1 de dezembro de 2017

Resenha: A garota do calendário - Novembro, Audrey Carlan, Editora Verus

Informações do livro:
Título: A garota do calendário - Novembro
(A garota do calendário #11)
Título original: November (Calendar Girl #11)
Autor: Audrey Carlan
Editora: Verus
Grupo Editorial Record
Páginas: 160



Sinopse: Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser. Em novembro, Mia viajará novamente para Nova York por motivos profissionais, mas dessa vez o trabalho é diferente. Ela precisará entrar em contato com celebridades — sorte dela que alguns dos amigos que fez em sua jornada estão prontos para ajudá-la!


Resenha: Novembro se torna um dos meses mais sutis para a protagonista de A garota do calendário, Mia Sauders. Lembrando que esse é o décimo primeiro volume da série que corresponde aos meses do ano, sendo que dezembro irá finalizar essa sequência. Por isso, é claro que há muita empolgação sobre o que acontece nesse aqui também.

Claro que a autora, Audrey Carlan, não deixa de inovar em alguns elementos, mas acredito que alguns acontecimentos são bem esperados nesse percurso. Independente disso, é muito interessante poder acompanhar o desenvolvimento de Mia, especialmente depois de tudo que passou nos meses anteriores.

Não é segredo que Wes conquistou meu coração logo de início, e ele realmente consegue surpreender mais. Não sei se é uma opinião muito particular minha, mas é um personagem extremamente carinhoso e que consegue trabalhar bem diante das problemáticas em que está envolvido. E é claro que as cenas sensuais continuam bem fortes diante desse casal.



O lado profissional de Mia também vai se acentuando, e quem está acompanhando, sabe o quanto é merecedora de tudo isso, e muito mais. A questão de ser reconhecida e por ter seu próprio espaço é essencial em sua trajetória, lhe garantindo experiências importantes e ela sabe que precisa agradecer por tudo.

Os personagens secundários são incríveis e dão uma ótima credibilidade nas ambientações, seja pelo lado da família de Mia ou a respeito de outras figuras que também garantiram um espacinho nessa série tão especial. Dá vontade de falar sobre todos, mas ai é claro que perde a graça de quem for fazer essa leitura também.

Eu gostei muito de fazer essa leitura, e com certeza achei bem melhor que outubro. Alguns elementos foram bem mais trabalhados, e fica bem vísivel a respeito do amadurecimento da protagonista. Em janeiro ela estava tão insegura e despreparada, que é ótimo acompanhar tão evolução. Ao final, emdezembro, o esperado é que suas emoções e estruturas sejam ainda mais reforçadas.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo