30 de junho de 2016

Resenha: Silêncio - Richelle Mead @galerarecord

Informações do livro:
Título: Silêncio
Título original: Soundless
Autor: Richelle Mead
Editora: Galera Record
Páginas: 280




Sinopse: Um romance de fantasia e aventura da mesma autora de Vampire Academy. Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo: todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis. O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas. Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.


Resenha: Silêncio”, de Richelle Mead, explora uma ambientação complexa e repleta de detalhes intrigantes. Particularmente, não tenho uma experiência grande com o estilo da autora, afinal de contas antes de ter lido esse, só tinha feito a leitura de outro. De qualquer maneira, gostei do desenvolvimento da trama, e como não tinha expectativas sobre o enredo, acabei aproveitando bastante.

A protagonista, Fei, se vê perdida diante do que está acontecendo ao seu redor. Claro que as coisas nunca foram fáceis, ainda mais porque o local onde ela mora é cheio de lacunas e complicações, como o fato de as pessoas não terem audição. Infelizmente, alguns também estão perdendo a visão, o que pode atrapalhar ainda mais na convivência.

A irmã de Fei, Zhang Jing, também começa a perder a visão, ocasionando problemas ainda maiores, visto que são extremamente dependentes desse sentido. Por conta disso, a garota toma a iniciativa de procurar o apoio necessário para mudar a situação de escassez em seu povoado, além de querer proteger a vida de sua irmã. Ela não quer que a irmã vá trabalhar nas minas, especialmente por ser muito perigoso e foi onde seus pais morreram.

O povoado não poderia estar mais assustado, ainda mais porque ninguém sabe como será o futuro se realmente também houver a falta da visão. Ou você é um artista, trabalha nas minas ou fornece os suprimentos, então não há muito o que escolher, e é exatamente por isso que as preocupações são tão altas. A divisão da comida também acaba sendo uma das causas mais preocupantes nesse contexto.


Achei bem interessante como a autora resolveu fazer essa divisão e de como acabam se tornando essenciais em seus trabalhos. De fato, achei a história criativa, e a narrativa consegue cumprir o elemento do mistério desde as primeiras páginas, deixando o leitor alarmado com as reviravoltas em cada página.

Há romance nessas páginas e achei bem equilibrado, sendo que não se torna tão centrado e também há a demonstração dos sentimentos de um forma bem especial. E Li Wei acaba se destacando bastante como personagem diante de seus propósitos, e ao lado de Fei, tenta reverter uma situação bem mais complicada do que eles possam imaginar.

Inicialmente, admito que o que mais me chamou a atenção foi a capa, que ficou linda, ainda mais por representar um pouco da cultura asiática. Depois, comecei a compreender mais da trama, e apesar de não ter achado a história maravilhosa, com certeza se tornou válida. Demorei para ler em torno de uns quatro dias, e no final das contas, acredito que vale a pena para quem quer conhecer a narração de Richelle Mead, e claro, para quem já está mais habituado também.

Classificação SEL:4/5


33 comentários:

  1. Oiee ^^
    Eu também gostei bastante deste livro, mas a sinopse dele não tinha me chamado a atenção, principalmente porque fantasia e aventura não são os meus gêneros favoritos. Mas saber que você gostou da construção da história, da narração e dos personagens (também prefiro quando, em livros assim, o romance fique em segundo ou terceiro plano), me deixou curiosa. Acho que vou dar uma chance :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá;

    Nunca li nehuma obra da autora, espero poder mudar isso muito em breve.
    Gostei do enredo e claro que a resenha traz uma nova perspectiva sobre o livro.
    Não posso deixar de dizer que seu blog é uma graça, super caprichado.

    Seguindo aqui...Beijos da Camila.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tudo bem?

    Sou novo por aqui. :)

    Gostei muito da resenha deste livro que por sinal tem uma capa muito bonita!
    O modo como você relatou a premissa do livro me fez ficar encantado por ele! Parabéns! :)

    Estou seguindo seu site, siga o nosso site Irmãos Livreiros também, ficarei muito feliz! :)

    Também estamos no YouTube. Inscreva-se no canal Irmãos Livreiros pois irá nos ajudar bastante! :)

    Beijos,
    Danny
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  4. Amei a sinopse e fiquei muito curiosa com o livro, mesmo não sendo tão fã de fantasia estou super ansiosa para começar a lê-lo, achei que a autora foi bastane criativa, nunca pensaria em algo assim.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Fê

    A capa realmente é linda. Eu nunca li nada da autor...até tinha vontade, mas depois que assisti aquela adaptação tosca de Academia de Vampiros perdi totalmente a vontade! hahaha
    Eu acho a proposta de Silêncio muito bacana por causa dessa pegada oriental e o fato de haver essa característica da surdez e da cegueira também. Ele tá lá bonitinho no "quero ler" do Skoob.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. A capa também me chamou muita atenção e a trama me agradou também. Eu ainda não li o livro mas pelas suas impressões dá para entender um pouco do que acontece nessa história. Eu gosto de livro assim, embora leia poucos, e acho que esse pode ser uma leitura bem agradável.

    ResponderExcluir
  7. Oi Fê,
    eu fiquei bem interessada e curiosa,
    já quero muito saber o que eles descobriram após deixar o vilarejo, bem como quero muito ler como foi para Fei ouvir pela primeira vez. Também achei a capa linda, e adoraria tê-lo na minha estante, mas por não ser uma história tão arrebatadora vou adiar um pouco a leitura, já que tenho um monte de livros pra ler por agora.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  8. Oi menina, vi esse livro pela primeira vez no mochilão da Record. Eles vendem tão bem o peixe, que na hora só pensava que precisava ler esse livro de qualquer maneira. Com o passar dos dias, a trama meio que perdeu a graça. Não faz meu gênero de leitura, foi só a empolgação do momento. Sua resenha tá muito bacana e levanta bem todos os pontos importantes. Hoje não sei se quero ou não lê-lo. Talvez em algum momento com mais tempo.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  9. Sempre li críticas para com as capas dos livros da Richelle, mas este aqui está bem interessante e como você, seria a primeira coisa que me chamaria a atenção. Achei o enredo original e bacana o romance não ser o centro da trama.
    Espero poder conferir em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Fê,
    Acho a capa desse livro lindíssima e tenho curiosidade de conhecer a narrativa da autora, pois ainda não li nada dela.
    Gostei bastante da sua resenha e achei a premissa bem original. Fico me perguntando o que acontecerá com o povoado onde as pessoas começam a perder a visão. A perda de um sentido é um tema bastante complexo pra mim.
    Dica anotada.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oi, Fê!
    Eu sou bem fã da autora desde que li Vampire Academy.
    Estou meio receosa de ler esse livro porque já vi que vai ser totalmente diferente do que conheço dela.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  12. Olá, não conheço as obras da autora e por mais que eu goste de histórias do gênero, esse livro ainda não chamou minha atenção. Quem sabe mais pra frente eu mude de ideia.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nada da autora, não por falta de oportunidade, mas porque os temas abordados nos livros dela nunca me chamam muito a atenção... E infelizmente foi o que aconteceu com esse, apesar da capa maravilhosa eu dificilmente daria oportunidade ao livro, pois realmente não se trata de um tema que me agrada muito... Mas quem sabe um dia eu não dê uma chance pra ele né, porém agora não é o momento...

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o livro, mas já li O beijo das sombras da autora e gostei bastante!
    A premissa desse é bem interessante, imagina um lugar que as pessoas são surdas e estão ficando cegas também?
    Fiquei mega curiosa pra saber o que acontece, ainda mais sabendo que há romance, mas a trama não é centrada nele!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  15. Ola Fe lindona essa capa está maravilhosa, eu amo fantasia mesclado a um bom romance e acredito que terei esses elementos no livro, assim como você ainda não conheço a escrita da autora, mas estou bem curiosa, com certeza já está em minha lista de leituras. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Oi! Estou bem habituada com a leitura de livros da Richelle. Já li Academia de Vampiros e também a Coleção Súcubo, então sei que ela mistura elementos fantásticos com o dia a dia, romance e aventura, sem centralizar uma coisa só. Achei mais interessante o fato de uma vila inteira ser de surdos (por ser surda, sempre me interessam histórias com personagens assim, gosto de saber como eles são trabalhados)! Concordo com você, a capa é belíssima! Já foi pra lista! ;) Nu.
    As 1001 Nuccias | Curte aí!

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bom? Como você, a primeira coisa que me chamou atenção no livro foi a capa, tão bonita que não podia ter sido diferente. Porém depois eu ouvi sobre o que se tratava a estória no Mochilão da Record, e minha curiosidade com o livro cresceu bastante. Sua resenha ficou maravilhosa e conseguiu me instigar ainda mais! A ambientação, os personagens e as limitações dos mesmos, parece ter sido tudo muito bem construído. Quero ler!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bom?

    Ainda não li nada da Mead, apesar de ter toda a série Vampire Academy em casa. Sim, preciso mudar esse cenário, já que vejo muitos elogios (e críticas também). Quando esse livro foi lançado, me apaixonei pela capa, ainda mais por mostrar a cultura asiática, como você disse, já que vemos pouco disso (eu, pelo menos, não conheço muito desse assunto e acho interessantíssimo). Além disso, fiquei pensando como seria uma sociedade em que estamos no silêncio. Aterrorizador, para mim, de fato. Pensou ninguém ouvir sequer um som? Bom, vou ler essa história, pois fiquei curiosa sobre esse fato.

    Obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá! Tudo bem?
    Uau, realmente a capa desse livro é linda, sou totalmente encantada pela cultura asiática e a sua resenha me despertou um grande interesse por essa história. Gosto desses enredos em que as personagens saem em busca de um ideal maior e possuem esse desejo de mudar as coisas. Nunca li nada da autora e acho que esse livro seria uma boa chance de começar :)

    Beijos,
    Késsia Oliveira
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Nunca li nada da autora, mas achei a capa incrível, a sinopse da história é bem interessante e a sua resenha me mostrou que é o tipo de livro que vou curtir. Obrigada pela dica, quero ler em breve.
    bj
    Umavidaliteraria

    ResponderExcluir
  21. Oie! Estou com esse livro aqui e ele será minha próxima leitura, então fiquei com bastante medo de ler a resenha, mas me arrisquei e tenho que dizer que adorei seus comentários sobre a obra. Eu conheço a autora por conta de seus outros livros escritos, mas nunca tive a oportunidade de ler suas obras. Quando fiquei sabendo que eu teria a chance de conhecer mais da cultura asiática através desse enredo, com certeza fui correndo para ler. Achei muito criativa a forma como a autora criou todo esse universo e fico imaginando o sofrimento do povo ao ser privado de sua audição e visão. Fiquei muito curiosa e empolgada e com certeza me jogarei na leitura. <3

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  22. Olá, gostei muito da organização e capricho da sua resenha! Conseguiu transmitir com clareza os pontos importantes. Parece que é um exemplar diferente, não é? Eu, pelo menos, nunca ouvi nada parecido e me interessei. Que triste o fato de serem deficientes auditivos!
    Enfim, a capa também está muito bonita!
    Parabéns e sucesso.
    Filipe Penasso - Pena Pensante

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Pela sinopse do livro eu não leria, mas sua resenha explicou bastante as coisas e mostrou um lado bem diferente da história. Nunca li nada sobre a cultura asiática, gostaria de saber se tem bastante elementos, se explica bastante coisa? O Romance não ser o foco é maravilhoso porque acredito que tenha que ser a vila e o fato de ela querer impedir a irmã de trabalhar em um lugar horrível. Gostei da dica mas não é uma leitura que eu faria imediatamente, talvez mais para frente, se eu me deparar com esse livro eu dou uma olhada.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    A capa está realmente linda e é a primeira coisa que chama a atenção. Em relação a cegueira não posso deixar de comparar com a obra Ensaio sobre a Cegueira (José Saramago), onde surge uma reação em cadeia de cegueira pela cidade, apesar de serem bem distintas quando me deparei com esse fato em sua resenha foi a primeira coisa que lembrei. O enredo parece ser bem interessante e a ambientação parece ter sido muito bem elaborada. Esse é o primeiro livro da autora que de fato chama a minha atenção. Fiquei bem curiosa para conferir, espero ler em breve.
    Beijos,
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  25. Oi Fê,
    é a primeira vez que vejo alguma coisa sobre esse livro e fiquei muito empolgada. Essa premissa ficou fantástica, como será que é viver em um lugar em que ninguém ouve nada? Estou com expectativas de que a Fei seja uma garota bem decidida e de atitude, e ainda bem que a autora tenha colocado as doses certas de romance. Ninguém merece um livro com nhenhenhem na hora errada né rs
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  26. Ainda desconheço a escrita da autora, sua série anterior foi tão criticada que confesso que perdi a vontade, mas esse livro mistura gêneros e temas que amo, como fantasia, romance a aventura, achei bem instigante o fato das pessoas estarem perdendo a visão e a audição, mas acho que sera bem explicito no livro, gosto de livros cheios de reviravoltas, tomei coragem e coloquei na lista de desejados, esperando me surpreender, realmente o enredo parece ser bem criativo

    ResponderExcluir
  27. Oii!
    Confesso que o que mais me deixa interessada nesse livro é o fato da autora ser a Richelle ♥ Amo VA e me encantei com sua escrita e a história que ela criou! Quero muito ler esse porque foi ela que escreveu e também curti a premissa! E essa capa? Lindona ♥

    Beijão!
    Vem conhecer o meu cantinho ♥
    http://cantinhodosrabiscos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Oi Fê!
    Concordo contigo, essa capa está impecável, muito linda mesmo.
    A trama até me chamou a atenção, seus comentários despertaram em mim certa curiosidade para conferir a obra mais de perto, mas talvez não seja algo que eu esteja procurando agora. Embora conhecer novas escritas seja muito atraente. De qualquer forma, vou anotar a dica aqui. Parabéns pelo trabalho, sua resenha ficou muito boa mesmo.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  29. Oie, sabe que eu sempre ouvi muitos elogios para essa autora mas nunca li nada dela até hoje. Mas adorei esse enredo e achei bem interessante um lugar onde todos são surdos, ainda mais tendo a cultura asiática junto. Acho que seria um bom livro para começar conhecer a autora, só fiquei curiosa se ele tem continuação, você sabe me dizer?

    ResponderExcluir
  30. Oi, tudo bem?
    Eu estava animada com esse livro até que li uma resenha que me desanimou completamente, tanto que acabei nem tentando obter o livro para ler, sabe? Mas agora lendo sua resenha fiquei arrependida, porque parece ser uma história bem desenvolvida e agradável. Eu achei bem curioso essa coisa de perca de visão e audição, e imagino que acompanhar todo esse mistério deva ser bem interessante, por isso vou tentar ler algum dia ainda.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  31. Oi, tudo bom?

    A capa desse livro está incrível! A historia me chamou bastante atenção, principalmente para saber como as pessoas começam a perder os sentidos? Enfim, com certeza irei colocar esse livro na minha Wishi List.

    Abs,

    ResponderExcluir
  32. Oi Fê, tudo bem?
    Eu achei muito bacana a proposta da autora com esse livro, é bem diferente do que estou acostumada a ler e estou bem ansiosa para ler ele, meu exemplar está para chegar aqui em casa e com certeza será uma das próximas leituras. Gostei muito da sua opinião e de ver que mesmo não sendo uma leitura maravilhosa, ela é válida e vale a pena. Adorei a resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  33. Nunca li nada da autora, porém estava de olho em outra série dela que ainda está para chegar no Brasil que é The Glitering Court (ou algo do tipo), daí acabei ignorando esse livro em geral por estar de olho na outra obra, gostei muito da proposta do livro e as coisas que a Fei tem que passar na trama, imaginava uma outra coisa do livro, como algo do sudeste asiático que eu já tenha ouvido falar, mas fui surpreendida!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo