24 de julho de 2017

Resenha: Time humanos - Justine Larbalestier, Sarah Rees Brennan - Galera Record

Informações do livro:
Título: Time humanos
Título original: Team Humans
Autor: Justine Larbalestier, Sarah Rees Brennan
Editora: Galera Record
Páginas: 352



Sinopse: A história ideal para quem ama ou odeia livros de vampiros. Mel nunca gostou de vampiros. A ideia de se transformar em alguém que não está nem vivo, nem morto lhe dá calafrios. Vampiros perdem a capacidade de sorrir, param de ter sentimentos.... Isso sem falar que durante a transformação, se as coisas derem errado, você se torna um zumbi. E aí eles matam você. É um risco grande demais! Quando a melhor amiga de Mel, Cathy, e Francis Duvaney se apaixonam, a garota fica apavorada. Francis é arrogante, formal, metido a esperto e esplêndido demais. Ora, vivo aquele vampiro não está. E quando começa a suspeitar de que Francis está usando Cathy num plano que não tem nada a ver com amor, Mel passa a dedicar seus dias a desvendar a verdade por trás do vampiro, a fazer sua amiga enxergar que aquele é um amor sem futuro, sem jeito, abominável..., mas talvez, quem sabe, ela esteja sendo um pouco preconceituosa...


Resenha: "Time humanos" de Justine Larbalestier e Sarah Rees Brennan, apresenta uma leitura divertida e que faz o leitor pensar sobre diferentes ângulos, o que eu particularmente achei genial. De fato, é bem legal acompanhar as características dessa ambientação, por mais que não seja aquela obra intensa e que te envolve por inteiro, com várias surpresas, reviravoltas e afins (não tem isso mesmo!). Se bem que tem uma parcela de enigmas, o que vale a pena considerar.

Entretanto, confesso que fiquei meio dividida antes de iniciar essa leitura, sendo que eu não curto histórias com vampiros, na verdade, estou bem cansada dessa temática. O que me motivou um pouco foi a seguinte frase: "A história ideal para quem ama ou odeia livros de vampiros". Não justifica tanto, mas fiquei curiosa sobre tal desenvolvimento.

A ordem natural é que vampiros e humanos não sejam muito próximos uns aos outros, pelo menos é o que a gente percebe quando lê obras semelhantes. Nesse enredo, a narrativa consegue explorar novos aspectos de interação, o que pode deixar o leitor repleto de questionamentos caso alguma coisa não saia como o planejado, ou se existe mesmo alguma tarefa maldosa diante de uma das partes. É um pouco complicado, mas nem tanto quando a gente começa a conhecer melhor a história.


Mel é bem questionadora sobre as relações que envolvem esses dois seres tão diferentes, e ela tem justificativa para seus pensamentos, pelo menos é o que tem certeza. E isso quer dizer que ela também se mostra bem insegura, fazendo com que não confie em nada ao seu redor, e isso quer dizer que sentimentos podem não ser verdadeiros. Ela só precisa compreender melhor os mistérios que a cercam, assim como as pessoas ao seu redor.

Infelizmente, Mel não me agradou nem um pouco, talvéz porque ela queria forçar muito a barra e ficou irritante na maioria das vezes. Mas fora isso, há outros personagens que eu realmente adorei, como Francis e Cathy. É mais do que esperado que essas personalidades se enfrentem por falta de entendimento do que cada um deseja para si. Como gosto de pensar, há lições a respeito dos vínculos emotivos, preocupações demasiadas, entre dúvidas a serem debatidas.

Enfim, não tinha expectativas e nem sabia ao certo o que esperar, o que facilitou nas minhas impressões. Não foi uma leitura ruim, pelo contrário e acredito que pode ser muito bem recomendada aos que desejam conhecer uma história leve, com partes divertidas e personagens distintos, e claro, para quem curte os vampiros em especial.

Classificação SEL: 3/5


11 comentários:

  1. Bom dia!
    Livros divertidos são sempre bem-vindos, mas é mesmo chato quando alguns dos personagens não nos conquistam tanto.
    Eu gosto de histórias de vampiros de vez em quando, então quem sabe eu aposte nessa.
    Abraços.

    Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Oi Fê
    Confesso que tinha ficado interessada nesse livro, mas estava aguardando uma resenha para ver se valeria a pena ler.
    Gostei das suas sinceras impressões e percebi que não vou arriscar a leitura agora. De toda forma, adorei a dica.
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fernanda!
    Também não curto muito livros com vampiros e esse, sinceramente, não me chamou a atenção. Acho que a protagonista não me conquistou.
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bom?
    Amo livros divertidos assim e faz tempo que não leio algo sobre vampiros, então me interessei bastante pela obra! A capa por si só é linda e já coloquei na minha lista de desejos <3

    ResponderExcluir
  5. Oi, Fê!
    Não conhecia o livro e até gosto de vampiros, mas confesso que o tema já está bem batido. Não tenho paciência para protagonistas irritantes então dificilmente o livro me agradaria. Mesmo assim, adorei a resenha! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  6. Oi, Fernanda!
    Conheço o trabalho da Justine Larbalestier, mas acho que nunca tinha visto esse livro! Fiquei bastante curiosa porque você disse que a trama é divertida e genial, e por tratar de vampiros, parece ralmente interessante. Ultimamente tenho acho as leituras sem expectativa mais produtivas do que as que espero muito, sabe? Vai entender, né? haha Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Estou com esse livro aqui pra ler e confesso que não estou com muitas expectativas, portanto, é bem provável que eu goste porque você sabe o que acontece com expectativas altas, né? Rsrsrs...
    Gostei de seus comentários e acho que vou partilhar da mesma opinião que você <3
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. oie, não parece muito o tipo de livro que eu gostaria, mas gostei de saber que para você foi uma leitura leve e parece de certa forma diferente, por trazer essa interação entre humanos e vampiros. É uma pena que a personagem seja assim, meio irritante.

    ResponderExcluir
  9. Olá Fê,
    Ainda não conhecia esse livro, mas não fiquei interessada em fazer a leitura, não, pois o livro parece ser mediado e com personagens que não me convenceram muito. Não consigo me imaginar lendo um livro com uma personagem que não convence.
    Vou passar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu adoro histórias de vampiros e quando vi esse lançamento fiquei bastante empolgada pra poder ler.
    Uma pena que ele não te prendeu muito, mas confesso que uma personagem que força a barra e se torna irritante também não me prenderia

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Adoro conhecer histórias que envolvam vampiros pois é um dos seres sobrenaturais que mais gosto. Uma pena você não ter gostado tanto da personagem. Adorei a sua opinião.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo