23 de junho de 2017

Resenha: Caçador em fuga - George R. R. Martin - Gardner Dozois - Daniel Abraham, Editora Leya

Informações do livro:
Título: Caçador em fuga
Sobreviver é a única lei
Título original: George R. R. Martin, 
Gardner Dozois, Daniel Abraham
Autor: Hunter's Run
Editora: Leya
Páginas: 304



Sinopse: Ao despertar num lugar escuro, Ramón Espejo não se lembra de como foi parar ali. Logo ele descobre que é refém de uma raça alienígena e que, para recuperar sua liberdade, será forçado a ajudá-los a encontrar outro humano como ele – um fugitivo. Quando a caçada começa, no entanto, Ramón recupera algumas lembranças: a miséria e as péssimas condições de trabalho e de vida no México; a decifsão de deixar a Terra e explorar um novo planeta-colônia, São Paulo; o sonho de encontrar metais valiosos e enriquecer; o desejo de uma nova chance. Agora, envolvido numa estranha perseguição nesse mundo hostil e imprevisível, Ramón precisa encontrar uma maneira de escapar de seus captores... e depois, de alguma forma, sobreviver. No entanto, à medida que suas memórias se fortalecem, Ramón descobre que seu pior inimigo pode ser ele mesmo. Caçador em fuga, publicação que faz parte do selo LeYa/Omelete, é uma história criada a seis mãos que levou quase trinta anos para ser escrita. O resultado é uma aventura de ficção científica que cria mundos e espécies diferentes com detalhes fascinantes, analisando a humanidade em seus piores e melhores momentos por meio de um personagem politicamente incorreto, atrapalhado e carismático.



Resenha: "Caçador em fuga" desperta muitas emoções conflituosas ao leitor, especialmente porque você não tem ideia do que pode acontecer, e isso acaba te deixando um tanto receoso sobre as escolhas dos personagens. Digo isso porque foi realmente como me senti ao fazer essa leitura. A obra é escrita por George R. R. Martin, Gardner Dozois e Daniel Abraham

O personagem Ramón Espejo tem um temperamento bem forte, e após passar por algumas ações impensadas, acaba se metendo com uma raça alienígena. Estes acabam utilizando-o para encontrar um fugitivo, e as coisas só tendem a piorar a partir dai. Por isso, as perseguições precisam ser bem planejadas, pois qualquer erro pode ter grandes consequências.

Outro ponto que se destaca é o modo como tudo se desenvolve, e de forma extremamente intensa por sinal, não há como negar todas as interações e suas profundidades.. Digo que não é uma leitura rápida, mas isso não quer dizer que não seja arrastada, mesmo porque há muita ação envolvida e deixa o leitor sob alerta o tempo todo.



As descrições são muito bem expressas, o que facilita a compreensão das cenas e do contexto de forma geral. Preciso confessar que fiquei muito surpresa por conta dos elementos da ficção científica.Esse gênero desperta muita curiosidade e nesse caso, o que se destaca mesmo são os pontos inusitados. Como já comentei acima: você não sabe mesmo o que vem a seguir, por isso sempre surge uma boa dose de tensão.

Confesso que, antes de receber a obra, não tinha lido nada a respeito, por isso comecei a ler sem grandes expectativas. Demorei um pouco para me habituar nesta ambientação também, porém o que não falta são informações e isso valoriza ainda mais a história e seus principais destaques, surpresas e reviravoltas.

Os seres (não os humanos) se tornam sombrios a cada aparição, visto que não é apenas um, mas de vários estilos, e isso é um diferencial e tanto, apesar de que poderia ser esperado. Nesse percurso, é fácil perceber também críticas perante a sociedade atual, por mais que esteja nas entrelinhas, fica claro a intenção dos autores.

Classificação SEL: 4/5


12 comentários:

  1. Olá!
    Não conhecia o livro, e sinceramente não sei se leria. Gostei das descrições serem bem feitas, mas Ficção Científica não faz o meu gênero favorito, li alguns e até me fisgou, mas não são leituras maravilhosas. Contudo, gostei do livro ter aquela sensação de não saber o que vem a seguir, e fica aquele suspense que é bom de acompanhar. Gostei também que há algumas críticas.
    Quem sabe um dia eu leia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, só conheço a narrativa do autor pela série Guerra dos Tronos. E ainda tem dois autores que ainda não conheço, mas fiquei curiosa para conferir.
    Vou anotar essa dica!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  3. Oi. :)
    Gostei da premissa, ainda mais pq tem os dedinhos maldosos de George R.R. Martin. GOT é vida. <3
    Quero ter a oportunidade de ler, pois apesar de não curti muito esse lance de alienígena, fiquei curiosa.
    Parabéns pela resenha, ficou ótima.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu amo ficção cientifica e é sempre bom poder conhecer mais histórias do gênero. Essa em particular me chamou muita atenção, justamente por causa dessa coisa de ter vários estilos de seres, acho que isso valoriza muito uma história, fora a inteligencia do autor ao descrever as cenas, fica tudo mais prazeroso. Quando eu entro em um mundo novo, sem conhecer nada, particularmente, acho muito mais legal e sempre acabo me iterando muito mais com a história, mas te entendo quando diz que demorou para se habituar com ambientação, novos mundos, com elementos diferentes requer muita introdução e de inicio acaba sendo algo meio chato. Eu vou colocar esse livro na minha lista, espero gostar!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  5. Olá Fê,
    Ainda não li esse livro, mas tenho vontade por conta dos autores. Gostei do que você disse da trama e ter se surpreendido com ela. Acho legal quando isso acontece. É muito bacana as cenas terem sido expressas, gosto muito disso.
    Vou super anotar a dica, pois sua resenha está incrível.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Confesso que não sou muito fã de alienígenas. Tenho até um pouco de medo e um receio, de certa forma, por achar que eles são muito inteligentes.
    Por ser um livro cheio de "detalhes" e descrições, não é um livro que me atrai. Acho essas descrições bastante cansativas(custei a ler o Senhor dos anéis por isso). Mas enfim, não é uma leitura que eu gostaria de fazer no momento. Mesmo tendo uma nota boa e a resenha sendo boa.
    O que mais chamou a minha atenção nessa obra, foi o fato de ter uma crítica a sociedade atual. Gosto bastante disso.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Fê

    Eu não conhecia o livro e dentre os autores só conhecia o titio George. Gosto quando as obras trazem críticas sociais, mas esses aspectos de ficção científica que você mencionou me deixam um pouquinho com o pé atrás, porque não curto o gênero. E para te falar bem a verdade esse enredo não chamou minha atenção, então acho que não lerei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu amo a escrita do Martin e saber que tem um sci-fi escrito por ele me deixou muito feliz!
    Sei que quanto a qualidade de narração eu não irei me decepcionar.
    A premissa me chamou atenção, pois gosto dessa abordagem de alienígena e parece que tem conflitos psicológicos também.
    Quero para ontem!
    Parabéns pela resenha e obrigada pela dica ^^

    ResponderExcluir
  9. Oiii fer.sou viciada nos livros de
    George R.R. Martin
    Ele tem um dom para escrever fora do normal!
    A premissa deste livro me chamou muito atenção .ele está em minha lista e compras desta semana.
    Ficção científica nunca foi um gênero q gostei muito.mas este me conquistou demais.que bom que conseguiu te surpreender positivamente .os outros autores ainda não conheço,mas vou procurar livros deles

    ResponderExcluir
  10. Acho muito interessante quando lemos um livro sem saber nada e por conseguinte, sem esperar nada também. Achei interessante a questão da crítica da sociedade e fiquei curiosa pra ler.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Confesso que o livro não me chamou atenção porque não curto esse tipo de leitura. Vejo muitas pessoas falar bem desse autor e para quem curte o gênero deve ser uma leitura prazerosa. Gostei muito da forma que você descreveu livro e vou dar essa dica para amigos que curtem o gênero.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem? Que enredo mais interessante. Conforme fui lendo senti um pouco da emoção ao assistir Resident Evil. Não pela história em si mas pela velocidade, por ser ficção científica e pela aventura. Ainda não conhecia o título mas gostei da indicação. Ótima resenha. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo