12 de março de 2018

Resenha: O tamanho do céu - Thrity Umrigar, Globo livros

Informações do livro:
Título: O tamanho do céu
Título original: The Weight of Heaven
Autor: Thrity Umrigar
Editora: Globo livros
Páginas: 376



Sinopse: Quando Frank e Ellie Benton perderam seu único filho para uma doença súbita, a vida perfeita que eles construíram é interrompida. Repleta de memórias doloridas, sua casa no Michigan, torna-se um local insuportável, e o casamento de ambos parece prestes a naufragar. É então que um convite de emprego inesperado do outro lado do mundo em Girbaug, na Índia, oferece-lhes a oportunidade de começar de novo. Em sua nova cidade, Frank criar uma estreita amizade com o filho dos caseiros da propriedade para onde se mudam. Desesperado para recuperar uma existência que acredita lhe ter sido injustamente usurpada, Frank não mede esforços para tornar o menino cada vez mais próximo e vê nele a sombra de seu filho perdido. Suas atitudes desesperadas, porém, o conduzirão por um caminho cada vez mais escuro e que pode ter repercussões extremas para todos que o cercam. Um olhar devastador sobre a perda, a paternidade e as diferenças culturais, o livro é um vislumbre raro de uma família e um país que lutam sob pressões além de seu controle.


Resenha: "O tamanho do céu", de Thrity Umrigar, é um daqueles livros que te faz pensar em muitas coisas, desde momentos, pessoas e sentimentos. Demorei um pouco a finalizar essa obra, mas fiquei muito satisfeita com o seu desenvolvimento, bem como personagens e finalização do enredo.

É horrível imaginar como é a perda de um filho (ainda mais agora depois que me tornei mãe). Esse livro trata sobre isso de uma maneira intensa e ao mesmo tempo sutil, sendo que os personagens precisam lidar com suas próprias limitações e mudanças repentinas que a vida impõe.

O relacionamento do casal Frank e Ellie também é explorado muito bem, ao ponto de o leitor conseguir compreender o sofrimento de ambos e de como o caminho se torna conflituoso entre eles. Ao mesmo tempo em que há tanto medo e dor, há também aquela sensação sobre como tudo vai se ajeitar e de como as emoções irão amenizar a rotina deles.



Fiquei muito intrigada com as diferenças de cultura retratados nessa obra. O casal se muda para a Índia para uma nova oportunidade e planejamentos. Nesse percurso, muitas coisas se tornam essenciais na relação, bem como nas novas interações que são feitas. Edna e Prakash e seu filho Ramesh são outros personagens que também se tornam importantes nesse momento novo da vida deles.

Frank ficou muito próximo de Ramesh, e isso pode ter feito com que o pai dele, Prakash, se sentisse um tanto ameaçado pelo envolvimento dos dois. Decisões são feitas, porém de modo impensado demais, por isso as consequências também acabam expondo mais emoções profundas em todos os personagens.

É uma leitura triste, pois demonstra certo egoísmo por parte do ser humano. Isso porque é complicado não perceber que também há outra pessoa que sofre ao nosso lado, ou então por ignorar o que está acontecendo ao redor. De qualquer maneira, tem suas passagens surpreendentes, o que faz com que a leitura ganhe um destaque surreal.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo