31 de outubro de 2017

Resenha: A corte de luz - Richelle Mead, Outro planeta

Informações do livro:
Título: A corte de luz
Título original: The Glittering Court 
(The Glittering Court #1)
Autor: Richelle Mead
Editora: Outro planeta
Páginas: 400



Sinopse: Elizabeth, condessa de Rothford, foi condenada a um casamento arranjado com um rico – e entediante – comerciante de cevada. Pra fugir desse destino, a garota assume a identidade de uma de suas criadas e foge em uma carruagem em direção à floresta de Adoria. Lá, Elizabeth, que agora atende por Adelaide, é acolhida na Corte de Luz, uma espécie de internato que capacita jovens de baixa renda e as transforma em verdadeiras damas da sociedade. A condessa disfarçada de serviçal sai-se muito bem nas atividades da escola e, em pouco tempo, chama a atenção de Cedric, o filho do dono do lugar. Uma poderosa atração nasce entre Cedric e a misteriosa Adelaide, colocando não só o disfarce da garota em risco, mas também um grande segredo que o rapaz procura esconder a todo custo.


Resenha: "A corte de luz, de Richelle Mead, me conquistou logo nas primeiras páginas e eu não posso deixar de afirmar o quanto fiquei fascinada diante de todos os detalhes da ambientação, personagens, cenas, problemáticas e afins. É um livro relativamente grosso, mas a leitura fluiu bem, pelo menos levando em consideração todo o envolvimento com o enredo.

Esse é o tipo de livro que me conquista, não só pela capa, mas também pela sinopse, e é claro que eu me vi cheia de expectativas antes mesmo de iniciar a leitura. Por ser do gênero de fantasia, um dos meus preferidos, comecei a pensar em várias hipóteses para o desenvolvimento diante das cenas, mas a autora sabe mesmo como surpreender por conta das características apresentadas.

Não demorou nada para que a protagonista me conquistasse. Elizabeth, ou Adelaide (como optou ser reconhecida), poderia ter tudo em sua vida, ou quase tudo, porém ela decidiu seguir seu coração para fazer suas próprias escolhas. A Corte de Luz parecia ser o lugar ideal e pode-se dizer que sua transformação é muito visível e bem aceito perante aos olhos de todos ao seu redor. Seu amadurecimento é um dos pontos que se destaca, e acredito que ainda há muito mais a oferecer nesse quesito.


E só por isso já demonstra o quanto é corajosa, e em cada atitude revela ser ainda mais ousada e se fortalece a cada ação realizada. Claro que nem sempre as coisas saem como o planejado, e isso quer dizer que a garota pode colocar tudo em risco por conta de Cedric Thorn e um sentimento inesperado. Sentimento este que não poderia ser mais delicado, e particularmente, adorei isso, mesmo porque não pareceu forçado em momento algum.

Por falar em sentimento, o leitor (digo pela minha experiência) pode ficar aflito diante de algumas escolhas e outras reviravoltas já esperadas. Eu me senti bem confusa em certos momentos, mas não deixei de torcer para que cada encontro tivesse o resultado necessário para que tudo se encaixe perfeitamente neste desfecho.

Confesso que fiquei com algumas dúvidas e achei que poderia haver um desenvolvimento maior em algumas situações, assim como pelos personagens secundários. Outro ponto negativo que preciso destacar é referente a narrativa: pareceu repetitivo, o que me desapontou um pouquinho. Mas, para finalizar, é fato que já estou curiosa demais sobre o rumo dos próximos dois títulos, afinal de contas, trata-se de uma trilogia.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo