6 de abril de 2018

Resenha: Minha estrela favorita - Susan Elizabeth Phillips, Editora Gutenberg

Informações do livro:
Título: Minha estrela favorita
Chicago Stars #8
Título original: First Star I See Tonight
Autor: Susan Elizabeth Phillips
Editora: Gutenberg
Páginas: 384



Sinopse: Ela é uma detetive impulsiva e durona. Ele é um astro do futebol americano. O que eles têm em comum? Nada! E, ao mesmo tempo, tudo. Aquele era um bom dia para ser Cooper Graham. Aliás, todos os dias eram. Afinal, para o ex-quarterback do famoso time Chicago Stars a vida é como um jogo do Super Bowl e ele é sempre o vencedor. Acostumado com a fama e com o assédio dos fãs, Cooper sabe identificar muito bem quando algum admirador está passando dos limites – e não gosta nem um pouco quando começa a ver um rosto familiar em todos os lugares aonde vai. Piper Dove é uma mulher de fibra guiada por um sonho: reerguer a empresa de investigações de sua família e se tornar a melhor detetive de Chicago. E a sorte parece estar do seu lado quando ela recebe uma missão (im)possível: seguir a estrela do futebol americano Cooper Graham. Ela só não esperava que sua sorte duraria tão pouco... Cooper não fica nada feliz quando descobre que está sendo espionado, e Piper, para escapar de um processo, começa a trabalhar para ele a contragosto. Mas quando descobre que a vida de Graham pode estar em perigo, Piper se vê diante do que pode ser o grande caso de sua carreira e decide que vai protegê-lo, quer ele queira, quer não. Agora duas pessoas que não admitem a derrota são escaladas para o mesmo time. O único problema: elas não sabem jogar em equipe e vão desafiar os limites um do outro para conseguir o que desejam. E para isso vale usar todas as armas, inclusive a sedução.


Resenha: "Minha estrela favorita", de Susan Elizabeth Phillips, apresenta ótimos personagens, aqueles em que a gente acha que não tem nada em comum e que uma relação nunca vai dar certo. Mas o tempo mostra que tudo é possível e que vale a pena correr o risco nesse tipo de relação. Faz parte da série Chicago Stars, porém pode ser lido de forma independente.

Pipper e Cooper são bem espontâneos e fazem um bom papel na hora de serem divertidos. É algo que me parece muito intencional, mas que garante ao leitor momentos de prazer, visto que a relação se torna mais tranquila - nesse ponto, é claro. Confesso que demorei um pouco para perceber uma boa ligação, mas depois compreendi que são muito interessantes um para o outro.



Sobre as personalidades: ela, sendo investigadora, sabe como ser persuasiva quando deseja, e ele já não gosta (ou não sabe) receber um não. O modo como eles se aproximam chega a ser engraçado, mas aos poucos as coisas vão se esclarecendo e os dois ficando mais próximos do que nunca.

Eu me diverti muito nessa trama, mas também não posso deixar de destacar que tem suas passagens mais emocionantes, apesar de que sou suspeita ao comentar - já que me emociono muito mesmo. É ainda melhor porque tem certas situações que envolvem um tipo de "mistério", por isso vale muito a pena conferir sim!

A autora surpreende bastante diante de um texto sutil, porém com cenas mais intensas, e é justamente essa união de elementos que faz toda a diferença na ambientação. Li esse livro em pouco tempo, mesmo porque é uma leitura bem rápida mesmo, mas não deixa de ser menos envolvente também.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo