27 de agosto de 2013

Resenha: Limiar - Jessica Warman @galerarecord

Informações do livro:                                 
Título: Limiar
Título Original: Between
Autor: Jessica Warman
Editora: Galera Record
Páginas: 392



Sinopse: Liz Valchar sempre teve tudo o que poderia desejar. Dinheiro, beleza, um namorado perfeito e, agora, uma festa de aniversário no iate particular, na companhia de seus cinco melhores amigos. Mas quando ela acorda no dia seguinte, percebe algo errado. Boiando na água, bem ali, entre o barco e o cais, está o corpo de uma adolescente. Ao observar melhor, Liz percebe horrorizada, que aquele é o seu corpo. E que ela está morta. A única companhia dela é Alex, um menino que morreu um ano antes em um acidente de carro. Juntos, tentarão solucionar o mistério da morte dela, reconstruindo seus últimos dias de vida.





Resenha: Comecei a ler “Limiar” da autora Jessica Warman, sem nenhuma pretensão e confesso ter me surpreendido a cada página virada, mesmo porque consegui finalizar a leitura em apenas uma tarde. Possui uma história fascinante e que me deixou anestesiada até agora. Não consigo parar de pensar na trama (e quando isso acontece, pode apostar que gostei muito do livro). 

Não é apenas pelo fato de trazer uma história agridoce, que é ao mesmo tempo ousada e instigante, mas principalmente por conseguir repassar aos leitores uma mensagem significativa acerca da importância da vida e de todos os acontecimentos que seguem, bem como as pessoas ao nosso redor. Também aborda temas preocupantes como o bullying, o uso de drogas, transtornos alimentares e outras questões sociais.


“Grito de novo, alto o bastante para acordar todo mundo em um raio de um quilômetro e meio. Mas tenho a sensação de que ninguém pode me ouvir.” Pg.13


A protagonista se chama Liz (diminutivo de Elizabeth) Valchar e é aquela menina superficial, mimada, egoísta e popular, que só dá atenção ao seu pequeno circulo de amigos. Mas mesmo que aparente ser perfeita, ela vai se revelando ser bem problemática, diante de uma família desestruturada e um passado traumatizante. 

Ela não é, nem de longe, aquela personagem cativante e querida, já que é fato o quanto é mesquinha e inescrupulosa. A própria narração sobre ela quer deixar essa sensação mesmo, porém no decorrer dos episódios, percebemos seu amadurecimento, e mesmo que isso tenha acontecido após a sua morte, fez com que o próprio leitor percebesse muitas coisas sobre Liz, que desmitifica qualquer adjetivo e garante uma aproximação maior, justamente por sua história peculiar e triste. 

No dia em que está prestes a comemorar seu aniversário, Liz se vê perdida e não acredita na cena à sua frente: ela se depara com seu próprio corpo boiando no mar. Só que ela não lembra o que aconteceu. É como se uma parte de sua memória lhe fosse arrancada de uma hora para outra. Ao que tudo indica foi um trágico acidente. Será?!




“Eu me sinto estável, como se nada disso estivesse realmente acontecendo. Não pode estar. É como se eu mal soubesse quem sou. Sinto um lampejo de esperança renovada de que seja apenas um sonho ruim, de que vou acordar, mexer os dedos dos pés ainda deitada na cama e mais tarde vou sair para tomar café com meus amigos e vamos rir sobre o pesadelo maluco que tive.” Pg.18



A partir desse momento, muitos mistérios e surpresas começam a ser narrados de uma maneira encorajadora e ativa. Assim que percebe estar de fato morta, ela se depara também com o irreverente e complicado Alex, um menino que morreu atropelado e que por motivos ocultos, também se vê preso na cidade onde morou. 

Os dois, mesmo não gostando muito um do outro e tendo as suas diferenças, começam a ir e vir diante de lembranças que possam os ajudar a lembrar fatos importantes e que venha a ajudar a desvendar o mistério que cerca a morte de ambos. Por esse motivo, acabam sendo expostos por pensamentos sombrios e pensamentos íntimos.




“Mas Alex morreu, e só tinha 17 anos. E agora eu. Não consigo parar de me perguntar: por que estamos juntos? Eu mal o conhecia. Ele era reservado, tímido, obviamente um solitário. Ainda assim, apesar de nossas aparentes diferenças de personalidade, tenho que admitir que é muito melhor ter alguém com quem conversar a ter que passar por tudo sozinha, como tem sido para Alex no último ano.” Pg.43



Todos os personagens – como Josie e Richie – são importantes, escondem segredos e garantem um plano de fundo envolvente e complexo, fazendo com que aos poucos, o quebra-cabeça se forme de modo assustado e emocionante. 

A autora consegue também fazer com que o leitor fique tão ansioso quando Liz para descobrir tudo e ainda encaixa os fatos com exatidão e plenitude. Outros pontos me levaram a conclusões precipitadas e desde o começo dá para imaginar como poderá ser o desfecho, porém as revelações que aparecem nas últimas páginas são chocantes e completamente inesperadas.




“Quando desvio o olhar dele e obervo meus amigos e minha família, penso que minha morte não é uma morte tranquila. Aqui estou eu. Ainda na Terra, com Alex, observando e esperando, mas o quê? O que devemos fazer? Juntar peças, de acordo com Alex, mas para formar o quê? Mais uma vez, tento me assegurar de que nenhum de nos meus amigos faria nada contra mim. Que razão algum deles poderia ter tido?” Pg.75




Esse é um livro recomendado para os fãs do gênero de suspense, drama, mistérios e assuntos sobrenaturais. Garante uma profundidade de descobertas sobre si, sobre o convívio, a redenção, o controle e o amor, que, consequentemente, interagem com uma sociedade critica e característica.

Limiar” é sensacional. Não deixe de conferir!


Classificação SEL: 5/5 -
                                                                             

4 comentários:

  1. amei sua resenha!! Estou louca para ler esse livro, e depois de ler sua resenha, fiquei ainda mais empolgada!! e será meu proximo pedido a editora.

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, eu me apaixonei por esse livro. Tenho vontade de ler novamente até *-* Não deixe de conferir. Beijos

      Excluir
  2. Sempre quis ler esse livro, sua resenha só aumentou minha vontade. Espero que eu consiga o ler logo!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo