19 de fevereiro de 2013

Resenha: Aníbal e Arquimedes - Regina Gonçalves, Editora Viajante do Tempo

Informações do livro:
Título: Aníbal e Arquimedes
Autor: Regina Gonçalves
Editora: Viajante do Tempo
Páginas: 420 
SKOOB | GOODREADS



Sinopse: O jovem Caio Zip surge em Cartago e é enviado à Itália para ajudar o grande general Aníbal, em guerra contra Roma. Lá, Caio vê como Aníbal usa a lógica do inimigo para ganhar a batalha e percebe a monstruosidade que é uma guerra. Depois vai a Siracusa ajudar Arquimedes nas suas grandes invenções e termina em Alexandria, conhecendo a grande biblioteca. Uma fascinante viagem às grandes civilizações da antiguidade. Estimula nos jovens o gosto pela Matemática, Física e História das civilizações. Livro da série de Ficção Histórica Educacional “Caio Zip, o Viajante do Tempo”, que diverte, atiça a curiosidade e integra diversos campos do saber, tais como: História, Arte, Filosofia, Ciências e Matemática.



Resenha: Lembram dos livros da série CAIO ZIP e O Viajante do tempo? Confira as resenhas dos livros lidos anteriormente:



Novamente me encantei com essa leitura leve e ao mesmo tempo motivadora. Digo isso, pois é uma trama que nos envolve em tal ponto que queremos descobrir mais sobre cada um dos personagens e suas histórias feitas no passado. 

Nosso personagem favorito – Caio Zip – conseguiu se aventurar em mais uma trama animada e intensa através do tempo. Dessa vez ele nos leva a conhecer sobre Aníbal e Arquimedes. Assim como nos outros livros, logo no começo o querido viajante do tempo se vê metido em alguma confusão. 

Caio estava enterrado e assim que consegue escapar, chega em uma praia onde ocorrera um naufrágio, em plena Segunda Guerra Púnica. Logo, Caio salva um dos náufragos e inicia uma bela amizade.


“Caio saiu o mais rápido possível dali, porém se sentia cada vez mais aborrecido por ainda se encontrar sozinho. Tratou de prosseguir seu caminho por entre as pedras. Um tempo depois, chegando à outra praia, avistou três homens que estavam vestindo túnicas brancas e botas trançadas de couro cru, cujos cabelos estavam encharcados e polvilhados por areia. Os homens pareciam muito abalados e, pelo sim ou pelo não, Caio achou mais seguro ficar fora de vista até que algo desse uma indicação de que aqueles três eram amigáveis.” Pg. 21


Caio Zip participa mais uma vez, de grandes feitos descritos pela história, como grandes descobertas e batalhas. Assim que salva um dos náufragos, o garoto descobre que ele é na verdade um cartaginese. 

E em seguida é levado à Cartago e é ai que começa a conhecer histórias muito interessantes acerca desta sociedade, como o comércio, a industria, costumes e a cidade em geral. É também onde seremos apresentados ao guerreiro Aníbal. O que achei mais interessante sobre ele era sua capacidade de montar estratégias e elaborar grandes batalhas.

Mais uma vez, Caio faz inúmeros amigos e conhece diversas pessoas conhecidas e influentes. Ao mesmo tempo que ele também ouve relatos de guerra, aprende várias artimanhas, dicas e truques para lutar em uma batalha. 

Sim, ele irá se preparar para uma grande batalha, e o mais legal são os detalhes intensos e organizados. Aníbal foi realmente uma pessoa muito inteligente e prestava atenção em todos os quesitos que envolviam seus inimigos. Ele os estudava antes de fazer qualquer ataque, e isso o tornava uma pessoa forte, estratégica e determinada.


“Eu não me importo com o que falam sobre mim. Eu só gostaria que as pessoas se importassem mais com suas próprias vidas, mas não, sempre escuto tolices como estas. Se querem falar de mim, por que não falam sobre o meu verdadeiro trabalho?” Pg.295
   

Logo também conhecemos Arquimedes. Caio é enviado até ele a pedido de Aníbal, para ser seu aprendiz. A parte que eu mais gostei da história, confesso, que foi essa. Sempre admirei muito o trabalho de Arquimedes, e no livro esse seu lado é bem explorado também. A partir disso, Caio começará a ajudá-lo em seus experimentos e invenções, além de outros feitos. Caio também irá testemunhar momentos nem tão alegres assim, infelizmente...

No mais, e como já citei em outras resenhas dessa série, acho a narrativa muito bem elaborada, descritiva e é perceptível a realização de uma pesquisa abrangente e ao mesmo tempo simplificada. É uma excelente obra para se aventurar em uma fascinante viagem ao tempo, e ao mesmo tempo aprender mais sobre a matemática, física e história, disciplinas tão importantes em nosso dia-a-dia.

Classificação SEL: 4/5


3 comentários:

  1. Oi Fernanda. Parabénnnnnnnnnnnnnnns pela postagem da resenha, perfeita. Vc praticamente desfiou o livro pra gente.
    Valeu!!!
    Abcs
    Antonio Novaes (Skoob)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Antonio, obrigada pelo recado. Que bom que você gostou da resenha. O livro é muito bom mesmo. bjs Fê.

      Excluir
  2. Oi, Fernanda. Adorei, não conhecia os livros da série e achei muito interessante toda a trama. Parece uma aventura bem legal. Fiquei com muita vontade de ler.
    :)
    Beijos

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo