12 de junho de 2018

Resenha: O segredo do conde - Lorraine Heath, Editora Gutenberg

Sobre o livro:



Sinopse: Numa noite de verão, Edward Alcott cede à tentação e beija Lady Julia Kenney em um jardim escuro. No entanto, a paixão que ela agita dentro dele, deve ser deixada nas sombras, isto porque ela ama seu irmão gêmeo, o Conde de Greyling. Mas quando a tragédia ataca, para honrar o voto que ele faz ao seu irmão moribundo, Edward deve fingir ser Greyling até a condessa entregar seu bebê. Depois que seu marido retorna de uma estada de dois meses, Julia o encontra mudado. Mais ousado, mais atrevido e mais perverso, mesmo que ele limite seus encontros para beijos. A cada dia que passa, ela se apaixona mais profundamente. Para Edward, as brumas do desejo provocadas naquela noite há muito tempo são rapidamente reavivadas. Ele anseia ser o marido dela de verdade. Mas se ela descobrir sua artimanha, ela o desprezará - e a lei inglesa o impede de se casar com a viúva de seu irmão. No entanto, ele deve se atrever a arriscar tudo e revelar seus segredos se ele realmente deve levar tudo.


Resenha: "O segredo do conde", de Lorraine Heath", me fez ter mais certeza ainda do quando sou apaixonada por romances de época. Confesso que, num primeiro momento, não consegui me identificar muito com os personagens, mas logo fui percebendo que, de alguma forma, a própria autora criou características para que o leitor se sentisse de tal forma. Digo isso, pois a medida que as cenas ocorrem, tudo começa a ser

Edward é um ótimo personagem, eu tenho certeza disso e você também terá se o conhecer melhor. Ele tem os seus motivos para fazer o que faz, então tudo vai se esclarecendo ao longo da revelação nos episódios. Claro que há muitos riscos em uma relação como essa, mas é ótimo poder compreender o quanto ele está disposto a enfrentar para estar com quem ama de verdade. 

O que fazer quando seu irmão gêmeo pede para que você se passe por ele? Os motivos são bem importantes, afinal a questão é que a esposa não perca o filho tão desejado. Ele estava morrendo, então esse era seu último desejo, mas mal sabia ele que Edward já nutria emoções fortes por Julia. É o típico romance que me faz suspirar, de verdade... E a autora soube muito bem como desenvolver todas as reações ao longo dos encontros tão esperados neste contexto.

Este livro faz parte de uma série (Os Sedutores de Havisham), e pelo que pesquisei é o segundo da linha, porém não senti necessidade de ter lido o primeiro (Codinome Lady V), apesar de ter uma vontade enorme de lê-lo agora. A narrativa é muito delicada e perfeita aos amantes do gênero, e é claro sou bem suspeita ao comentar mesmo.

Na verdade, toda a situação é muito complicada, e é difícil imaginar algo assim na vida real. Porém, quando há sentimento verdadeiro, sabemos que nada é impossível e não há nada que vá contra isso, nem o tempo. Tudo acontece na hora certa, e é exatamente essa mensagem que eu deixo aqui ao término dessa leitura apaixonante!


Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo