13 de setembro de 2017

Resenha: A história de Malikah - Marina Carvalho, Globo Alt

Informações do livro:
Título: A história de Malikah
O amor nos tempos do ouro #2
Autor: Marina Carvalho
Editora: Globo Alt
Páginas: 336



Sinopse: Malikah conheceu muito cedo toda a crueldade de que o ser humano é capaz. Escravizada e trazida ainda criança da África ao Brasil, sofreu as mais diversas formas de violência, especialmente depois de ter engravidado de Henrique, o filho do dono da fazenda onde trabalhava. Mesmo sendo resultado de uma relação de amor, estar grávida de um de seus senhores era uma afronta aos homens da casa-grande, por isso Malikah foi duramente castigada e quase morta. Malikah e seu bebê, Hasan, só conseguiram escapar com a ajuda de Cécile e Fernão, que lhes deram abrigo na Quinta Dona Regina, um lugar novo onde todos, brancos e negros, poderiam viver em liberdade. Porém, mesmo com a relutância de Malikah, Henrique continua por perto, arrependido por não ter protegido sua amada e tentando se aproximar de Hasan. Mas como um homem que foi ensinado a cometer tantas atrocidades poderá dar a uma criança o amor incondicional? Apesar de Malikah ainda sentir algo por ele, é possível perdoar alguém que representa para ela tantos anos de injustiça e sofrimento?


Leia também:
O amor nos tempos do ouro - Marina Carvalho, Globo Alt


Resenha: Antes de qualquer outro comentário, preciso iniciar afirmando que não tem como não se apaixonar por uma obra escrita pela autora Marina Carvalho, e é claro que não seria nem um pouco diferente em A história de Malikah, segundo título da série O amor nos tempos do ouro. Eu não poderia estar mais empolgada, ainda mais por se tratar de um enredo tão sagaz e ao mesmo tempo delicado. 

Malikah é extremamente forte, o que torna a leitura ainda mais motivadora, já que o leitor se sente cada vez mais curioso a respeito das mudanças desenvolvidas ao longo das cenas, e não há dúvidas de que todas as atitudes são muito significativas. Há muitos sentimentos envolvidos, o que desperta várias contradições nesse desenrolar, mas desde o começo, surge a forte certeza do quanto o amor verdadeiro faz diferença no caminho de pessoas tão batalhadoras.

Uma relação proibida é sempre complicada e cercada de dores. Nesse caso, tudo se intensifica, seja por Malikah ser uma escrava, ou por ter tido um filho de Henrique, filho do dono de seu patrão na fazenda onde trabalhava. Infelizmente, as consequências de tal ato não são nada boas, o que gera muita revolta. Ainda bem que ela pôde contar com a ajuda de pessoas muito especiais, dando um sentido de esperança em uma vida tão castigada.



Eis que surgem os questionamentos de Henrique diante de sua conduta e dos que vivem ao seu redor. Ele ama Malikah e quer estar junto ao seu filho, Hasan, porém se sente muito perdido sobre o que considera ser certo. Da mesma forma em que Malikah tenta evitar os seus sentimentos para não sofrer ainda mais. Os erros estão mais presentes do que nunca e as mágoas são as provas vivas de um passado conturbado, mas deve haver uma nova direção para seguir, pelo menos as tentativas de fazer diferente.

Amo romances históricos, então sou bem suspeita ao comentar, mas a autora soube bem como se situar em relação a um tempo que não contava com muitas ousadias e onde o amor não tinha considerações. Da mesma fora em que a liberdade trazia significados estranhos e era quase impossível fugir dos perigos. Nesse caso, o leitor pode até tentar ficar com raiva do Henrique, mas em certo ponto, só há comprovações do quanto possui uma personalidade apaixonante. Num todo, a história é apaixonante de qualquer forma (posso estar sendo repetitiva, mas é a mais pura verdade).

Enfim, foi uma leitura super ágil e envolvente, como já era mesmo esperado, aquele tipo de leitura que a gente fica com saudade, querendo mais logo que termina a última página. Particularmente, o que mais chama a atenção em todo esse cenário é a forma realista de como personagens e eventos são caracterizados, destacando ainda mais todas as emoções. Claro que é impossível não recomendar tal obra, assim como parabenizar, mais uma vez, o excelente trabalho da autora em todas as suas pesquisas, detalhes e afins.

Classificação SEL: 5/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo