5 de outubro de 2017

Resenha: Como se casar com um marquês - Julia Quinn, Editora Arqueiro

Informações do livro:
Título: Como se casar com um marquês
Agentes da coroa #2
Título original: How to Marry a Marquis
(Agents of the Crown #2)
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 320



Sinopse: Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa. Então, quando encontra o livro Como Se Casar Com Um Marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa. Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual. É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente... Elizabeth Hotchkiss. Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada. Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.


Leia também:
Agentes da coroa #1 Como agarrar uma herdeira - Julia Quinn (Editora Arqueiro)


Resenha: Não há dúvidas de que Julia Quinn é uma das minhas autoras favoritas no gênero romances de época, e mais uma vez consegui me surpreender, e dessa vez com a leitura de Como se casar com um marquês, segundo volume de Agentes da coroa. Todos os elementos são muito instigantes e é impossível não se encantar pelos personagens e suas emoções mais íntimas.

Elizabeth se destaca muito e eu não esperava menos que isso. A autora sabe mesmo como apresentar uma protagonista ousada, ainda mais diante dos padrões da época. Também se mostra divertida e totalmente irreverente, sendo que o leitor acaba se surpreendendo muito com suas atitudes e opiniões.

Eu me diverti muito com Elizabeth e acho mesmo que o elemento que mais se destaca é o humor, já que surge uma ótima interação para com o leitor. E vale destacar que todos os personagens, incluindo os secundários, foram muito bem explorados nesse contexto. Dessa forma, se torna muito fácil se envolver com todo o cenário e detalhes expostos.


O fato de ela seguir algumas dicas de um livro que encontra na biblioteca deixa tudo mais irreverente ainda. "Como se casar com um marquês" a faz tomar atitudes bem inusitadas, mas seus objetivos são bem importantes para ela, e claro que aos poucos tudo fica bem compreensível. Ela não vê a hora de testar suas novas habilidades, ainda mais que a última coisa que pensa é em se apaixonar mesmo.

James está investigando um caso de chantagem e não demora nada para que suspeite de Elizabeth. Da mesma forma, não demora muito para perceber que ela não tem culpa alguma. Porém fica muito interessado e é claro que acaba ficando bem ligado nela, como já é mesmo esperado. Ele é muito carismático e consegue mostrar que seu amor é verdadeiro, apesar de algumas omissões nessa trajetória.

Li esse livro em apenas um dia e isso se deu por conta de apresentar uma leitura bem leve mesmo. As problemáticas não são tão intensas, apesar de que o contexto é capaz de nos deixar bem instigados quanto ao desfecho e todas as emoções, estruturas, mudanças e desenvolvimentos nos relacionamentos trabalhados.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo