19 de julho de 2013

Resenha: Os mistérios de Warthia @NizzFF @novostalentosbr

Informações do livro:                                 
Título: Os mistérios de Warthia
A Profecia de Mídria
Autor: Denise Flaibam
Editora: Novo Século
Páginas: 390



Sinopse: SERAFINE DELAY ERA UMA GAROTA COMUM... À sua maneira. Sua vida na sossegada Vila do Sol muda bruscamente numa noite, quando sua décima oitava primavera era festejada. Um ataque acaba forçando-a a fugir desesperadamente de monstros sanguinários e imbatíveis. Por algum motivo para lá de insano, tais criaturas queriam sequestrá-la! E enquanto mergulha de cabeça no universo mágico de Warthia e começa a entender a ligação de suas marcas com a história daquele mundo, Serafine descobre-se numa surpreendente situação: seu destino está traçado. Uma antiga profecia clama por seu espírito, e uma difícil jornada deve começar. Na companhia de um belo e rude espadachim, uma simpática garota de orelhas pontudas e um felpudo guerreiro belicoso, Serafine deve ingressar numa viagem de perigos desconhecidos, que se inicia no Norte daquele vasto continente, treinando para derrotar àquela que vem das Trevas para tudo devastar. Os Mistérios de Warthia devem ser desvendados, e Serafine é a única capaz de fazê-lo.




Resenha: Os Mistérios de Warthia apresenta uma história mágica e ao mesmo tempo complexa, diante de personagens fortes e uma história bem elaborada e decidida. E é nesse ambiente fantasioso que conhecemos uma personagem muito carismática e talentosa em diversos aspectos. 

Serafine Delay vive na Vila do Sol com seus pais adotivos e esse lugar conservador era bem tranquilo e sem grandes acontecimentos, até que desconhecidos surgem de uma maneira muito misteriosa e a partir desse momento, as coisas começam a acontecer de uma maneira estrondosa. E olha que o nome do título desse livro não poderia ser mais apropriado: é mistério do início ao fim.


“Para a vila, Serafine era uma jovem comum – ainda que com atitudes nada convencionais –, apenas uma humana. Para seus pais, porém, sempre haveria algo mais. Algo além da aparência. Eles sabiam que ela era especial de uma maneira única. Só não sabiam como explicar o que sentiam. Talvez fosse um sinal dos Deuses, depois de tanto rogarem por um filho. Agora eles tinham um tesouro.” Pg.23


De acordo com a narração e as várias descrições referentes a protagonista, é notável o modo como a autora quer transmitir uma certa desconfiança das origens da moça, que apresenta ter uma personalidade bem forte. Será que é apenas humana ou é um ser especial? E porque ela apresenta certas marcas no corpo? 

Estranhezas a parte, o fato é que Serafine vai descobrindo, aos poucos, suas próprias habilidades e ligações com o universo fantástico de Whartia. Depois que completa seus dezoito anos, as coisas nunca mais voltam a ser como eram e ela se vê diante de um destino que já lhe fora traçado há muito tempo.


“Apenas quando um dos convidados gritou e apontou para a imagem de uma das bestas que aparecia à luz das tochas é que Serafine se viu em um completo caos. A normalidade tão aclamada em Vila do Sol estava prestes a ser extinta.” Pg.45


Jarek, é o mais misterioso de todos e Ývela é uma garota cativante, e os dois surgem na trama para incrementar ainda mais as cenas de ação e aventura. Com um misto de aprendizados e conquistas, esses dois irão ser os guardiões de Serafine, a guiando para novos horizontes e perspectivas. 

E o que falar de Guillian? Sim, ele é realmente muito fofo! Espero que ele não tenha me ouvido, haha. (Quem ler ou já leu o livro vai entender ao que estou me referindo.) O que estou querendo abordar é que todos os personagens secundários foram apresentados com uma clareza excepcional e detalhes muito envolventes, fazendo com que o leitor faça uma ligação própria com cada um deles.


“Serafine...É uma honra tão grande saber que temos uma escolhida dos Deuses em nossa aldeia.” Pg.97


É impossível não falar em suspense nesta trama né, Denise?! Sério, me vi mais empolgada que o normal e ansiosa para saber o desfecho dos personagens. É uma história que te prende mesmo e o melhor, não enrola com detalhes desnecessários ou abusivos.


“ – Serafine, minha cara... Você acreditou que podia achá-los. Confiou em minha palavra. Confiou em si mesma. Não seguiu sua visão, e sim seu instinto. E de onde mais vem o instinto senão da alma? É da alma que também vêm os seus poderes...” Pg.178

Tenho mesmo que dizer o quanto anseio pela continuação?!

Gente e olhem que dedicatória linda, com uma letra mais linda ainda <3




Classificação SEL: 5/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo