23 de outubro de 2017

Resenha: As perfeccionistas - Sara Shepard, Editora Rocco

Informações do livro:
Título: As perfeccionistas
Você não precisa ser bom para ser perfeito
Título original: The Perfectionists
The Perfectionists #1
Autor: Sara Shepard
Editora: Rocco
Páginas: 288



Sinopse: Autora da série bestseller Pretty Little Liars, que virou seriado de TV, Sara Shepard apresenta uma nova trama envolvendo cinco garotas e um crime em As perfeccionistas, primeiro de uma duologia. Desta vez, o cenário da trama é Beacon Heights, Washington, onde Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker frequentam o último ano do ensino médio. Enquanto planejam seu futuro e lidam com suas próprias questões pessoais e familiares, algumas nem um pouco louváveis, as cinco descobrem algo em comum: todas elas odeiam o mesmo garoto, o rico e convencido Nolan. E arquitetam um plano de assassinato perfeito. Mas quando Nolan aparece morto exatamente do jeito que elas haviam imaginado, Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker precisarão provar que não são culpadas, enquanto suas vidas – e seus segredos – desmoronam ao redor.


Resenha: "As perfeccionistas", de Sara Shepard, apresenta uma história intrigante e com elementos que podem ser considerados bem previsíveis, entretanto garante um bom envolvimento ao leitor. Confesso que chamou a minha atenção por se tratar de uma duologia, o que realmente me faz pensar que o enredo não será tão complexo.  Gosto muito desse cenário envolvendo vários personagens, ainda mais quando há tantas ligações e dramas diversos.

Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker não conseguem compreender como Nolan foi encontrado morto da forma que elas mesmo estavam arquitetando. Nesse ponto, o leitor já começa a questionar cada uma das personagens, e isso quer dizer que nada parece ser confiável mesmo. Ou, em um caso mais extremo, existe alguém de fora que esteve atento a cada planejamento e resolveu seguir por conta própria. Enfim, realmente existem várias possibilidades, e eu já fiquei muito empolgada por isso.

Nolan é aquele tipo de cara que pode atrair a atenção de muitas pessoas, tanto pelo lado positivo quanto pelo negativo, o que pode gerar certo medo e muitas suspeitas. Ele não me pareceu mesmo muito agradável (nem um pouco na verdade), e por ser tão conhecido, já é de se imaginar que tenha várias pessoas que não gostem dele. De certa forma, as cenas garantem mais credibilidade no decorrer de algumas explicações.


Agora, chegar a um caso de assassinato já chega ao extremismo - ou não. As cinco garotas me pareceram bem diretas, apesar de não ter muitas características em acordo, conseguem expor bem os seus objetivos. Apesar de ter a noção da morte de Nolan, começam a surgir inseguranças e várias perguntas sobre o que realmente aconteceu.

Achei interessante que este livro consegue separar a vida das personagens de modo que há uma boa apresentação sobre cada uma delas. Como são jovens, precisam lidar com seus próprios problemas, o que requer uma atenção mais redobrada. Em vários momentos, senti que elas não sabiam como agir diante das pressões, apesar de que achei isso bem intencional também;

Gosto da escrita da autora justamente pelo tom juvenil e leve. Confesso que li apenas uns dois livros da série de Pretty Little Liars, mas o que eu li me agradou bastante. Então, quando soube deste lançamento, resolvi encarar. Como já comentei lá no início, existe mesmo umas passagens previsíveis, mas isso não me desanimou em momento algum, e fico feliz que a leitura tenha fluido tão bem.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo