26 de abril de 2018

Resenha: Asiáticos podres de ricos - Kevin Kwan, Editora Record

Informações do livro:
Título:Asiáticos podres de ricos
Título original: Crazy Rich Asians #1
Autor:Kevin Kwan
Editora: Record
Páginas: 691



Sinopse: Best-seller internacional que inspirou uma das mais aguardadas adaptações cinematográficas do ano. Quando Rachel Chu chega a Cingapura com o namorado para o casamento de seu melhor amigo, imaginava passar dias tranquilos com uma simpática família. Só que Nick não mencionou alguns detalhes, como o fato de sua família ter muito, muito dinheiro, que ela viajaria mais em jatinhos particulares do que de carro e que caminhar de mãos dadas com um dos solteiros mais ricos da Ásia era como ter um alvo nas costas. Logo, Rachel percebe que não será poupada das fofocas e intrigas. Isso sem falar na mãe de Nick, uma mulher com opiniões bem fortes sobre com quem o filho deve – ou não – se casar. Um passeio pelos cenários mais exclusivos do Extremo Oriente – das luxuosas coberturas de Xangai às ilhas particulares do mar da China Meridional –, Asiáticos podres de ricos é uma visão do jet set oriental por dentro. Com seu olhar satírico, Kevin Kwan traça um retrato engraçadíssimo do conflito entre os novos-ricos e as famílias tradicionais em seu romance de estreia, que já fez milhares de leitores chorarem de tanto rir no mundo todo.




Resenha: "Asiáticos podres de ricos", de Kevin Kwan, é um livro intenso, e nada menos que isso pode descrever tal enredo. Fiquei bem surpresa diante do desenvolvimento primoroso e de como todos os detalhes foram muito bem explorados em um cenário rico em complexidades, muitos escândalos, desconfianças e luxos diversos também.

O elemento que mais se destaca nesse enredo é a emoção. Digo isso não no sentido de ser uma história comovente, ou algo relacionado, mas pelos problemas envolvidos e pela forma como os personagens lidam com os seus devidos dramas. E é exatamente por isso que tudo se torna mais divertido também.



Chega a ser engraçado o modo como tais personagens lidam com as situações. O leitor percebe que tudo gira em torno de muito luxo, mas parece que todos são meio desmiolados, se é que posso chamar dessa forma. 

De certa forma, a história acaba se tornando bem espirituosa, mas também muito superficial. É isso: a palavra superficial define bem esse livro. Mas não deixa de ser interessante, justamente por ser bem divertido também. Isso porque acaba sendo empolgante ver que tudo saindo fora do controle, e em alguns casos não tem nem como manter esse controle - mas só lendo para entender.
 
Ironia é o que não falta nesse contexto, e é meio previsível até poder compreender a zombaria presente. As cenas se mostram meio extravagantes, mas gostei da forma como tudo foi retratado. Então, depois de tudo que comentei, já é de se imaginar que seja uma leitura bem rápida, porque realmente é.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo