20 de junho de 2017

Resenha: Solaris - Stanislaw Lem, Editora Aleph

Informações do livro:
Título: Solaris
Título original: Solaris
Autor: Stanislaw Lem
Editora: Aleph
Páginas: 320



Sinopse: Quando o psicólogo Kris Kelvin chega em Solaris para estudar o oceano vivo – e possivelmente inteligente – que cobre a superfície do planeta, ele encontra colegas de trabalho hostis e amedrontados. Logo Kelvin descobre que esses respeitados cientistas estão sendo perturbados por estranhas aparições, que também começam a afetar sua própria percepção. O que ele vê são suas memórias mais obscuras e reprimidas, materializadas por obra de alguma misteriosa força atuante no planeta. Publicado pela primeira vez em 1961, este clássico da ficção científica, aqui traduzido diretamente do polonês, ganhou três adaptações cinematográficas, sendo que a versão dirigida por Andrei Tarkovsky em 1972, recebeu o Grand Prix no Festival de Cannes.


Resenha: "Solaris", de Stanislaw Lem, é mais uma obra clássica de ficção científica, publicada pela Editora AlephPor falar em editora, ela está de parabéns pela excelente digramação pelo livro, como por exemplo: capa dura e borda inferior das páginas em tom amarelo. Claro que, fora isso, um dos pontos que mais chama a atenção é o quesito exploração, que já se torna bem evidente logo pela sinopse.

Como fã do gênero, estava bem ansiosa para conferir, e devo admitir que a obra me supreendeu bastante por conta dos elementos descritos e pelo lado investigativo, além de todas as sensações repletas de receios e momentos duvidosos. O desconhecido acaba se tornando atraente demais, mas também sabe demonstrar todo o seu lado assustador.

O planeta Solaris é cercado de situações conturbadas, ainda mais porque mexe com os pensamentos de quem permancece ali. Infelizmente, as consequências acabam sendo bem mais intensas do que o esperado, causando certo sofrimento por não saber o que é real e o que é apenas fruto de uma imaginação doente.


O livro é narrado por Kris Kelvin, e este personagem tenta, a todo custo, encontrar as soluções e os motivos para o caos ao seu redor. Por ser psicólogo, poderia ter como resolver de uma maneira mais tranquila, mas não demora muito para, até ele perceber, que nem tudo é como realmente parece. Kris também tem pensamentos marcados por perdas, assim como outros, mas sabe que não pode se deixar levar por esses dramas.

Um dos destaques segue por conta das características de Solaris. As explicações se mostram  muito realistas (assim como as aparições), apesar de toda a ficção envolvida. Se torna ainda mais incrível por convencer o leitor dessa ambientação e de tudo que a sustenta. Vale a pena conferir as apresentações e o modo como tudo é exposto, em especial por não se tornar nem um pouco cansativo ou com muitos detalhes. 

É uma leitura bem intrigante, complexa e densa, assim como consegue trabalhar bem com as críticas nas entrelinhas. Questionamentos é o que não faltam nessa trajetória. Nos faz pensar sobre o limite das pessoas, sobre planetas e os supostos habitantes, sobre as verdades aos quais acreditamos e pelo desconhecido, dentre outros casos extremamente curiosos. É, sem dúvidas, um infinito de possibilidades e mistérios.

Classificação SEL: 4/5

10 comentários:

  1. Oi Fê,
    a leitura realmente me pareceu densa, eu acabei não me interessando pela premissa e estou no clima de umas leituras mais light e não tão densos, essa dica eu vou deixar passar até porque não faz muito meu gênero mesmo. Só leria se por acaso eu o ganhasse ou algo do tipo, mas comprar em não comprarei até porque estou cobrindo um santo e descobrindo outro e preciso escolher muito bem os livros que vou comprar hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa obra. Mas depois de sua resenha fiquei curiosa, embora eu não leia muito ficção científica. Leio de tudo, mas ficção científica é um dos gêneros que menos leio. Ainda assim, vou procurar essa obra. Será que ela tem em e-book já? Ah,tomara que sim! Ultimamente tá sendo mais prático para mim, vou dar uma olhada na Amazon. Agradeço pela dica, bexitus!

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa quanto as características que constroem este universo. Como você disse na resenha, isso faz a diferença e acho que é o que mais amaria na obra.
    Adorei a dica
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi. :)
    Ficção cientifica, guerra, terror são gêneros que não me desperta a curiosidade, eu meio que saio correndo pq não consigo sair do lugar na leitura.
    A premissa parece ser interessante, mas vou deixar passar a dica.
    Parabéns pela resenha flor.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bom?

    Já tinha visto umas fotos do livro, só não conhecia a história. Não leio tanto ficção científica mas esse livro me chamou bastante atenção já que quero me aprofundar mais no gênero. Realmente pela sinopse da para imaginar um livro mais denso mas mesmo assim não me intimida, quero arriscar na leitura, conhecer Solaris e todo esse caos.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  6. Eu prefiro ficção científica nos filmes. Raramente leio livros com essa temática, embora eu tenha me interessado muito pelo livro pela maneira especial que você escreveu sobre ele.
    Gosto de histórias intensas e criativas como essa.
    Parabéns pela resenha super bem escrita.
    Amei!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha visto esse livro e confesso que quase nunca leio ficção científica, mas fiquei apaixonada na diagramação desse livro kkkk Sobre a história em si, eu fiquei bem curiosa com seus comentários, parece ser uma obra envolvente mesmo e apesar de eu não ser lá fã de histórias com lados investigativos, eu fiquei animada com essa. Além disso, eu gostei de saber que as explicações são realistas e que nada se torna cansativo.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  8. OOi!
    Não conhecia o livro, e confesso que não chamou minha atenção. Por conta do gênero mesmo, e pela premissa. São poucos os livros complexos que conseguem me encantar, por conta disso, acabo não arriscando muito. Ainda assim, se tiver um dia a oportunidade de lê-lo, lembrarei da indicação e o lerei. :)

    ResponderExcluir
  9. Oii Fê, tudo bem? Amei sua resenha e saber mais sobre esse livro, que tem me chamado tanta atenção. Ficção científica não chega a ser meu gênero favorito, mas adoro e sempre estou em busca de novidades. Com certeza lerei Solaris! :D Ansiosa para saber mais sobre esse planeta tão complexo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Amei a sua resenha desse livro, por mais que eu não curta muito o gênero sci-fi achei a temática muito interessante e o fato do autor ser um mestre do gênero deixa tudo ainda melhor, por saber construir bem o enredo.
    A edição está perfeita também, a editora é muito boa no que faz

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo