14 de junho de 2016

Resenha: Iluminadas - Lauren Beukes @intrinseca

Informações do livro:
Título: Iluminadas
Título original: The Shining Girls
Autor: Lauren Beukes
Editora: Intrínseca
Páginas: 320






Sinopse: Harper Curtis é um assassino que vem do passado. Kirby Mazrachi é a garota que estava destinada a não ter um futuro. Chicago, 1931. Harper Curtis, um andarilho violento, invade uma casa abandonada que esconde um segredo tão chocante quanto improvável: quem entra ali é transportado no tempo. Instigado por um comando que parece vir da própria casa, Harper persegue as “meninas iluminadas” – garotas cuidadosamente escolhidas em diferentes décadas – com o objetivo de matá-las. Voltando no tempo após cada assassinato, seus crimes são perfeitos e impossíveis de serem rastreados. Ou pelo menos é o que ele pensa. Chicago, 1992. Kirby Mazrachi viu sua vida ser destroçada após um ataque brutal que por pouco não a levou à morte. Incapaz de esquecer tal acontecimento, Kirby investe seus esforços em encontrar o homem que tentou assassiná-la. Seu único aliado é Dan, um ex-repórter policial que cobriu seu caso e agora aparentemente está apaixonado por ela. À medida que a investigação de Kirby avança, ela descobre outros casos semelhantes ao seu – e garotas que não tiveram a mesma sorte que ela – ligados por evidências que parece impossíveis. Mas, para alguém que deveria estar morto, impossível não significa que não tenha acontecido. Eleito um dos melhores livros de ficção científica de 2013 pelo jornal The Guardian e um dos melhores livros de 2013 na categoria Thriller e Mistério pela Amazon. “Intrigante. Lauren Beukes trata de assuntos surreais de maneira bastante real. Fiquei encantada!” Gillian Flynn, autora de Garota exemplar “Um livro engenhoso e impossível de largar, que mistura elementos de thriller policial, ficção científica e romance histórico”Entertainment Weekly “Um dos thrillers mais assustadores e bem escritos do ano.” Chicago Sun-Times



Resenha: Iluminadas”, de Lauren Beukes, é aquele tipo de livro que você pode não compreender muito no começo, mas quando começa a se envolver mesmo, surgem sensações bem complexas e especialmente questionadoras. A autora soube como fazer um bom desenvolvimento e até os personagens se mostram críveis ao ponto de gerar reflexões sobre as mais diversas atitudes, ainda assim parece que falta algo nesse cenário, algo que ainda não se nem explicar direito.

Os casos são bem complicados, ainda mais porque o personagem Harper é o assassino de algumas meninas. Não seria nem um pouco diferenciado, mas o que ocorre de verdade é que o nome dessas garotas estão marcadas em uma casa velha e é como se Harper Curtis fosse obrigado a cumprir as mortes depois que conhece o local. Para tanto, ele acaba fazendo viagens no tempo para cumprir seus propósitos. Parece estranho? E confuso? Sim para as duas perguntas, então, isso não é nem a metade do que acontece de verdade...

Kirby Mazrachi. acaba escapando das mães de Harper, e como esperado, deseja descobrir o que esse homem pretende com suas ações. Claro que quando começa a chegar perto demais, começa a desconfiar de sua própria convicção. Dessa forma, ela conta com a ajuda do ex-repórter e policial, Dan Velasquez, e é bem interessante poder acompanhar a interação dos dois.


Todos os personagens têm papéis fundamentais nesse enredo, desde o considerado serial killer, Harper, Dan e especialmente Kirby, esta que demonstra ter um controle interessante sobre si mesma. Outra pessoa em seu lugar poderia não ter tanta coragem para querer seguir em frente com seus planejamentos, mas Kirby confia nos instintos e não desanima quando tudo tende a piorar. Mas também há outros personagens, e alguns transmitem mais emoções que outros.

Tudo é muito surreal, profundo, sombrio e muito cruel também, sendo que Harper não tinha nenhuma piedade de suas ações com as meninas que matava. Claro que fiquei bem intrigada sobre as investigações e ainda ais sobre como seria a conclusão, e apesar de não ter me satisfeito tanto quanto esperava, a leitura fluiu tranquilamente.

Os elementos retratados se misturam de uma forma inigualável, desde a ficção cientifica, o mistério, o romance e o policial, dentre outras características que também se fazem essenciais nessas páginas. Com certeza, é uma leitura intrincada, mas não significa que não seja interessante, porque é bastante. Gostaria apenas que a autora pudesse desenrolar descrições mais intensas sobre episódios que são considerados bem relevantes em cena.

Classificação SEL: 4/5


17 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Já na sinopse me interessei pela leitura já que é tão bem indicado. Parece ser bem interessante essa mistura de ficção científica com thriller, gosto dos dois gêneros. Apesar de falta algo na trama como você mencionou me entusiasmei em saber que a leitura flui e os personagens são críveis. Gostei da Kirby e de saber que ela não desanima. Enfim, fiquei curiosa para conhecer melhor a trama e já anotei a dica de leitura aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito de ler livros com esta abordagem, tenho um pouquinho de medo e também acho os enredos repetitivos, mas gostei deste aqui e da forma como todos os personagens são importantes para o desenvolver da narrativa. Anotei a dica e espero conferir em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não conhecia o livro, mas gostei muito da premissa e estava precisando achar um livro com seria killer bom para um desafio que estou fazendo, acho que vai ser esse.
    Eu achei ele muito interessante exatamente por ter esse negócio de viagem no tempo e tal, que deve confundir muito a cabeça e você tem que parar um pouco para colocar tudo em ordem.
    Adorei sua dica, com certeza vai ser esse que vou escolher para o desafio!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bom?
    Nunca tinha ouvido falar nesse livro nem na autora, mas, por tudo o que você falou, acho que não é muito o meu tipo de leitura. Ainda assim, achei muito interessante - e confusa - essa questão do Serial Killer e a relação do porque o nome das meninas está na casa para serem mortas. Fiquei curiosa só para saber o desenrolar da obra! Muito bom os personagens em sua integralidade terem importância na trama, isso sempre é bom. Apesar de faltar algo ao livro, parece ser uma boa pedida para quem curte o gênero ^^

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda,

    Esse livro me parece ser pesado, não sei, é a sensação que tive. Achei a premissa interessante, ainda mais por ter um personagem assim tão conflitante, acredito eu. Anotei a dica e assim que eu estiver na vibe de obras assim, o lerei. Você deu 4 estrelas, então a obra é muito boa mesmo. :D

    beijo!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Tenho esse livro na minha estante faz um tempo e só agora, com a sua resenha, fui conhecer a premissa dele. Fiquei bem surpresa pois parece ser uma trama fantástica mesmo com a confusão e estranheza que provoca quanto ao desenrolar dos acontecimentos. Parece ser um ótimo thriller psicológico.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oie, feh, que pena que não te agradou totalmente o final, mas já me interessou essa mistura de romance, policial, só fico com um pé atrás com a ficção científica e essa volta no tempo, geralmente livros que voltam no tempo me deixam irritada, agora mesmo estou com um que já perdi a paciência, ehehe. Mas eu daria uma chance sim para ver como ficou essa mistura e como se resolvem os crimes.

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas como não sou muito fã de thrillers, não me chamou muito a atenção.... Mas eu fiquei um tantinho curiosa...hehe' Ver que você gostou do livro (com exceção do final, pelo o que deu para perceber) me deixou um pouco animada para lê-lo, mas não agora. Gostei da capa :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Realmente lendo a sinopse não estava entendendo muito bem do que se tratava o livro, mas pela sua resenha deu pra perceber que ele é bem complexo mesmo, mas é isso que o torna tão diferente e bacana de ser lido.
    Achei bem inovadora a história, e estou bem curiosa para saber como vai terminar, e como vão pegar esse assassino que parece que volta no tempo

    ResponderExcluir
  10. Olá Fê,
    Esse livro parece ser uma mistura de várias coisas.
    Confesso que não fiquei muito curiosa em relação a trama, mas você aguçou minha curiosidade quando disse que a Kirby é uma protagonista com extremo controle sobre si mesma.
    É um livro que vou anotar o nome mas, provavelmente, não lerei logo.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Fê, eu sou suspeita de falar pois adoro um bom suspense policial, ainda mais esse que tem vários gêneros juntos. Gostei muito da sua resenha e assim fiquei mais curiosa ainda con o livro. Espero ler ele em breve e ver o que irei achar.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/?m=1

    ResponderExcluir
  12. Oie De, eu adoro esses livros com viagenm no tempo, me fascinou com histórias assim é. Premissa desse chamou bastante minha atenção por tido o suspense e mistério envolvido. Acredita que deva ser uma leitura eletrizante.
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    O livro não parece fazer muito meu estilo e achei um tanto quanto confuso essa coisa todos dos nomes das garotas que ele tem que matar e o fato de ele voltar no tempo para isso. Eu até gosto de tramas com suspense, mas nesse estilo não parece ser muito a minha praia, entáo não sei se eu leria este livro.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  14. O livro não é bem meu estilo de leitura, e pelo que li na sua resenha e suas impressões do livro, creio que não vou ler tão cedo, Talvez futuramente eu dê uma chance ao livro, mas no momento vou dar prioridade a outros da lista! Parabéns pela resenha, ficou otima!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu não sou uma grande fã de thrillers, mas esse chamou minha atenção por envolver viagens no tempo, que geralmente prendem minha atenção. É uma pena que o final não tenha te satisfeito completamente, mas como a história parece ser boa no geral vou anotar a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá Fê

    Não gosto desse genero mas não é que fiquei bem curioso com essa premissa!!! Adoro quando todos os personagens da estória tem um proposito e são importantes na estória, deixa ela muito mais estruturada. Acho que se tiver oportunidade leria com toda certeza.

    Everton Equipe Rillismo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Mesmo entendendo os pontos positivos e ficando com uma certa curiosidade, o livro pareceu muito confuso e muito fora do que procuro no momento. Acho que a confusão do enredo e o fato de parecer que faltou algo me faz pensar em deixar para depois - e com o fator crueldade junto, eu passo esse. Ao menos por enquanto!
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo