5 de julho de 2013

Resenha: Tapete Vermelho @Martiquinha @MatrixEditora

Informações do livro:                                 
Título: Tapete Vermelho
Autor: M. S. Fayes
Editora: Matrix
Páginas: 184



Sinopse: Uma jovem garota brasileira resolve se aventurar em um curso de inglês no exterior. Na poderosa LA. Em meio ao itinerário de passeios mesclados com estudos, ela se vê em um torvelinho de emoções ao conhecer subitamente um astro em ascensão do cinema. Seus passeios acabam sendo mais intensos do que poderia sequer sonhar. Ela se vê no poderoso mundo das celebridades, onde o glamour pode deslumbrar ou ofuscar seus ideais. O mais importante, porém... Seria ela capaz de manter um romance onde os holofotes nunca se apagavam?



Resenha: Sabe quando você está a procura de um livro ágil e descontraído? Diante das minhas últimas leituras mais intensas, estava procurando por um livro leve e que me proporcionasse momentos relaxantes. Assim que recebi “Tapete Vermelho” da Editora Matrix, resolvi começar a lê-lo em seguida. 

Confesso que o que me chamou a atenção, inicialmente, foi a capa alegre e cativante. Posteriormente, assim que adentrei na história, comecei a perceber que a trama era a certa ao qual estava procurando, porém o que mais me surpreendeu foram os momentos emocionantes vivenciados pelos personagens.


“Aeroporto de Los Angeles, 7h34 da manhã. Era inacreditável como a multidão realmente abafava o lugar. Aquela não era minha primeira viagem internacional, mas sem dúvida era a mais marcante, porque eu estava viajando sozinha. Absolutamente sozinha.” Pg.05


Marina Fernandes, ou simplesmente Nina, estava a ponto de vivenciar um grande desafio em sua vida. Ela estava indo viajar sozinha com destino à Los Angeles e aos seus dezenove anos, se via bem preparada para tal situação, que no caso era cursar aulas de inglês. Nina mora no Brasil, estava de férias da faculdade de jornalismo e tinha acabado de terminar um relacionamento de longa data com uma pessoa extremamente possessiva. 

O que mais precisava era de um bom descanso longe de casa. Até que ela esbarra com um ator de um filme conhecido, James Bradley, – Jim – que acabou lhe fazendo uma proposta um tanto complexa – ou não. Jim pede que ela o acompanhe em direção aos fotógrafos, para que não dê mais indícios de fofoca sobre sua vida pessoal e profissional.


“– Garota, você vai incendiar os noticiários! Você não se enxerga muito bem, não é?” Pg.10


A partir deste momento, o dia de Marina muda completamente e ela entra num universo fascinante e ao mesmo tempo derradeiro. A moça se vê diante de garotas enlouquecidas, paparazzi e muito luxo ao seu redor. As circunstâncias acabaram se prolongando bem mais que o combinado e Marina foi se envolvendo no mundo do ator, diante da fama e do glamour. Mas claro que tinha que chegar ao fim e cada um seguir o seu rumo. 

Algum tempo se passou depois daquele dia estranho e maravilhoso, porém Nina não conseguia parar de imaginar tudo que aconteceu. Até que os dois se encontram novamente e ela não pôde ficar mais surpresa e feliz. Não tinha como não se admirar com as cenas narradas e sonhar junto com a personagem, mesmo que ela estivesse se sentindo iludida ou correndo sérios riscos de machucar os seus próprios sentimentos. O que quer que aconteça, ela tinha que arriscar.


“Homens sabem mesmo como fazer uma mulher quase ter um ataque cardíaco: as descargas de adrenalina já estavam danificando meu coração. Eu não queria que aquele momento terminasse. Mas terminaria. Então me resignei a fazer uma careta e mostrei a língua pra ele, feito uma criança de pré-escola...Definitivamente eu não estava no meu juízo perfeito.” Pg.21


Marina estava iniciando uma rotina delirante de acordo com a agenda de James e foi inevitável surgirem os boatos e diversas outras fofocas. Em consequência, os flashes e a correria aglomerada costumeira no meio surreal das celebridades surgiram como num estouro, dando início a sequências de discussões, confusões, dramas, loucuras, invasão de privacidade e muito fervor. 

Mas acima de tudo, uma grande história de amor começou a ser narrada de uma forma detalhada, intensa e delicada. Pode-se dizer com certeza de que esta aventura representou laços fortes de cumplicidade e dinamismo junto ao leitor e passou a sensação de que um sonho de amor pode se concretizar se houver confiança e paciência mútua. 

Sem falar que os próprios personagens transmitiram uma seriedade digna central e sentimentos relevantes. Nina é tem uma personalidade forte e encantadora e James é realmente tudo de bom: fofo, amigo, simples e carinhoso. Claro que não poderia deixar de ressaltar que ele é ciumento e um tanto possessivo. Mas quem não gostaria de esbarrar com ele?


“Eu queria James com uma força tão poderosa que estava difícil respirar. Eu queria pertencer a ele de uma forma exclusiva. Eu queria que ele fosse o marco do meu primeiro amor. Era isso. Eu o tinha escolhido para me ensinar sobre o amor intimo entre um homem e uma mulher. Eu o tinha escolhido para ser meu primeiro.” Pg.72


Devo confessar que não gostei de uma coisa: a leitura foi rápida demais e num romance moderno tão envolvente se torna difícil se desligar do enredo sem querer vivenciar mais um pouco daquele mundo. Não conhecia a autora, que é brasileira, mas com certeza já virei fã de sua escrita descontraída, dinâmica e consistente. Gostaria que houvesse uma continuação. Será M. S. Fayes?


Conheçam o blog da autora AQUI.

Classificação SEL: 4/5


6 comentários:

  1. Sabe aqueles blog fofo, simples e marcantes que vc entra e se sente super bem..pois aqui é um desses, tão clean e bem escrito com resenhas maravilhosas, e essa não deixou de ser diferente. Pois me encontrei na mesma situação de precisar de uma leitura mais leve ai comprei Radiante.. até que to gostando facil de ler e super divertido
    Beijinhus

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Olha não preciso nem falar nada sobre sua resenha não é ? eu fiquei com muita vontade de ler esse livro apesar de não ter lido livros tão tensos nas últimas semanas, no momento estou lendo A Pousada Rose Harbor e por enquanto estou na página 250 é 5 estrelas com certeza, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei a capa desse livro, bem convidativa. Pelo que li na sua resenha, acredito que iria gostar do livro, enredo bem interessante e leve. Valeu pela dica querida =)

    Quando o livro é bom sempre queremos mais páginas \o/

    ResponderExcluir
  4. Adoro livros fofos assim!
    Sua resenha me deu vontade de ler!
    Não conhecia o livro!
    http://leiamaisebooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei o site a resenha...tudooo...como disse Gabriel acima...fiquei com muita vontade de ler esse livro...


    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha, lindinha. Super bem escrita. E concordo com todos os coments de que se blog tem o visual perfeito e o principal, é super bem escrito. Uma resenha bem escrita chega até mesmo a me fazer suspirar.

    Vc conseguiu captar nunaces surpreendentes nos personagens...coisa que poucos conseguem realmente enxergar.

    Um Bjuuu

    M.S Fayes

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo