2 de janeiro de 2013

Resenha: Laços Inseparáveis - Emily Giffin, Editora Novo Conceito

Informações do livro:
Título: Laços Inseparáveis
Título original: Where We Belong
Autor: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
SKOOB | GOODREADS 




Sinopse: A autora de cinco romances de sucesso, Emily Giffin, lança uma história inesquecível de duas mulheres, as famílias que a fazem ser quem são, e a lealdade e o amor que as ligam. Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos, vivendo seu sonho em Nova York. Com uma carreira bem-sucedida e um relacionamento satisfatório, ela convenceu todo mundo, inclusive si mesma, que sua vida está do jeito que ela deseja. Mas uma noite, Marian atende a porta... para apenas encontrar Kirby Rose, uma garota de 18 anos com a chave para o passado que Marian pensou ter deixado para trás para sempre. Desde o momento que Kirby aparece na sua porta, o mundo perfeitamente construído de Marian — e sua verdadeira identidade — será chacoalhado até o fim, fazendo ressurgir fantasmas e memórias de um caso de amor apaixonado que ameaça tudo para definir quem ela realmente é. Para a precoce e determinada Kirby, o encontro vai provocar um processo de descobrimento que a leva ao começo da vida adulta, forçando-a a reavaliar sua família e seu futuro com uma visão sábia e doce. Enquanto as duas mulheres embarcam em uma jornada para encontrar o que está faltando em suas vidas, cada uma irá reconhecer que o lugar no qual pertencemos normalmente é onde menos esperamos — um lugar que talvez forçamos a esquecer, mas que o coração se lembra eternamente.





Resenha: Esse livro me surpreendeu bastante pelo modo como a narração tomou rumo, o livro tem quase 450 páginas e eu consegui lê-lo em um dia. Isso porque a história me prendeu tanto, que quando percebi já havia chegado ao final, apesar de achar que a autora poderia ter apresentado uma maior ênfase em alguns personagens.


“Eu deveria ter imaginado. Deveria ter acreditado com o fundo do meu coração naquelas palavras que deram início a tudo, naquela noite sufocante há tanto tempo: Você pode fugir, mas não pode se esconder.” Pg.13


Marian Caldwell tem uma vida perfeita. Mora em Nova York, é produtora executiva e namorada de Peter Standish, um executivo de televisão. Marian quer muito se casar e ter filhos, mas parece que não é a mesma coisa que ele está pensando, já que saiu recentemente, de um divórcio e tem um filho. 

Mas parece que Marian esconde um segredo de todos, que só sua mãe sabe e a ajudou bastante. Se bem que não gostei nem um pouco do jeito frio da mãe dela, que não pensou no futuro e pareceu pensar por puro impulso. Aos 18 anos de idade, Marian só precisava de alguém que lhe desse apoio e um caminho seguro a seguir, e acho que sua mãe não foi a pessoa certa.

Um dia os segredos inevitavelmente vêm a tona e agora Marian vai ter que encarar os seus problemas e resolver a situação em que se meteu. E foi numa noite inesperada que alguém bateu a sua porta..alguém que mudaria os rumos de sua vida.

Então conhecemos sua filha, Kirby Rose. E o mais interessante é que em cada capítulo nos deparamos com a visão de ora Marian, ora Kirby. Somos apresentados a historia de ambas e de como as duas possuem laços inseparáveis. Na verdade, é tudo muito complicado, pois Marian ficou grávida cedo e deu sua filha para doação. 

Até antes disso, somos apresentados ao seu relacionamento com Conrad – seu amor de adolescência. E de como os dois viveram, mesmo que por um tempo curto, uma paixão bonita e intensa. E é quando surge a duvida de uma gravidez. Ele claro, ficou assustado, mas ela ficou mais e muito desorientada. Mas ele foi tão compreensível que estava obvio que não abandonaria neste momento, e que daria todo o apoio necessário.

Marian não acreditou que os dois poderiam ter um futuro juntos e por isso ocultou a gravidez de Conrad e terminou com ele, por causa desses pensamentos. Depois de 18 anos, Marian sabia que havia essa possibilidade de procura por parte de sua filha. Mas não esperava o quão difícil poderia ser. E inevitavelmente, ela iria querer conhecer o pai biológico. Marian teria que encarar a verdade, independente do que pudesse acontecer.

Todos eles agora precisam se redescobrir e aprender a conviver diante de cada relacionamento e perceber o que falta na vida de cada um. É um livro emocionante, que desperta sentimentos reveladores, demonstra a importância que a família tem em nossa vida e como os segredos sempre são revelados, e quando isso acontece, e apesar de todos os problemas, você vai se sentir mais leve e despreocupada, sem culpa.


“Estou começando a perceber que eu não tenho muitas respostas, e como é difícil ser mãe. Estar em qualquer relacionamento verdadeiro.” Pg. 282


Classificação SEL: 4/5

Book trailer:



6 comentários:

  1. Gostei muito desse livro Fê
    Giffin é excelente e sempre me conquista!
    Li em dois dias
    Beijos e Feliz 2013
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. owwwn, amei a resenha!
    Quero muito muito ler esse livro. beijoos!

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro a Emily apesar de ter lido só um livro dela ele conseguiu em encantar de uma maneira incrível então tenho certeza de que vou gostar de Laços Inseparáveis ! Adorei a resenha beijos :D

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei a escrita da autora em Questões do coração, embora tenha sido uma leitura sofrida pela história. Já tenho outros dela para ler e acredito que essa história irá me ganhar, me encanta ver esses dilemas relacionados a gravidez.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nada dessa autora, mas já tenho alguns livros aqui em casa então em breve vou ler algo.
    Parabéns pela resenha e como assim leu 450 páginas em um único dia???? Vc é mesmo ninja!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nenhum livro dessa autora, mas logo quer ler Laços Inseparáveis. Beijão!

    foupourlivres.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo