4 de janeiro de 2013

Resenha: Cabra Cega - Sheila Ribeiro Mendonça

Informações do livro:
Título: Cabra Cega
Autor: Sheila Ribeiro Mendonça
Páginas: 94
SKOOB | GOODREADS



Sinopse: Clara e Gustavo se conhecem, em um Clube de Curitiba, quando ela estava pensando em viajar, antes de começar a fazer faculdade, e então se apaixonam e casam, assim, a vida de Clara muda rapidamente. E literalmente a mudança é radical, pois Gustavo se revela um homem agressivo, ciumento, possessivo, violento, ardiloso e perspicaz, com isso transformando a vida dela numa constante surpresa e esconde-esconde. Não somente de comportamentos como também de cidades. Com o intuito de não criar laços com ninguém e, principalmente, de não deixar que a família de Clara saiba onde ela está, você vai acompanhar Cabra Cega sem ter a certeza de até quando aquela cidade fará parte dos planos de Gustavo. Em Cabra Cega acompanhamos os escondidos.




Resenha: Fico muito honrada pela autora ter me disponibilizado o exemplar de seu livro, Cabra Cega e por me dar a oportunidade de conhecer esta história tão bem elaborada com uma temática polêmica, intensa e marcante.

A história se passa diante de uma mulher que vive atormentada diante de um marido possessivo e violento, tudo se torna muito real pelo fato de ser um assunto visto em muitas casos na sociedade. Quem nunca conheceu ou já ouviu falar de uma mulher vivendo com um homem que a maltratava ou fazia até coisas piores? São casos muito comuns na verdade, expostos de uma maneira totalmente realista e detalhada.


“Às vezes desistia de tentar entender Gustavo, pois tinha a sensação de que ficaria maluca.” Pg. 17


Clara conheceu Gustavo e logo se viu apaixonada por ele, e mais rápido ainda, se casou. Mas aos poucos, foi percebendo que ele não era a pessoa que aparentava ser. Gustavo era muito ciumento e estava a todo custo, tentando afastá-la de todos, inclusive sua própria família. 

Ele se torna cada vez mais agressivo e doentio, por vezes batia nela e em seguida saia para lhe comprar presentes. Clara sabia que a situação poderia piorar mais e mais, porém preferia se manter cega diante das ações do marido, e isso, claro, estava lhe custando seus sonhos planejados, perspectivas a serem alcançadas e a sua própria felicidade em si.


“O que mais fazia era pensar e tentar dar um rumo diferente a sua vida sem que precisasse pedir socorro a ninguém. Pensava em como seu marido era perigoso, dissimulado e premeditava tudo o que ia fazer.” Pg. 22


O livro nos remete a várias emoções, levando em conta que apesar do livro ser fictício, sabemos o qanto é uma história dramática bem real no mundo em que vivemos. A protagonista tem que superar seus medos e traumas, e encontrar uma solução para esse dilema, ou então ela se manterá cega para sempre, sofrendo, se lamentando e se submetendo a alguém tão inconstante.

Pena que o livro tem poucas páginas, pois acredito que como o tema é super polêmico, poderia ser mais desenvolvido, já que a trama apresenta uma leitura super fácil apesar de não conter diálogos, e ser em terceira pessoa.


Classificação SEL: 3/5


4 comentários:

  1. Eu já li esse livro e amei, li numa tarde! Muito gostoso de ler e como mesmo vc disse, o assunto é mega polêmico e a Sheila tratou de um jeito muito legal. Recomendo muito esse livro.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Dri, vc sempre prestigiando o meu trabalho! :) Você é uma querida!
      Beijo, beijo!
      She

      Excluir
  2. Olá minha querida!
    Nem tinha visto a resenha ainda, desculpa, a Dri Balreira, aí de cima, é que me avisou. Adorei, muito obrigada. Sabe se eu fosse reescrever Cabra Cega hoje em dia com 38 anos eu colocaria muito mais coisa, aumentaria a trama, desenvolveria mais os personagens, mas com 18 anos e inexperiente nem pensei que poderia ter trabalhado mais. Você não é a primeira pessoa que me fala isso e eu acho essa informação preciosa demais. Quem sabe um dia eu não reescrevo Cabra Cega, né?! Eu tenho essa ideia, mas é mais para a frente, agora é chegada a hora de continuar e tem novidades chegando... :) \o/
    Beijo, beijooooooo e obrigada pelo carinho e divulgação!
    She

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei muito desse livro. É tenso por demais, até parecia que foi tirado de uma história real. A única coisa que me incomodou um pouco foi a falta de diálogos. Não que esse artifício seja um defeito, mas parecia que o livro, em certo momento, pedia conversações, para deixá-lo menos imparcial. O diálogo aproxima os leitores dos personagens.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo