12 de julho de 2018

Resenha: Mais que amigos - Lauren Layne, Editora Paralela

Sobre o livro:



Sinopse: Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível? Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.  Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver. Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo? Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível!


Resenha: "Mais que amigos", de Lauren Layne, estava na minha lista de desejados desde que soube de seu lançamento. Primeiro porque é o típico livro que eu amo ler, e depois porque a sinopse já deixa o leitor bem empolgado sobre o desenvolvimento das cenas e relação dos personagens.

Parker e Ben são ótimos amigos, aqueles que a gente - lá no fundo - espera que fiquem juntos em determinado momento. Não estou querendo dizer que não pode existir uma bela amizade entre homem e mulher, mas há casos em que a atração é nítida demais. 

Em algum momento, tudo tende a explodir, e resta saber qual será a melhor decisão na vida de ambos. Pode ou não dar certo uma relação que ultrapassa a linha da amizade, mas precisam arriscar.

E olha, morar no mesmo apartamento pode ser ainda mais complicado, porque existe muito a perder (ou ganhar, pensando da forma mais positiva possível, é claro).Falando dessa forma, é mesmo difícil pensar  nas situações em que os dois passam, certo?!

As pessoas, do lado de fora, não conseguem imaginar como as coisas podem dar tão certo, e chega mesmo a ser um pouco improvável. Parker tem até um namorado, então parece mesmo que o companheirismo não ultrapassa certos limites.

Porém, algo acontece e Parker acaba ficando solteira. E é justamente depois desse passo que tudo se torna bem mais empolgante - e esperado. Ela quer se reinventar, mas na verdade só acaba percebendo o óbvio em sua frente.

Aquele primeiro beijo clichê, e sexo descontraído que tende a mudar uma vida inteira: sabe como é né?! Os dois são muito carismáticos, e eu particularmente só queria poder acompanhar seus encontros e as consequências dos seus atos.

Enfim, esse é um livro maravilhoso - e surpreendente (apesar de previsível), e que eu li em apenas dois dias. Nós já sabemos onde tudo vai parar nesse contexto, mas isso não importa, porque a autora sabe como envolver diante de um relacionamento tão fofo. 

Muitas emoções em apenas um livro e virei fã da narrativa da autora. Queria mais, muito mais, e confesso que fazia tempo que não ficava tão encantada com uma história. Perfeito, em todos os sentidos! Favorito ♥

Classificação SEL: 5/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo