10 de julho de 2016

Resenha: Adeus, promessas - Kristin Halbrook @plataforma21_

Informações do livro:
Título: Adeus, promessas
Título original: Every Last Promise
Autor: Kristin Halbrook
Editora: V & R Editoras
Selo: Plataforma 21                 
Páginas: 296



Sinopse: Um menino está morto. Outro está ferido. E, aparentemente, a culpa é de Kayla. Ela presenciou algo que não devia. Mas não contou nada para ninguém. Ninguém sabe o que realmente aconteceu naquela noite: o porquê de ela estar dirigindo um carro que caiu numa vala depois da festa de sua melhor amiga; do que viu nas horas que antecederam o acidente, e da promessa que ela fez para sua amiga Bean antes de sair de férias. Agora, Kayla está voltando para casa para terminar o Ensino Médio. Se ela ficar calada, pode até recuperar a sua antiga vida de volta. Mas, se contar a verdade, corre o risco de perder tudo – e todos – que já amou na vida. Adeus, promessas é um romance emotivo e provocante sobre uma garota que precisa decidir entre o silêncio ou admitir ter sido testemunha de uma terrível agressão. Uma narrativa que trata dos limites entre o segredo e a mentira em uma sociedade predominantemente machista.



Sobre o livro:

“#meuamigosecreto acha que se a menina está bêbada e dá mole, a culpa é dela. O cara não tem medo das consequências porque acha que ninguém vai ter coragem de pôr a boca no trombone e se expor.”

“#meuamigosecreto paga de bonzinho, mas gosta mesmo é de embebedar e abusar de garotas da maneira mais sórdida possível.”

“Um exame importante da devastadora e traiçoeira cultura do estupro.”

Kirkus Review

Resenha: Adeus, promessas”, de Kristin Halbrook, apresenta uma trama complexa, reflexiva e cercada de emoções ainda mais profundas. É complicado perceber todas as consequências diante de um episódio terrível, especialmente porque a própria protagonista demonstra toda a sua inquietação e demais dilemas ao longo dessas páginas.

A obra é alternada entre a primavera e o outono, respectivamente passado e presente. E esse é um aspecto extremamente importante, seja para conhecer um pouco mais sobre Kayla – de como ela era uma pessoa alegre e de como se tornou excluída – e acerca de relacionamentos também, além das tantas mudanças já esperadas nesse processo.

O segredo nem é tão segredo assim, pelo menos para o leitor que consegue perceber isso já na própria sinopse, que apresenta vários detalhes ao meu ver ou de outras divulgações feitas acerca da obra. E para quem não decifra logo de começo, pode ter certeza de que não demora muito para que as especulações ou certezas comecem.

De qualquer maneira, a autora sabe muito bem como prender a atenção do leitor, então a leitura acaba fluindo muito bem e isso é um dos destaques mais especias. Assim, pode-se afirmar que o foco está mesmo na aceitação, nas consequências e demais responsabilidades, e não propriamente no segredo que Kayla guarda e em sua promessa.



Impossível não sentir um pouco de raiva das amigas de Kayla, fora algumas exceções, julgamentos se fizeram presentes muito rápido e faltou amizade quando mais se precisava. Pode ser algo esperado mesmo, mas sendo amigas tão íntimas, nada mais justo do que haver mais diálogos para tentar resolver os problemas da melhor forma possível.

Confesso que a capa não chamou muito a minha atenção, sendo que pode ser um tanto simples, mas ao interpretá-la, podemos supor que a intenção seria deixa-la mais sombria (Sou dessas que sempre fica olhando para a capa com o objetivo de captar a essência do enredo). 

Inicialmente o que me motivou mesmo a ler foi a sinopse e depois quando comecei a ler fiquei muito intrigada com a questão de como o desenvolvimento seria formado, assim como as convivências e restruturações. Claro que a diagramação está ótima, facilitando ainda mais a agilidade na leitura.

Nas últimas páginas também é possível conferir uma nota da autora, onde ela relata que esse livro não foi baseado em fatos reais, entretanto sua intenção fora explorar um pouco sobre a temática do abuso sexual. E posteriormente, ela finaliza repassando algumas dicas de como agir caso seja uma vítima ou conheça alguém que tenha sido abusado.

Classificação SEL: 4/5


22 comentários:

  1. Infelizmente, o machismo ainda é muito presente em nossa sociedade. Creio que é muito importante que tenha obras que tratem de assuntos tão delicados, mesmo que sejam livros de ficção. Gostei muito da atitude da autora ao colocar no final do livro dicas de como se defender, é uma pena que ao invés de ensinar as pessoas a não abusarem temos que ensinarem elas a como reagir se forem abusadas! De qualquer forma, adorei a resenha, abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oi, a história não me chamou atenção logo de primeira, sua resenha quase mudou minha opinião, estou quase me convencendo a ler.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  3. Esse livro veio no momento certo, eu acho. Com a capa eu também não teria notado, acho que ficou mais pra um suspense do que pra um alerta sobre a cultura do estupro. Tenho até receio de ler livros com um tema tão pesado, porque fico bem mal depois. Espero que a Kayla tenha superado os traumas no final do livro.
    Beijão, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  4. Estou com o livro aqui em casa e louca para ler, vou adiantar algumas leituras para inciar adeus, promessas e como vc a sinopse me motivou muito a ler apesar do "segredo' já tenho em mente sobre o que realmente vai falar.

    ResponderExcluir
  5. Essa capa não me chamou atenção, definitivamente. Mas então eu li a sua resenha! nossa....que história! Achei o tema bem forte, mas extremamente interessante e tenso. Dica anotada.

    Ótima resenha

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Que livro impactante! Pelo visto você curtiu bastante esse livro e fiquei com aquela vontade de ler, vou fazer isso! Já vou adicionar na minha lista de desejados. Adoro livros intensos e que fazem os leitores refletirem.

    ResponderExcluir
  7. Oie, a capa do livro é muito chamativa e o conteúdo muito legal.
    Realmente o machismo ainda é muito presente em nossa sociedade e é muito bom que tem muita gente escrevendo sobre o assunto, já fiquei curiosa pra ler.

    Beijokas!!

    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Fê,
    nunca li nada que nem de longe abordasse tal temática, mas diante do fato de que a cultura do estupro está tão intricada na nossa realidade cotidiana, acredito piamente na importância de que obras como essa sejam produzidas e divulgadas, a capa também não me chamou a atenção, mas o conteúdo certamente é algo que quero conferir de perto, quero ver até onde e como um assunto tão tenso, porém realístico, foi abordado.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  9. Esse eh o tipo de livro que curto ler e daqueles livros com adolescentes que abro exceção para ler. A questao do abuso eh algo realmente complicado de lidar, entao esse foi o fato determinante para que a obra me chamasse atençao. Realmente, a capa nao ajuda muito, se fosse por ela teria passado batido sem nem olhar a sinopse.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  10. Oi, flor.
    Eu gostei muito da temática do livro, porque acredito que a literatura deva ser um meio para convidar os leitores a refletirem. No entanto, confesso que sua resenha não destaca elementos que me agradariam. Quero dizer, você não elogiou o modo como o tema foi abordado no livro (o que, para mim, seria o mais importante). Apesar de entender que a autora conseguiu prender a atenção na leitura, não me senti realmente motivada a conhecer Adeus, promessas. Hmmmm... mesmo assim, vou anotar a dica.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá Fê,
    Curto bastante livros do gênero, mas não fiquei curiosa com essa leitura. Achei muito ruim o leitor chegar a sentir raiva dos amigos da protagonista e não gostei de saber que o segredo não é tão segredo assim e, mesmo que o leitor fique preso na leitura, não acho que a trama me agradará.
    Também não achei a capa bonita.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. OIe Fê, tudo bom ???

    Eu vi esse livro em um encontro da V&R ano passado, e vi de novo no encontro desse ano, primeiro eu achei que era uma coisa e depois percebi sobre o que era.
    E o livro chegou no momento mais exato possível. Ainda mais agora, que esá tendo maus denuncias, mais exposição do assunto.. que antes nem era tratado, mas agora vemos a importância de se falar sobre o estupro.
    Esse livro está na minha lista para esse mÊs!

    =)

    ResponderExcluir
  13. Oiii Fê, como vai garota?
    Confesso que fiquei bastante instigada em querer descobrir o que realmente aconteceu com a personagem e que tipo de agressão ela precisou, além do mais porque querer esconder isso? Ficou uma grande mistério no ar no qual eu gostaria muito de descobrir e ler. Parabéns pela resenha, dica anotada, além disso eu adorei essa capa <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Provavelmente não conseguiria ler esse livro, acho a temática muito pesada e não sei se estou preparada para ter mais contato com esse tipo de enredo. Sua resenha, no entanto, está ótima! Parabéns (:
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  15. Oi Fê!
    Parabéns pela resenha e pela escolha de livro! Adorei seu comentários, a sinopse me agradou e estou tentada a ler. Gosto de saber o olhar da literatura sobre o tema machismo e a condição da mulher desde sempre. Porém poucos livros exploram esse lado e muitos ainda mostram de forma muito sutil essa questão. Adorei a dica e já está anotada! Bj
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oioi! Tudo bem?
    Não conhecia o livro Adeus promessas e achei a premissa interessante.
    Achei bem tenso a historia e a capa ja dar um certo ar sombrio ao enredo.
    Fiquei curiosa para saber os rumos dos personagens.
    Eu nao sei se leria, abuso sexual sempre me deixa com agoniada dos personagens, é uma coisa tensa pra mim.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  17. Oie! Tudo bem? Assim como você, a capa não me chamou a atenção, mas a sinopse também não. Mesmo sua resenha me fazendo ter uma visão diferente da trama, não sei se me aventuraria na leitura não. Mas quem sabe um dia, né?!

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  18. Eu entendo esse negocio das sinopses já mostrarem mais do que deveria, só de ler ela e com mais algumas coisas que você citou acho que já sei qual é esse segredo que a Kayla tem. Fico feliz em ver que a autora procurou focar em outros elementos e não propriamente no segredo, isso aliado com uma narrativa fluida torna o livro muito bom de ser lido. Voltando ao tema, realmente é algo complexo e infelizmente tão comum hoje em dia né?
    Enfim, a história deve ser ótima e ainda deve servir bastante de alerta para todos nós mulheres. Gostei da dica e da resenha.

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  19. Gostei muito da premissa da obra. Acho muito pertinente a discussão sobre violência sexual. Curioso você dizer que a capa não chamou sua atenção, pois eu a achei muito bonita, embora transmita uma ideia de solidão. Gostei muito da sua resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  20. Oii Fer, tudo bem? Eu não conhecia esse livro! E olha, lendo a sinopse e vendo essa capa eu não me interessaria pela leitura, mas gostei muito da tua resenha e acho que irei sim dar uma chance, pois gosto de tramas que abordam violência sexual, pois é um tema extremamente pertinente, do qual deve ser falado o máximo possível.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. nossa, imagino o quão intensa deve ser essa leitura... gosto desse tipo de premissa, que me tire da zona de conforto e me deixe com um nó na garganta... certamente essa leitura vai fazer isso comigo... não conhecia a obra mas acabo de colocá-la em minha lista de desejados..
    Esse Selo da V&R tá com tudo...
    bjs...

    ResponderExcluir
  22. Oie
    parece ser uma boa leitura, que bom que foi bem fluente, gosto de livros assim e achei o enredo desse super interessante, vou anotar a dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo