28 de março de 2018

Resenha: O milésimo andar - Katharine McGee, Rocco Jovens Leitores

Informações do livro:
Título: O milésimo andar
Quanto mais alto você está, pior é
Título original: The Thousandtg Floor
(The Thousandtg Floor #1)
Autor: Katharine McGee
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 416



Sinopse: Quanto mais alto você está, pior é a queda. Com direitos de publicação vendidos para 28 países, várias semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times e adaptação para a TV em desenvolvimento, O milésimo andar é a bem-sucedida estreia de Katharine McGee na literatura. Um romance young adult eletrizante que acompanha a vida de cinco jovens da elite de Manhattan em 2118. Neste “Gossip Girl futurista”, uma torre de mil andares abriga os moradores de uma Nova York radiante, divididos de acordo com a sua posição social – os mais ricos ocupando os andares mais altos. Neste cenário de luxo high-tech, histórias e possibilidades que se esticam até o céu, Leda Cole, Eris Dodd-Radson, Rylin Myers, Watt Bakradi e Avery Fueler, a garota geneticamente preparada para ser perfeita que parece ter tudo o que deseja e vive no milésimo andar, tentam encontrar seu lugar no topo do mundo. Mas quando se chega tão alto assim, não há mais aonde ir além de para baixo.


Resenha: "O milésimo andar", de Katharina McGee, me chamou a atenção inicialmente por conta da sinopse. Gosto muito desse tipo de história, onde é possível fazer interpretações e captar mensagens de acordo com a nossa própria realidade. É um gênero que chama muito a minha atenção, em especial pelo lado futurista estar ligado à jovens bem-sucedidos.

Por ser um enredo no "futuro", já é de se esperar que a ambientação apresente meios mais avançados, estes meios que são mais voltados ao ramo da tecnologia. Porém sob o olhar "humano", pouca coisa mudou (pelo menos ao meu ver). Não é muito diferente da vida real, do lado mais artificial de nossos dias. Da parte onde as pessoas fazem as coisas para se destacarem dos outros, entre outros casos semelhantes. 

Outro ponto que vale a pena ressaltar nesse livro é a respeito das emoções. Fica o questionamento sobre o que é sincero nos diferentes tipos de relacionamentos. Eu (como leitora) me senti meio abalada ao refletir sobre essa questão. Existem as relações sim, mas o que quero dizer é que não há a transmissão de profundidade, de perseverança. Há apenas um estilo de vida meio "fake", digamos assim.


Eu ainda não sei dizer bem o que estava esperando desse livro, mas de qualquer forma, é uma leitura que agrada por conta das mensagens repassadas. Por isso vale a pena considerar sim. Por outro lado, algo que eu preciso comentar é sobre os personagens, sendo que não houve um bom envolvimento, pelo menos na minha opinião - mas agora penso também que poderia ter sido intencional. Minha personagem favorita foi a Avery, mas demorei a decidir hehe.

A escrita da autora é fantástica, e sobre isso não há mesmo o que questionar. É uma trama que instiga a saber o que vai acontecer, e como o "mistério" será revelado, entretanto deixa questões em aberto para a sequência. E confesso: fiquei indignada por isso, queria uma conclusão completa, se é que me entendem.

No final das contas, segue a reflexão de que os jovens possuem os mesmos ideias, além de que só desejam que seus objetivos sejam alcançados. O problema é que nem tudo sai como desejado na vida, ou melhor a própria sociedade impõe demais das pessoas, o que acaba complicando a forma como a maioria vive. 

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo