4 de janeiro de 2016

Resenha: Me abrace mais forte - David Levithan @galerarecord

Informações do livro:
Título: Me abrace mais forte
Título original: Hold Me Closer: 
The Tiny Cooper History
Autor: David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 224







Sinopse: Do universo de Will & Will: Um nome, um destino, conheça a história de Tiny Cooper em um fabuloso musical Uma novela musical do universo de Will & Will – um nome, um destino, escrito em parceria com John Green e o primeiro livro juvenil com protagonista gay a figurar na lista do New York Times. Em Me abrace mais forte, o personagem Tiny Cooper, um dos mais carismáticos da trama, disponibiliza o roteiro do musical que acompanha sua trajetória: do berçário até o ensino médio. Com participação especial do fantasma de Oscar Wilde, o roteiro revela os detalhes da vida amorosa de Tiny, seu relacionamento com seus vários ex-namorados, a amizade com a babá lésbica, a relação com os pais e o encontro com o amigo Will Grayson. • Will & Will: Um nome, um destino já chegou a 19ª edição e vendeu mais de 150 mil exemplares. • Me abrace mais forte é um dos livros mais pedidos nas redes sociais da Galera



Leia também:
Will & Will Um nome, Um destino - John Green, David Levithan (Galera Record)



Resenha: Os leitores de Will & Will: Um nome, um destino, devem estar eufóricos ao ter contato com essa obra publicada recentemente pela Galera Record. “Me abrace mais forte”, de David Levithan, é o musical do personagem Tiny Cooper. É um livro cheio de expectativas, já que ele sempre se mostrou tão importante nas cenas em que aparecia, e o seu carisma é um dos principais destaques de todo o enredo.

Apesar de já ter uma percepção grande sobre a história e do que poderia encontrar de diferente nessas páginas, acabei me surpreendendo bastante com as mensagens repassadas. São situações que chamam a atenção, seja por representar um momento especial ou pelo menos um aprendizado para a vida inteira.

Assim como Tiny Cooper, esse musical pode mesmo ser definido como espetacular, impressionante e até bombástico. Ele mesmo deve ter dito essas definições ao longo das páginas, e sua ousadia não poderia ser mais especial. Isso porque as interpretações são verdadeiras e de acordo com os seus próprios entendimentos, erros e emoções.

Por falar em sentimentos, estes são complexos demais para serem idealizados em poucas palavras. É um roteiro de uma pessoa, mas que ao longo dos eventos são inseridos outros personagens importantes demais para serem deixados de lado. E é por isso que anseios e medos acabam se misturando na maioria das vezes.

Vale destacar que Will também é citado, e além disso há outros nomes que tornam tudo ainda mais divertido. Lynda é a babá lésbica, há também o fantasma de Oscar Wilde, Phil Wrayson sendo o melhor amigo de Tiny, e alguns ex-namorados de Tiny, entre outros. Os nomes dos atos também valorizam ainda mais as situações e suas reflexões deixadas nas entrelinhas. E como a narrativa é apresentada em forma desses atos, pode-se dizer que não há nenhuma dificuldade em compreender a história de um modo geral.

Infelizmente, o livro possui poucas páginas e é claro que a leitura pode ser concluída em poucas horas. A dinâmica e o entretenimento são um dos principais destaques da narrativa, que se mostra sutil em alguns momentos, e em outros consegue ser ousado demais. É exatamente esse fator que torna tudo ainda mais sincero e igualmente motivador.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo