24 de setembro de 2018

Resenha: Herói nas Highlands - Suzanne Enoch, Editora Gutenberg

Sobre o livro:



Sinopse: Será que um soldado inglês é capaz de conquistar o coração da Escócia? Canhões, tiros, cavalarias, armas. O Major Gabriel Forrester adora um combate e não foi à toa que recebeu o título de “Fera de Buçaco” depois de ganhar uma batalha em Portugal. Sem saber se estará vivo no dia seguinte, nunca se importou com nada além de proteger seus aliados e a si mesmo… Até que a notícia inesperada de se tornar o Duque de Lattimer e dono de uma imensa propriedade nas Highlands escocesas muda tudo o que ele achava já estar traçado para seu futuro. Em sua nova posição, a luta de Gabriel será conquistar a confiança de uma vila de escoceses nem um pouco amistosos, que não estão nada satisfeitos com o fato de ter como duque um antigo soldado inglês. Como se não bastasse, as terras ainda são administradas por uma mulher de língua afiada e corpo perfeito, que parece ser tanto sua salvação quanto sua ruína – e ele está disposto a descobrir em qual das duas categorias ela se encaixa. Com a ameaça de uma maldição nas terras em que nenhum inglês é bem-vindo, o novo duque encontra mais obstáculos do que imaginava. De todas as guerras que já lutou, essa aparenta ser a mais difícil. Afinal, é fácil eliminar inimigos; mas o que fazer quando o objetivo é fazer deles seus aliados?


Resenha: "Herói nas Highlands", de Suzanne Enoch, é o tipo de livro que chama a atenção do leitor logo pela sinopse instigante. Ainda mais se este leitor tiver um interesse especial pelo gênero romance de época, o que sempre é o meu caso. Por esse e outros motivos, a expectativa era enorme diante desta leitura.

É um cenário diferente, por mais que pareça aquele "mais do mesmo". Eu pelo menos me surpreendi muito com os personagens. Gostei muito do fato de o Major Gabriel, o protagonista, ter o histórico de um soldado e por precisar rever os seus conceitos sobre o que é mesmo importante em sua vida. Ainda mais porque ele não tinha mesmo muito a perder, não até se tornar um duque. 

Ah, e ainda comentando sobre cenário, bom.. eu tenho um fraco sobre a Escócia. E é mais um aspecto que me deixou muito motivada. Afinal de contas, a ambientação conta muito para a época trabalhada. Nos transporta para um novo tipo de cultura e tantos outros detalhes diferenciados.

É claro que Fiona, a protagonista merece muito destaque também diante de toda a sua irreverência. Nesse aspecto, a gente já deseja mesmo que a moça tenha um perfil mais forte, o que é normal nesse tipo de história.

A melhor parte é que os elementos da trama, já até podem ser esperados, porém a autora sabe muito bem como trabalhar diante de todos os contextos. E é claro que o que não faltam são emoções muito intensas, várias reviravoltas conflituosas e momentos cheios de ousadia.

Há, óbvio que o romance é extremamente importante, mas a autora também não deixa de abordar outras mensagens a respeito de família, desconfianças e tantos outros sentimentos que rondam essas questões. Enfim, leitura rápida e que deixa um gostinho de "quero mais" no ar.

Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo