15 de agosto de 2017

Resenha: O vespeiro - Kenneth Oppel, Galera Júnior

Informações do livro:
Título: O vespeiro
Título original: The Nest
Autor: Kenneth Oppel
Editora: Galera Junior
Páginas: 240



Sinopse: O celebrado autor Kenneth Oppel cria uma obra-prima que explora a diversidade e as deficiências, os medos e os sonhos e o que realmente une uma família. Algumas crianças veem o verão como um tempo de alegria e brincadeiras. Mas para Steve é apenas mais um período de preocupação e ansiedade. Seu irmão recém-nascido está lutando pela vida... E ninguém sabe se ele conseguirá vencer essa batalha. Como seus pais ficarão se o pior acontecer? Além de tudo, ainda há um vespeiro no telhado de sua casa... Ele é alérgico! Quando uma vespa-rainha invade seus sonhos com uma solução para todos os problemas, Steve acha que tudo se resolverá, ele só precisa dizer sim. Mas sim é uma palavra muito poderosa... Será possível voltar atrás?


Resenha: "O vespeiro", de Kenneth Oppel, apresenta uma trama muito instigante, ainda mais por se tratar de um livro juvenil e ainda por ser tão bem desenvolvido. O leitor consegue compreender bem todas as intenções e consequências da ambientação, bem como dos personagens, fazendo com que todos os elementos sejam explorados na medida certa.

O livro possui uma intensidade incrível, ao qual, preciso confessar que, não estava esperando. Steve é o protagonista, mas há muito mais em jogo do que seus próprios receios. Na verdade, a maior preocupação segue mesmo pela luta da sobrevivência de seu irmão, que ainda é apenas um bebê. É um fato extremamente assustador para toda a sua família, além de ser muito desgastante em vários sentidos.

Em paralelo, surge a menção de um vespeiro acima de sua casa. Isso não seria um problema se Steve não fosse alérgico e também não fosse picado por uma vespa. A loucura está prestes a começar e até o leitor tende a se sentir apreensivo diante de algumas ações que podem parecer muito impensadas. Também há a questão de saber o que é real e o que não é dentro dessas páginas.



Então acontece algo inusitado: em sonhos, a vespa-rainha lhe oferece uma solução que poderia mudar tudo e fazer com que as coisas fiquem melhores, pelo menos em relação ao bebê que esta tão fragilizado. É algo complicado, e que requer alguns questionamentos também, visto que nada parece ser muito confiável. As vezes um SIM não passa muita segurança, por mais que tudo indique que sim.

Steve é um garoto um tanto complicado, o que pode confundir ainda mais a nossa cabeça. Mas, particularmente, preciso comentar que suas características são muito bem conectadas com a história em si. Ele não parece um garoto perdido, mas precisa muito explorar mais as suas percepções sobra as suas experiências e os mistérios que aos poucos são revelados.

Eu fiquei encantada por essa leitura, seja pelo tom de delicadeza diante das complicações familiares ou pela parte mais dinâmica que se refere-se ao estado de Steve e suas decisões. E é assim que nós nos sentimos tão envolvidos nessa narrativa, ao ponto de imaginar o que seria possível nesse contexto. É como se a proposta revelada nos sonhos fosse intencional para adivinhar as reais exposições dos personagens.

Classificação SEL: 4/5


2 comentários:

  1. Oi :) É a primeira resenha que leio desse livro e eu fiquei bem curiosa diante dessa premissa, e gostei muito de ler suas impressões sobre ele. A capa não me pareceu tão convidativa, mas quero saber mais a respeito de Steve, seus sonhos, e afins. Obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  2. Não tinha lido nada sobre esse livro, mas deve ser mais jovial né, pelo que pude compreender. Achei interessante sobre os sonhos e a vespa e os questionamentos a respeito. Obrigada pela dica :)

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo