17 de maio de 2013

Resenha: Visões noturnas - Maurício Caldeira @novostalentosbr

Informações do livro:
Título: Visões noturnas
Ficção Brasileira
Autor: Maurício Caldeira
Editora: Novo Século
Selo: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 368

Sinopse: Até onde vão seus medos? Uma aposta para saber se um dos integrantes de um grupo de amigos tem coragem suficiente para entrar em um cemitério à meia-noite. Um suicida que descobre, no último instante, que sua vida não é tão ruim assim. Bichos de pelúcia que ganham vida e passam a ameaçar seu dono. Uma dívida não paga e um agiota dando uma última chance ao devedor, que terá que passar por uma prova sombria. Uma antiga casa onde um bem-sucedido – porém infeliz – homem de negócios viveu sua infância, e que pode resolver todos os seus problemas. Visões Noturnas é uma coletânea de contos, na qual os personagens estão sempre prestes a descobrir que cada novo acontecimento possui sempre um outro lado, sombrio e assus-tador. Enfrente seus medos, dê as mãos ao autor e deixe-o guiá-lo por Monserrat, uma cidade onde tudo pode acontecer. 




Resenha: Do que você tem medo? Em “Visões noturnas” o autor explora vários sentimentos obscuros e que podem integrar os maiores medos de uma pessoa. Muitos dizem que, assim como eu, adoram assistir a um bom filme de terror, porque com certeza prendem muito mais a atenção. 

Nos livros, esse gênero quando é abordado, acontece a mesma coisa, pois é impossível não intensificar a leitura até saber o desfecho da trama, já que é um assunto super interessante, adorado e hipnotizante. O enredo nos apresenta contos assustadores e ao mesmo tempo fascinantes. Tem como explicar isso? 

Nos deparamos com situações onde o medo é o principal vilão da história e sempre está relacionado ao terror, diante das formas mais estranhas. E sim, isso fascina e nos marca de um jeito inevitável. Posso dizer, que Maurício Caldeira conseguiu chegar ao seu objetivo, pelo menos comigo: me assustei em suas histórias e me perdi em sua narrativa.


“Mas, afinal, por que eu gosto de terror? Talvez porque o terror hipnotize. Porque impregna a alma. E o terror alcança o subconsciente em níveis em que as pessoas nem imaginam que poderiam existir. Mas, talvez, o principal motivo seja o mais simples de todos: o terror assusta. Causa medo.” Pg.15


E para comprovar o que estou dizendo, o livro já inicia repleto de mistérios e muito suspense. Sabe aquele caso que envolve uma aposta em uma cena bem macabra, tipo um cemitério? Esta é a situação. E Maurício Caldeira consegue retratar os fatos de uma maneira tão verídica, que assusta mesmo. 

E para mim, o conto “Royal Street Flash” foi um dos mais intrigantes, enquanto outros contos apresentaram emoções mais tocantes e intensas. Auriel é um conto que retrata o relacionamento de um homem com sua esposa e outros problemas em sua vida pessoal e profissional. 

O desfecho é tocante e surpreendente. Outro conto que me chamou bastante atenção foi “O Centenário” e deixou aquela sensação de reflexão: o quanto as pessoas são capazes de fazer para chegarem aos seus objetivos?

Todos os contos se passam em uma cidade chamada Monserrat, e olha que por tantos acontecimentos, esse local realmente aparenta ser bem mais macabra. “Visões noturnas” nos deixa com sentimentos de angústia, revolta, ansiedade e principalmente medo. O autor conseguiu elaborar histórias muito bem feitas e práticas, conseguindo ganhar totalmente a atenção do leitor, de um modo dinâmico e inovador.


“Eu não estava sonhando. É perfeitamente possível saber quando alguma coisa foi um sonho. E aquilo, definitivamente, não havia sido nenhum sonho. Tudo acontecera,ali, na minha frente.” Pg.243


Para os fãs do gênero de terror esse é um livro mais que recomendado. Você teria coragem de se aventurar nestas histórias?

Classificação SEL: 4/5


2 comentários:

  1. Adoro livros assim Fê, vlw pela dica!!!

    Gabriel - http://umpapoentrepaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei, bem interessante o livro.
    Beijos...

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo