11 de dezembro de 2018

Resenha: Almas gêmeas - Nicholas Sparks, Editora Arqueiro

Sobre o livro:



Sinopse: Hope Anderson está numa encruzilhada. Aos 36 anos, ela namora o mesmo homem há seis, sem perspectiva de casamento. Quando seu pai é diagnosticado com ELA, Hope resolve passar uma semana na casa de praia da família, na Carolina do Norte, para pensar nas difíceis decisões que precisa tomar em relação ao próprio futuro. Tru Walls nasceu numa família rica no Zimbábue. Nunca esteve nos Estados Unidos, até receber uma carta de um homem que diz ser seu pai biológico, convidando-o a encontrá-lo numa casa de praia na Carolina do Norte. Intrigado ele aceita e faz a viagem. Quando os dois estranhos se cruzam na praia, nasce entre eles uma ligação eletrizante e imediata. Nos dias que se seguem, os sentimentos que desenvolvem um pelo outro os obrigam a fazer escolhas que colocam à prova suas lealdades e reais chances de felicidade. O novo romance de Nicholas Sparks, na tradição de Diário de uma Paixão e Noites de Tormenta, aborda as muitas facetas do amor, os arrependimentos e a esperança que nunca morre, trazendo à tona a pergunta: por quanto tempo um sonho consegue sobreviver?


Resenha: Não é fácil escrever a respeito de um livro do Nicholas Sparks, a gente sabe que é emoção na certa. Mas a gente tenta não se emocionar tanto. Consegue? Acho difícil. Enfim, Almas gêmeas, tem uma ótima história, aquela de balançar as nossas estruturas, fazer pensar, se arrepiar, torcer para que tudo dê certo e chorar.. bem nesse caminho tão esperado. Nesse caso, o choro pode não ser só de tristeza, ok?!


Personagens são muito bem estruturados e não seria diferente com Tru Walls e Hope Anderson.O autor sabe mesmo como associar todas as estruturas, mostrar bem as diferenças e semelhanças. Causar um turbilhão de sentimentos em cada um deles para mostrar o real sentido da vida para eles.

Hope tem um relacionamento bem cansativo, se é que posso chamar dessa forma. Na verdade não há esperança, é aquele tipo de caso em que não vai pra frente, mas não termina também. Está parado no tempo, um casal acomodado seria a melhor definição. Tem o seu pai também que está doente, enfim as coisas não andam bem na vida dela. Até que conhece Tru.

Eu realmente gostei desse enredo, por inúmeros motivos e o principal é a abordagem pelo casal e por tudo que precisam passar diante das dificuldades. As coisas tem mesmo que acontecer, é o que esse livro nos faz refletir. Os dois se encontram e a chama se acende instantaneamente. 

Novos questionamentos são feitos, e só nos resta imaginar o desenrolar dessa nova conexão tão irresistível. Pensar sobre tudo que é novo, sobre o que é deixado para trás e as mudanças que estão sendo feitas. Aguardem por dramas, mesmo porque o que seria uma boa história sem eles né... Seria o destino? Seriam almas gêmeas mesmo? 
Classificação SEL: 4/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo