15 de maio de 2013

Resenha: A Pousada Rose Harbor - Debbie Macomber @Novo_Conceito

Informações do livro:                                 
Título: A Pousada Rose Harbor
Rose Harbor - Livro 1
Título original: The Inn at Rose Harbor (Rose Harbor #1)
Autor: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
Páginas: 352



Sinopse: A busca por um novo começo pode levar a grandes revelações. Jo Marie Rose decide comprar uma pequena pousada, como forma de superar a morte do marido. Mal sabe ela que as surpresas que a esperam nessa nova empreitada. Seu primeiro hóspede é Joshua Weaver, que voltou para casa para cuidar de seu padrasto doente. Os dois nunca se conheceram pessoalmente e Joshua tem alguma esperança de que possam conciliar suas diferenças. No entanto, uma habilidade de Joshua há muito perdida prova que o perdão nunca está fora de alcance e que o amor pode florescer onde menos se espera. A outra hóspede é Abby Kincaid, que retorna a Cedar Cove para comparecer ao casamento do irmão. De volta pela primeira vez em 20 anos, ela quase deseja não ter ido, devido às memórias trazidas pela pitoresca cidade. E conforme Abby se reconecta com sua família e seus velhos amigos, percebe que só pode seguir em frente se permitir-se verdadeiramente a isso.



Resenha: Estava muito ansiosa pela leitura de “A Pousada Rose Harbor”, pelo fato de que só li pontos positivos a respeito da obra, e com certeza posso dizer que não me decepcionei em nenhum momento. É aquele tipo de livro leve e fluído, mas que carrega uma grande bagagem emocional, e consequentemente varia de cada leitor o modo como irá interpretá-lo. 

No meu caso, posso definir como uma leitura revigorante e encantada, pois chama a atenção para vários fatos de nossa própria vida, quem sabe um pouco esquecidos. Aprendemos a dar valor aos pequenos detalhes e as pessoas ao nosso redor, e que a cada acontecimento há uma lição por trás, seja referente a recomeços, saudade, partidas, perdão. E é neste cenário que conhecemos personagens carismáticos e envolventes, e que principalmente, expõem seus conflitos mais internos diante dos desafios da vida.

Quem nunca sofreu uma perda? Mesmo que seja a menor perda, sempre será dolorida ou simplesmente levará um pouco da gente. Eu sei como é esse sentimento, pois há muito tempo perdi alguém muito importante em minha vida. Lendo alguns trechos onde a personagem colocava para fora seus sentimentos, me senti mais próxima com o enredo, e claro, me emocionei bastante. 

Esta personagem se chama Jo Marie, e é uma mulher forte e acolhedora, apesar de ter vivenciado momentos difíceis recentemente. A morte do marido a fez acordar para outra realidade, onde precisou aprender a viver novamente, ou seja, criar um recomeço, e ir restabelecer sua própria paz interior. 

A pousada Rose Harbor, em Cedar Cove, surgiu para dar uma direção certa à Jo, e é neste ambiente que ela irá construir seu negócio. Posteriormente conhecemos os dois primeiros integrantes da pousada: Joshua Weaver e Abby Kincaid.


“Preciso admitir isto: o amor me mudou. Eu estava mais feliz do que em qualquer outro momento de que conseguia me lembrar. E todos notaram.” Pg. 16.

É perceptível a maneira como a autora quis inicialmente, explorar mais os problemas mais antigos dos personagens. Digo isso, pois cada um teve que, lidar de alguma forma, com seu passado. Os dois hóspedes centrais apresentam ter certos ressentimentos em Cedar Cove, e por este motivo a ideia de estarem naquele local novamente os deixam nervosos e de alguma forma, angustiados. 

Joshua não se relaciona muito bem com seu padrasto e nutre uma grande mágoa por ele. Ao longo do trajeto, Joshua vai redescobrir uma parte de sua vida e se reencontrar consigo mesmo, e principalmente, aprender uma valiosa lição. Abby veio acompanhar a cerimônia de casamento do irmão, e não se sente nem um pouco a vontade diante desta situação. 

A moça tinha um passado que a atormentava constantemente, por conta de um trágico acidente. Ela se culpava pelos acontecimentos, porém essa nova visita ao local, a fará perceber um sentido maior em sua vida. Irá rever pessoas e irá adquirir uma nova confiança, onde ela conseguirá ser feliz novamente, sem remorsos ou culpas.

O relato de todos os personagens envolve o leitor de uma maneira intensa, perspectiva e gratificante. Principalmente, a narrativa nos encaminha para uma linda lição de perseverança e solidariedade. 

Pelo que pude perceber, esta história não acaba por aqui, e claro, já espero ansiosa para uma continuação. Parece que iremos conhecer novos hóspedes. Quem já está ansioso?! Também andei pesquisando sobre a autora e soube que ela já possui muitos livros e entre eles há ainda as “Crônicas de Cedar Cove”.

"Percebi que cada um de nós leva sua carga, alguns mais que outros. Algumas pessoas ficam tão acostumadas ao peso extra que parecem não ter mais consciência dessa bagagem. Senti um impulso de ajudar meus hóspedes, mas não tinha certeza se e como poderia ajudá-los - ou mesmo se deveria tentar. Talvez eles tivessem vindo à Pousada Rose Harbor para poderem me ajudar." pg.190


Classificação SEL: 5/5


15 comentários:

  1. Sabe, que quando comecei a ler a resenha, me pareceu ser, um livro de auto ajuda, o que não me agrada muito. Mas essa impressão passou (ainda bem) e acho que deve ser um livro bem bom de ler, uma leitura leve... valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  2. 5 estrelas!!!
    Vou ler com certeza!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Oiee :)

    Amei a resenha e estou louco para ler esse livr,já comprei e em breve tem resenha lá no blog,beijo!!

    euvivolendo.blogspot.com.br (comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  4. Gente, essa capa não é linda demais?! Como a Érika eu também imaginei que o livro fosse de auto ajuda, ainda bem que essa impressão passou HAHHA

    Beijos, Ni.

    ResponderExcluir
  5. Muito curioso, parece ser MESMO um livro muito bonito, com uma linguagem mais poética, e que te faz refletir bastante, visto os temas que ele aborda. A resenha foi bem legal, me fez ficar mais curioso ainda viu, e isso me mata, porque fico me roendo pra ler logo. E que livro lindo é esse, acho que um dos mais lindos da Novo Conceito, fora o kit que é maravilhoso, o trabalho interno do livro também é perfeito, já vi em outro blog e amei!

    ResponderExcluir
  6. Consegui esse livro de troca com uma amiga, mas ainda não tive oportunidade de lê-lo. Final de semestre na faculdade sempre é difícil.
    Adorei a resenha.
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Amo livros reflexivos... e este me parece ser um...
    gosto de compartilhar da bagagem cultural e emocional de cada personagem... muita gente diz que nós, leitores compulsivos, nos refugiamos nos livros para não vivermos a realidade que nos envolve.. mas a cada livro que leio percebo que podemos aprender um pouquinho de cada personagem!!bjks estou louca para ler este livro que me parece ser maravilhoso!!

    ResponderExcluir
  8. Eu, de ínicio, já gostei dessa capa fofinha! O livro deve ser tão bom quanto. haha

    ResponderExcluir
  9. Adorei ler a resenha e saber que o livro é o que eu queria pra mim. gosto de histórias assim e me apaixonei por sua interpretação na resenha. Amei. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Resenha muito boa, abordando pontos importantes do livro, convidando todos à leitura.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Achei o livro bom, poderia ser ótimo...
    Tinha altas expectativas para essa leitura, pois adoro histórias que se cruzam e personagens que trocam experiências, mas não aconteceu. Eram histórias distintas e foram desenroladas bem isoladamente... faltou uma ligação.
    Achei as personagens nada cativantes, à exceção de Jo Marie, por quem torci e... nada.
    Apesar disso, a escrita de Debbie Macomber é agradável e muito gostosa de ler. Espero que as continuações corrijam o que não me agradou.

    ResponderExcluir
  13. Tenho lido resenhas positivas e negativas em relação a esse livro. Confesso que não faz muito o meu estilo, mas fiquei com uma pontinha de curiosidade pra conhecer os ressentimentos das personagens e o desenrolar deles.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  14. Para ser sincera, não havia lido a sinopse ou a resenha deste livro até o momento. Apesar de ter visto a capa do mesmo no Skoob, porém, agora em que li o livro surgiu em mim o interesse de saber mais sobre os personagens, como agem em relação aos seus sentimentos e como vai ficar todo o desenrolar da história. Mas uma vez a resenha foi esclarecedora e isto fez surgir em mim o interesse pelo livro.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo