30 de julho de 2018

Resenha: A busca - Lisa Kleypas, Editora Gutenberg

Sobre o livro:



Sinopse: ELA NÃO ESPERAVA ESSA MUDANÇA EM SUA VIDA. ELE NÃO ESPERAVA ESSA MULHER. Após uma infância cheia de traumas, tudo o que Hannah Varner deseja é viver bem longe da mãe problemática e das complicações que a irmã, Tara, despeja em seu colo. Hannah quer algo que nunca teve: uma vida tranquila. Mas um telefonema muda todos os seus planos… Tara teve um filho e desapareceu, deixando o bebê aos cuidados de Hannah. Desesperada, a jovem decide investigar tanto o paradeiro da irmã quanto a identidade do pai da criança. E descobre que um membro da família Travis pode ser o responsável por aquela confusão em sua vida. Jack Travis, um milionário de uma das mais importantes famílias do Texas, amante das mulheres e do prazer, nunca pensou que encontraria em seu escritório uma jovem irritada e extremamente sexy segurando um bebê que pode ser seu filho. Nesta envolvente trama, com personagens densos e uma história familiar inesperada, Lisa Kleypas nos leva a conhecer mais um membro da família Travis e a descobrir o verdadeiro significado das palavras amor e entrega. “Eu não deixaria que Tara fugisse disso. Eu iria encontrá-la e, pelo menos uma vez na vida, ela teria que lidar com as consequências de seus atos. Se isso não desse certo, eu iria encontrar o pai do bebê.”


Resenha: "A busca" apresenta mais uma história fascinante escrita por Lisa Kleypas. Nessa trama, a autora trabalha com personagens maravilhosos, então é muito fácil se envolver logo nas primeiras páginas.

Hannah tem um histórico familiar bem complicado, tanto com sua mãe quanto com sua irmã. E o relacionamento não poderia ser mais afrontoso. Hannah poderia esperar por tudo, menos por um bebê. No caso, a irmã Tara abandonou o filho na casa da mãe, esta que não o queria por perto. Então, só restava a ela ter que ficar responsável por ele.

O bebê (Luke) tem que ter um pai, é óbvio. Ele precisava ser encontrado, até mesmo para ter a consciência de seu dever no papel de pai. Mas Hannah não esperava que este seria tão intenso a partir do momento em que surgiu em sua vida. E é ai que Jack Travis entra em ação.

Jack Travis é aquele típico bad boy, que tem tudo para ser arrogante, insensível e tantos outros aspectos repugnantes. Pode parecer isso mesmo devido as circunstâncias, porém ele é extremamente carismático, de verdade (para não citar o quanto demonstra ser atraente). 

Ele parece ser muito decidido, mas ela também é, então não é algo tão fácil, isso pela parte do romance em si. Jack compreende bem a conexão entre eles, mas Hannah demora a deixar se envolver por conta dos seus dramas pessoais, questões de confiança e relacionados.

O amadurecimento dos personagens é muito importante nesse contexto. Mesmo porque eles se aproximaram por conta do bebê, então existe algo mais sólido a ser percorrido. E é claro que o caminho não seria fácil. Independente disso, é maravilhoso poder acompanhar as interações e perceber que o relacionamento é verdadeiro.

É um romance muito delicado e com fácil leitura. Sem contar que Luke, o bebezinho mais fofo, conquista nossos corações. Não há como não se emocionar diante desse enredo, ou tentar não se colocar nas situações de drama também. Livro mais do que recomendado, mas isso já não é novidade ao comentar um livro de Lisa Kleypas!


Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo