12 de maio de 2017

Resenha: Ligeiramente perigosos - Mary Balogh, Editora Arqueiro

Informações do livro:
Título: Ligeiramente perigosos
Os Bedwyns #6
Título original: Slightly Dangerous
(Bedwyn Saga #6)
Autor: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Páginas: 304



Sinopse: Aos 35 anos, Wulfric Bedwyn, o recluso e frio duque de Bewcastle, está ávido por encontrar uma nova amante. Quando chega a Londres, os boatos que correm são os de que ele é tão reservado que nem a maior beldade seria capaz de capturar sua atenção. Durante o evento social mais badalado da temporada, uma dama desperta seu interesse: a única que não tinha essa intenção. Christine é impulsiva, independente e altiva – uma mulher totalmente inadequada para se tornar a companheira de um duque. Ao mesmo tempo, é linda e muito, muito atraente. Mas ela rejeita os galanteios de todos os pretendentes, pois ainda sofre para superar as circunstâncias pavorosas da perda do marido. No entanto, quando o lobo solitário do clã Bedwyn jura seduzi-la, alguma coisa estranha e maravilhosa acontece. Enquanto a atração dela pelo sisudo duque começa a se revelar irresistível, Wulfric descobre que, ao contrário do que sempre pensou, pode ser capaz de deixar o coração ditar o rumo de sua vida. Em Ligeiramente Perigosos, o sexto e último livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh conclui a saga desta encantadora família em uma trama repleta de cenas sensuais, tiradas espirituosas e personagens à frente de seu tempo. Ao unir um homem e uma mulher tão diferentes, ela mostra que o resultado só poderia ser um par perfeito.


Leia também:
Os Bedwyn #1 - Ligeiramente casados - Mary Balogh (Editora Arqueiro)
Os Bedwyn #2 - Ligeiramente maliciosos - Mary Balogh (Editora Arqueiro)
Os Bedwyn #3 - Ligeiramente escandalosos - Mary Balogh (Editora Arqueiro)
Os Bedwyn #4 - Ligeiramente seduzidos - Mary Balogh (Editora Arqueiro)
Os Bedwyn #5 - Ligeiramente pecaminosos - Mary Balogh (Editora Arqueiro)


Resenha: "Ligeiramente perigosos" apresenta mais uma obra apaixonante escrita por Mary Balogh. Como fã de romances de época e já conhecendo a escrita da autora, não poderia estar cheia de expectativas, e ao final da leitura fiquei ainda mais feliz por ter me surpreendido bem mais do que o esperado.

Adorei poder conferir as interações de personagens tão distintos, pelo menos é o que poderíamos compreender em um primeiro momento. Christine não queria chamar a atenção de Wulfric Bedwyn, mas foi impossível, já que ela se mostra tão intensa aos olhos dele. Aos olhos dos leitores, não poderia ser mais desengonçada também. 

Ela é muito engraçada, isso não se pode negar, e a autora soube muito bem como explorar suas características, visto que dá um diferencial enorme diante da vida de Wulfric. Ele, que sempre se mostrou tão contido, consegue apresentar novos traços de suas personalidades e só isso já é simplesmente incrível.


Na verdade, Wulfric sempre se mostrou um enigma diante de toda sua falta de sentimentos (pelo menos é o que sempre transmitiu), mesmo porque não queria que sua vida fosse de conhecimento público, mas a atração se mostra bem mais forte. E como esperado, é uma relação incrível, com altos e baixos bem explorados e grandes emoçõs nesse caminho. 

Por falar em caminho, impossível não se surpreender com algumas atitudes e ainda torcer desesperadamente para que tudo possa dar certo no final. Como já citei acima, o casal possui muitas diferenças mesmo, mas acredito que isso é o principal destaque, já que um complementa o outro em vários aspectos.

Eu sempre quis muito ler a respeito de Wulfric, por isso fiquei extremamente empolgada com esse volume em especial. E, com certeza, é uma leitura que vale muito a pena, assim como os outros títulos da autora. Mary Balogh sabe muito bem como explorar um verdadeiro romance de época diante de todas as suas peculiaridades!

Classificação SEL: 4/5


4 comentários:

  1. Oi Fê,
    Não acompanhei essa série, mas sempre nos eventos de romance de época da Arqueiro ela é citada.
    Olha apesar de não lembrar muito bem dos outros livros, por sua resenha já vi que vou ficar louquinha pelo Wulfric. Ele tem todas as característica que gosto nos mocinho desse gênero.
    E Christine sendo engraçada, outra coisa que gosto muito, já vi que é capaz do livro ser favoritado.
    Agora que começar mais do que nunca essa série.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Estou doida pra furar a fila com o meu livro desse, desde o primeiro livro sempre quis saber como seria quando o tão temível Wulf se apaixonasse, e pelo jeito a história desse livro não perde em nada para os outros da série no quesito apaixonante.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu não conheço a história dessa série, então não conheço o Wulfric, mas pela sua resenha eu pude ver que é um personagem que todos tinham curiosidade em saber um pouco mais. Tenho muita vontade de ler essa série, espero que consiga em breve!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Curto romances de época, mas nunca acompanhei nenhuma série, conheço a série, mas nunca li, seria uma série que gostaria de adquirir.

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo