de dúvidas e desconfianças, e também parece ser um tanto insegura, principalmente quando precisa se decidir rapidamente.


Ela acaba se perdendo em um parque de diversões e, ousada do jeito que sempre foi, entrou em uma carroça. Sua imprudência a faz pensar sobre os limites do tempo, da loucura, das estranhezas mais profundas e das próprias revelações que vem a seguir. Selma é mimada, isso é notável, por isso tenta se defender o máximo que pode, diante de promessas vazias e buscas incessantes.


Então é a hora de poder conferir o que o incrível “Molambolengoshow” reserva aos seus expectadores. É muito empolgante poder conhecer mais sobre os integrantes dos Molambolengos, desde Papai Pedante, Mamãe Malandra, Gilda Gananciosa, André Arrogante, Lúcia Lesada ou então Carlos Culpado, entre outras figuras excepcionais.


O mundo ambientado é especial e extremamente surpreendente. E é claro qie acaba se tornando uma opção de leitura mágica, tanto para as crianças quanto para os adultos. Afinal de contas, é uma história que apresenta um bom desenvolvimento e ainda consegue trabalhar com reflexões durante os acontecimentos.


Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo