4 de abril de 2016

Resenha: As gêmeas do gelo - S.K. Tremayne @BertrandBrasil

Informações do livro:
Título: As gêmeas do gelo
Título original: The Ice Twins
Autor: S.K. Tremayne
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 362





Sinopse: Um thriller psicológico aterrorizante perfeito para os fãs de A Garota no Trem. Um ano depois de Lydia, uma de suas filhas gêmeas idênticas, morrer em um acidente, Angus e Sarah Moorcroft se mudam para a pequena ilha escocesa que Angus herdou da avó, na esperança de conseguirem juntar os pedaços de suas vidas destroçadas. Mas quando sua filha sobrevivente, Kirstie, afirma que eles estão confundindo a sua identidade — que ela é, na verdade, Lydia — o mundo deles desaba mais uma vez. Quando uma violenta tempestade deixa Sarah e Kirstie (ou será Lydia?) confinadas naquela ilha, a mãe é torturada pelo passado — o que realmente aconteceu naquele dia fatídico, em que uma de suas filhas morreu?




Resenha: As gêmeas do gelo”, de S.K. Tremayne (pseudônimo de um jornalista londrino e premiado autor best-seller) é um thriller que me deixou instigada logo pela sinopse e é claro que me interessei bastante pelo modo como os relacionamentos seriam trabalhados nesse enredo conturbado. E quando comecei a ler, já percebi o quanto a narrativa seria aterrorizante e ao mesmo tempo curiosa demais.


Sarah Moorcroft não é mais a mesma mulher desde que Lydia, uma de suas filhas, gêmeas idênticas, morreu em um acidente. Existe uma tristeza profunda ao seu redor e não é nem um pouco difícil notar em suas referências. Seu luto permanece intacto e lhe acompanha durante toda a trajetória. Seu marido, Angus, se mostra impaciente e um tanto hostil, mas no final das contas, também não deixa de ser compreensível demais.


Kirstie é a gêmea que está viva, e desde o começo demonstra o quanto está reclusa em seu próprio ambiente. Sua quietude é sombria, ainda mais por ser uma menina tão nova  e na verdade isso incomoda um pouco, e o leitor não sabe muito o que pensar diante de reações vagas e ainda mais confusas para sua mãe. Chega a dar arrepios quando a menina afirma que na verdade ela é Lydia, e quem morreu foi Kirstie.


Então a gente tende a pensar que tudo está mesmo uma grande confusão e fica se perguntando se a mãe é que não está bem, a filha que está com problemas mentais ou o pai que não está pronto para absorver nada de sua família. E é claro que as coisas tendem a piorar ainda mais. Dá medo só em expressar essa pequena e ansiosa constatação. Quem lê esse livro sente, e muito, todas as emoções vivenciadas por cada personagem.


Seria apenas um erro – um erro melancólico –, mas há evidências que podem comprovar certas mudanças de comportamento e é isso que garante ainda mais pavor nas cenas. Como o cão que sempre se comportou diferente com cada menina ou de como há gestos próprios de Lydia em Kirstie, e vice-versa. Há momentos em que a distinção se torna simplesmente insuportável e acredito mesmo que essa seja a intenção por parte da autora.


A questão da ligação dos gêmeos também é algo a se refletir imensamente, e é impressionante demais, já que é algo tão profundo que só que tem mesmo um irmão gêmeo pode tentar explicar. Por mais que possuam várias diferenças, não há como negar que nada pode separá-las, nem a morte. Elas são as gêmeas do gelo, já que nasceram num dia extremamente gelado.



A narrativa é crível demais, e acabei me surpreendendo de como comecei a ler em uma manhã e só parei ao anoitecer. Não consegui parar até desvendar essa loucura, ainda mais porque precisava entender as afirmações extremamente preocupantes, as personalidades que se misturam demasiadamente e os delírios exibidos diante destas mentes complexas, opressoras e repletas de lacunas angustiantes. 

Sei que já devo ter citado sobre confusão, mas é essa palavra que pode definir bem essa obra, além de sofrimento e solidão, entre outras características. Esse é um livro que irei recomendar bastante para todos que curtem o gênero, porque a leitura vale muito a pena, muito mesmo!

Classificação SEL: 4/5


23 comentários:

  1. Oi

    nossa que pesado esse livro!

    Confesso que não leria, apesar de gostar do estilo, mas esse negócio de criança...não dá não! nossa eu fico pensando na situação difícil dos pais de ver um gêmeo idêntico crescer igualzinho ao que não sobreviveu seria se estivesse vivo...triste né???

    amei a sua resenha!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Fê.... eu não gostei de a garota no trem, mas acho que deste em especial eu gostaria. Me instigou mesmo saber quem é que está com problemas na realidade, embora eu desconfie seriamente que seja a mãe... ( alguns psicólogos afirmam que a culpa é sempre da mãe...) . Gosto de livros que tem tons pesados e que mexam com o psicológico da gente, e dos personagens, claro. Não conhecia o livro, mas entrou pra minha lista, ainda mas depois da sua ótima classificação.
    beijokas

    ps: não gostei da capa.
    ps2: vc já leu o vôo da libélula? Tem uma situação semelhante tbm. beijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, fiquei curiosa pra entender confusão de que você falou. Parece ser um livro bem triste, e que te faz pensar... é do tipo que eu gosto. Deve ser um sofrimento para os pais um dos gêmeos morrer e passar por tudo isso, e ainda ter certa confusão mental. Parece uma narrativa bem interessante. Obrigada pela dica!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  4. uau, achei bem tensa a premissa do livro e acho que morreria de tristeza com o drama dos pais das gêmeas. É muito bom quando um livro nos pega de jeito de forma que não conseguimos larga-lo até concluir a leitura. Anotei a dica aqui e espero conferir em breve. Amo as fotos nas suas resenhas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Li sua resenha bem apreensiva, pois essa é uma das minhas próximas leituras e fiquei com medo de não ter sido uma boa leitura para você, pois isso me deixaria menos animada para ler esse livro.
    Eu amo Thrillers e por isso tô muito animada com essa leitura, achei a premissa da história bem interessante e assustadora e estou esperando uma história complexa e que mecha com nosso psicológico!
    Que bom saber que o livro foi uma leitura tão rápida e que você gostou tanto. Espero gostar tanto quanto você.

    Beijão :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Apesar desse estilo geralmente não chamar muito minha atenção, fiquei curiosa sobre As gêmeas do gelo! A história parece ser muito envolvente e já estou vendo que também vou ficar muito confusa quando ler. Isso sem contar que acho essa ligação entre gêmeos muito interessante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Tinha visto esse livro a um tempo atrás e tinha me interessado bastante, muito por causa da capa, rsrsrs.
    Mas estava com medo de você não ter gostado já que me interessei bastante, mas ufa! Você gostou.
    Achei a sinopse maravilhosa e como amo trhillers, com certeza já coloquei na minha lista.
    Adorei a resenha.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/04/novidades-e-sugestoes.html

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    Sou fissurada em thrillers então esse livro já me ganhou na sinopse.
    Não tinha ouvido falar dele ainda e estou me sentindo como se estivesse saindo de uma caverna agora. Onde eu estive que não ouvi falar desse livro???
    A narrativa deve mesmo ser perturbadora. Imagine-se no lugar dessa mãe. Acabou de perder uma filha, e a outra parece estar confusa e perdida também. Deve ser um livro intenso e eu estou louca para descobri-lo.

    Sesteto Literário

    ResponderExcluir
  9. Oiii, tudo bem????
    Eu adoro o gênero e com certeza este já está indo para a lista de desejados =D
    Quando eu vi a capa e a sinopse em postagens de lançamentos, eu já fiquei bem curiosa. Mas agora, depois dessa resenha, sinto que PRECISO ler este livro. E essa ligação com irmãos é bem forte mesmo. Eu não tenho irmão gêmeo, mas tenho uma irmã quase da minha idade e a ligação é bem forte mesmo assim, mesmo sendo tão diferentes...
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Meu Deus, que tenso! Não sou muito fã de thrillers, mas admito que fiquei louca para ler a história, só na sinopse eu soltei um: WOW! Preciso ler! E claro ainda sou gêmea então... rsrsrs Sei lá, geralmente me interesso por histórias sobre gêmeos. Já coloquei na minha lista de desejados <3
    A propósito amei sua resenha, me deu deixou bem curiosa pela leitura!
    Abraços,
    ~Duda~ www.dudaecami.com

    ResponderExcluir
  11. Oiii!
    Nossa, curto bastante essa pegada misteriosa
    e de suspense durante as leituras e adorei a
    premissa desse livro. Indo agora colocar na
    minha wishlist! hahaha

    Beijinhos,
    Sala de Leitura

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Acho que me arrependi de não ter solicitado esse livro, caraaa que premissa maravilhosa.
    Nunca li um triller e acho que essa seria uma boa escolha. É tão bom quando o autor é capaz de fazer com que o leitor sinta a tensão que se passa na história. E cara, uma história com crianças e gêmeas sendo uma morta já é de arrepiar, e ainda a que está viva diz que na verdade é a que está morta :O
    Espero ainda ter oportunidade de ler, pois a premissa é boa e fiquei feliz em saber que vc não desgrudou do livro.

    ResponderExcluir
  13. Menina, confesso que não esperava um livro tão bom assim!
    Adoro esse gênero e percebi que a narrativa é meio melancólica e intensa, afinal é um grande drama familiar.
    Suas impressões me deixaram super empolgada. Com certeza vou arriscar a leitura
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  14. Oiii!

    Eu não conhecia a obra ainda acredita! Infelizmente, thrillers não funcionam muito comigo sabe? eu AMO o suspense mas eu não consigo entender o pq esse tipo de obra sempre empaca na minha estante. Mesmo sendo uma obra bem envolvente não consigo me sentir atraida sabe?
    A sua resenha está muito bem escrita, parabéns!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Minha nossa!!! Li o título e me interessei, fiquei apaixonada pela capa e depois da sua resenha estou louca por esse livro!

    Estou me animando com esse tipo de gênero ... li alguns livros, mas ainda não tinha encontrado nada que despertasse tanto o meu interesse. Esse sem dúvida é o livro!

    Suas palavras me deixaram com uma imensa vontade de conhecer a história dessa família... Desvendar esse mistério. Já estou criando minhas próprias suposições rsrsrs. Essa sem dúvida foi uma ótima resenha!

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá Fê,
    Nossa, achei o livro bastante tenso e com uma premissa frenética. Confesso que fiquei muito curiosa para saber o desfecho da história. Essa questão de gêmeos que são idênticos me atrai demais.
    Adorei sua resenha e já anotei a dica, pois espero ler ontem rs.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  17. Oi Fê, fico muito feliz vendo que você gostou do livro, eu solicitei ele e está para chegar aqui em casa e certamente será uma das próximas leituras. Eu gosto muito de thriller e desde a sinopse dele já tinha me interessado. Agora sua resenha me deixou mais intrigada com a trama!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi Fê

    Sou medrosa e me impressiono fácil com terror e suspense, li só um livro assim fiquei moh tempo imaginando as coisas ruins. Esse no entanto me deixou curiosa e tenho percebi que tem muitos livros com irmãs gêmeas no qual uma morreu, quem sabe numa oportunidade melhor eu me renda a todo essa trama.

    Bjos
    https://rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Gente esss livro me impressionou só com sua resenha pois o terrror nele é trabalhado mais no psicologico do leitor pelo que entendi. Fiquei ansiosa para descobrir mais sobre a trama e desvdndar os mistérios envolvidos.
    Com certeza vou adicionar na minha próxima lista de compras.
    Bj
    camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  20. Oieee, tudo bom ???

    Olha pela capa não seria um livro que me atrairia, alias, nem pelo contexto, não é um tipo de livro que estou acostumada a ler.. mas cada dia está saindo mais livros nessa temática, e todas as resenhas me deixam pensando se eu não deveria tentar um desses livros... esse em particular me deixou com vontade de ler, já que tem uma pegada de mistério e suspense junto.

    =)

    ResponderExcluir
  21. Olá!! :)

    Fiqeui maluco por ler essa obra!! :) Ja tinha ouvido falar mas agora fiquei instigado! :)

    Ainda bem que gostaste assim do livro e que nao conseguiste parar de ler ate começares a desvendar as expressoes...

    Tem ainda a confusão, que tanto frisaste, mas ate pode ser bom! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  22. Oiee,
    Menina eu tô muito afim de ler esse livro, eu adoro Thrillers e a premissa desse me deixou muito intrigada, essa capa me lembrou bastante a capa de outro que fez muito sucesso um tempo atrás, acho que ele é da intrínseca, mas no momento não consigo lembrar o nome, só lembro que também é terror e tem um farol na capa, a primeira vez que vi esse até pensei que se tratava de uma continuação.
    Amei a tua resenha, me deixou com mais vontade ainda de fazer essa leitura, beijosss

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Sou apaixonada por thrillers psicológicos e depois de ler a sinopse e a sua resenha eu fiquei muito curiosa para ler. Confusão normalmente fazem parte desse gênero e é uma das coisas que eu mais gosto. Adorei a sua resenha, você conseguiu me convencer a ler o livro, e espero fazer isso em breve. Beijos

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo