23 de dezembro de 2016

Resenha: Macbeth - William Shakespeare, Galera Record

Informações do livro:
Título: Macbeth
Coleção Mangá Shakespeare
Título original: Manga Shakespeare: Macbeth
Autor: William Shakespeare
Editora: Galera Record
Grupo Editorial Record
Páginas: 216



Sinopse: Macbeth chega à coleção que combina o estilo do mangá japonês e Shakespeare. “Salve, Macbeth, que será rei!” Com esta enganadora profecia, três feiticeiras plantam a semente da ambição criminosa na alma do chefe guerreiro Macbeth. Incitado por Lady Macbeth, sua esposa, ele embarca numa orgia assassina contra velhos amigos e rivais, até a confrontação final, quando percebe, muito tarde, que as feiticeiras o iludiram. Nesta versão da narrativa shakespeariana de assassinato e sobrenatural, guerreiros samurais recuperam um mundo pós-atômico de mutantes.


Resenha: Confesso que li poucos mangás em minha vida, mas fiquei extremamente curiosa quanto a esse, especialmente por ser de uma história de William Shakespeare. Adorei poder conferir essa versão de Macbeth, mesmo porque os elementos são muito bem desenvolvidos nas cenas e em todas as suas características.

Não sabia muito o que esperar, mas me surpreeendi bastante com tudo. O leitor não se sente perdido porque há uma explicação bem clara sobre personagens e suas ações, especialmente por conta de todos os planejamentos. Claro que no começo demorei um pouquinho para me acostumar ao ritmo, mas depois foi bem tranquilo e igualmente ágil.

No futuro, pós-mutação nuclear, Macbeth é um grande chefe guerreiro e que tem o desejo intenso de se tornar rei. Infelizmente, três bruxas estão envolvidas em seu caminho, causando pensamentos bem distorcidos e muitas problemáticas sobre ele. "Salve, Macbeth, que será rei!" é algo que ele considera com muita intensidade.


Lady Macbeth se mantém ao seu lado para tentar lhe indicar caminhos mais seguros e com reflexões bem profundas. Ainda assim, ele se encontra bem perdido por conta disso, ainda mais por não conseguir diferenciar o certo do errado. É um personagem forte, mas a ilusão das bruxas acaba sendo bem tempestuosa.

Somos apresentados também a Duncan (senhor de todos os chefes guerreiros), e seus dois filhos: Donalbain e Malcolm, Banquo é outro chefe guerreiro leal ao rei Duncan, assim como seu filho Fleance. Enfim, vamos conhecendo outros chefes guerreiros, comandante e seus respectivos filhos, esposas.

As ilustrações estão sensacionais, e por mais que eu coloque algumas fotos da obra por aqui, só pegando nas mãos mesmo para se delicar com os detalhes e seus caprichos. E com certeza, tudo se torna mais divertido por conta disso e pelas irreverencias que cercam esse novo estilo de ambientação.

Classificação SEL: 4/5


15 comentários:

  1. Olá!
    Um verdadeiro clássico!
    Willian Sheakespeare tem obras fantásticas!
    Li algumas obras na época do colégio e me trouxe boas recordações.
    Gostei muito das suas considerações.
    Bjs.

    Camila de Moraes - Blog Book Obsession

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu nunca li um Mangá em minha vida, e nem sinto tanta vontade de ler por isso eu desconhecia esse livro da Galera, inclusive fiquei surpreso em saber que eles publicaram o gênero rsrs. Enfim, parece ser uma boa opção é caso tenha oportunidade eu leria. Adorei a resenha e ate mas ver.
    Bjk

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Esse livro foi uma ideia genial rsrs. Porém não leio mangás, primeiro nunca entendi kkk, mas já li alguns livros do Shakespeare, mas Macbeth nunca li, e inovar assim sempre é bom.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    O que mais me chamou a atenção nesse livro foram de fato as ilustrações, que parecem ser realmente maravilhosas e me fazem querer comprar a obra só por causa dela, até porque eu já conheço a história e adoro!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oiee Fê ^^
    Eu conheci um pouco sobre a história de "Macbeth" através de uma semana especial sobre o William na escola, mas não curti muito a obra...hehe' Então, quando vi a respeito deste mangá, não fiquei nem um pouco curiosa para conhecer, e ainda não estou muito. Mas fico feliz em saber que gostou :)
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  6. Não é de se admirar o porquê de você ter ficado interessada em ler esta versão, pois acho que qualquer um que goste de literatura ficaria. Eu já estou. Não conhecia o mangá, até porque também não tenho o costume de ler este gênero, mas vou anotar para procurar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ainda não tive nenhuma experiÊncia com Shakespeare por não ter muita vontade de ler uma peça. Mas acredito que nesse formato de HQ seja muito mais dinâmico e uma ótima iniciação. É uma idéia brilhante e esse clássico é bastante aclamado. Só não mais que Romeu e Julieta, claro, que espero que também tenha o hq.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Assim como você li poucos mangás na minha vida, mas esse acabei de ficar muito curiosa para ler. Não só por ser um clássico e ser Shakespeare, mas sim.por estar curiosa para saber como eles.conseguiram adaptar essa história de modo que ficasse factível como você apresentou. Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, não sou muito do gênero...

    Confesso que li pouquíssimos mangás e não sei se a tema desse me agradaria muito. Gostei da resenha, mas acredito que não vou querer ler.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Eu não gosto de ler mangás, já tentei, mas realmente não rolou. :(
    Gostei bastante dessa releitura, fiquei curiosa para ver mais como é dentro da obra, deve ser demais.
    No momento passo a dica, mas que bom que você curtiu.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Acho muito legal termos clássicos, como esse, em mangás, pois pode fazer as pessoas lerem e se encantarem.
    Ainda não li Macbeth e não leio muito mangá, como você, mas fiquei curiosa para conhecer essa obra, principalmente, por você ter dito que as ilustrações estão sensacionais.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. Oi Fê, tudo bem? Eu nunca li nada de Shakespeare a não ser trechos de seus textos pois é uma leitura muito complexa e como a maioria é escrita em forma de roteiro sempre acabei procrastinando e deixando a leitura de lado. Achei esse mangá muito interessante ainda mais para quem quer conhecer as histórias do autor em uma linguagem mais formal.
    Com certeza a dica está anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Eu adorei essa nova edição do clássico de William, é incrível como as coisas podem se inovar. Um HQ feito de uma forma tão intensa e com ilustrações bem trabalhadas instiga qualquer leitor, e é uma nova forma de divulgar clássicos.

    ResponderExcluir
  14. Oi querida, como está?
    Eu conheço Shakespeare muito bem obrigada e ADORO as obras dele!
    Uma versão futurista pós apocalíptica de Macbeth em mangá? Gente, isso é tremendamente inusitado e absolutamente surreal. Além de maravilhoso, óbvio, já que os quadrinhos japoneses são estupendos na maior parte do tempo!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oie, que legal esses mangás adaptando as histórias famosas, nunca li shakespeare e muita gente nem o conhece então os mangás são uma forma mais interessante e divertida das pessoas terem contato com ao menos um pouco, mesmo que a história não seja parecida.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo