18 de maio de 2017

Resenha: Em águas sombrias - Paula Hawkins, Editora Record

Informações do livro:
Título: Em águas sombrias
Título original: Into the Water
Autor: Paula Hawkins
Editora: Record
Páginas: 420



Sinopse: Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás. Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos… Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.


Resenha: "Em águas sombrias" me conquistou inicialmente pela capa maravilhosa, mas também por conta de ser mais uma obra de Paula Hawkins, autora de A garota no trem, ao qual eu também li e adorei. Claro que a sinopse já se mosra extremamente intrigante, mas só lendo mesmo para poder todos os elementos desenvolvidos nas cenas.

Aparentemente, Nel Abbott se matou no rio da cidade, porém sua irmã Jules acredita que ela não faria isso. E agora, Jules voltar para cuidar de Lena, filha de Nel.  Na verdade, os receios em voltar são enormes, e tudo se mostra esranho, doloroso e complicado demais, a começar pelo nome do rio, conhecido como "o poço dos afogamentos". 

Confesso que não tinha nem noção do que estava acontecendo nas primeiras páginas, a não ser pelo fato de terem encontrado uma mulher que "aparentemente" se jogou em um rio. A gente sabe que tem muito mais por trás disso e é justamente por isso que questionamentos é o que não faltam desde as primeiras páginas. 




Todos os elementos inseridos são bem explorados sobre esse mistério, assim como as sensações de angústia, desentendimento e complexidade no decorrer das cenas. É um misto de emoções diante de todos os personagens apresentados que fica até difícil comentar a respeito. E quanto a isso, poderia dizer que se torna um tanto assustador, mas a curiosidade sobre o desfecho é bem maior afinal de contas.

A narrativa é alternada entre os tantos personagens, e achei isso um detalhe fantástico (e extremamente necessário), em especial para uma melhor compreensão dos fatos. Também é interessante poder acompanhar o texto em primeira pessoa e em terceira pessoa em outro momento. 

Como esperado, a narrativa não consegue explorar todos os personagens, mas apenas aqueles onde a conexão se mostra mais perceptível. Claro que o leitor pode até demorar um pouco para se acostumar com o cenário, mas com o desenvolvimento, é possível perceber as ligações e como cada parte se mostra essencial nesse contexto.

Classificação SEL: 4/5


9 comentários:

  1. Oi Fê!
    Tinha visto a capa, mas ainda não tive a oportunidade de ler. A Garota no Trem também está na lista e imagino que Em Águas Sombrias deve estar fenomenal mesmo. Espero poder estar lendo em breve e poder dizer o que achei do enredo. Adorei a resenha!
    Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Sempre tive interesse nos livros da autora, mas ainda não tive oportunidade de conferir nenhum. Que ótimo saber que este livro é intrigante e a história deixa o leitor cheio de questionamentos logo no início. Adorei a resenha!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    A capa também me conquistou. Está mesmo linda!
    Ainda não li o Garota no trem, mas já li alguns bons comentários sobre a escrita da autora.
    Gostei do tipo de mistura da narração entre 3ª e 1ª pessoa e a narração de todos os personagens. Isso dá pra ter uma noção do ponto de vista de cada um e do que realmente aconteceu.
    Ótima indicação.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Fernanda

    Eu amei esse livro. Eu comecei a ler assim que ele chegou tamanha era minha ansiedade. Gostei muito do que li e gostei do fato dele ser tão diferente de A Garota no Trem. Agora estou ansiosa para encontrar a Paula na Bienal!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Fê!
    Estou louca para ler esse livro!
    Já li "A Garota no Trem" da autora e claro que quero ler esse logo.
    A Paula realmente explora mais aqueles que vão ser relevantes para a história. Isso eu adoro!!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, preciso dizer que já vi muita gente falando acerca desse livro e sempre surge aquela curiosidade: o que será que realmente aconteceu? Eu, particularmente, não gosto muito quando tem muitos personagens narrando, acaba que eu me perco e não consegue me dar aquela profundidade com o personagem que eu gosto de sentir. Mas gostei de saber que é em primeira pessoa (mesmo tendo parte em terceira) porque eu não sou muito fã quando a narrativa não é assim. Definitivamente é um livro que eu tenho interesse em ler, mas como ainda nem li A Garota no Trem, vou tentar ler ele primeiro e depois ler esse! Parabéns pela resenha.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da leitura do livro anterior, "A garota do trem" mas ele não conseguiu deixar sua marca apesar de ter gostando bastante da história. Quero muito ler esse livro, e pela sua resenha, ele está cheio de elementos que podem deixar realmente a história sombria e envolvente,o único problema é a falta de desenvolvimento em alguns personagens, não sei até que oi do isso vai afetar a trama.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  8. Oie...
    Adorei sua resenha!
    Desde que li A GAROTA NO TREM tenho uma paixão incalculável por essa autora! Acho suas histórias super bem construídas e essa visão de mais personagens deixa a leitura ainda mais agradável.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Para ser sincera eu não me atraí nesse livro, achei tudo meio confuso, mas fico feliz que no fim você gostou e ele lhe agradou. Gostei muito da sua resenha e de conferir seu ponto de vista, mas não lerei ele.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo