28 de setembro de 2013

Resenha: A outra vida - Susanne Winnacker @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: A outra vida
Quem éramos antes da epidemia – e como nunca seremos novamente...
Título Original: The Other Life.
Autor: Susanne Winnacker
Editora: Novo Conceito
Páginas:272




Sinopse: O mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores. Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua. Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação? E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?




Resenha: A outra vida” de Susanne Winnacker, publicado pela Editora Novo Conceito instiga o leitor desde as primeiras páginas e cria expectativas sobre o desfecho de cada ato. Possui uma narração carregada de dramas e suspense, levando em consideração personagens que já se encontram em um estado de vida saturada e amedrontada.

O ambiente é tenso e a comida escassa. No tempo presente, mais precisamente nos subúrbios de Los Angeles, é como se não existisse mais vida. Não há nenhuma movimentação e se há pode ter certeza que tem confronto por perto. É como se a cidade estivesse morta e a pergunta que ronda a cabeça dos poucos sobreviventes é o que poderia ter acontecido e onde estariam todos.

Sherry vivia com sua família em um abrigo, no meio de muitas brigas e incertezas, e num dia quando resolveu ir com seu pai em busca de comida adentrou numa atmosfera mais obscura e repleta de desafios. Esta personagem em especial mostrou ser, desde o principio, muito corajosa e motivada. Mesmo nos momentos de fraqueza e vulnerabilidade, conseguiu se recuperar diante de situações difíceis e decisivas.



“Três anos, um mês, uma semana e seis dias se passaram desde a ultima vez que vi a luz do dia. Um quinto de minha vida.” Pg.07.



Por meio de um desencontro encontrou Joshua e a partir daí, muitas perguntas são respondidas e novas informações repassadas. Ele parece bem audacioso, destemido, carismático e transmitia muita segurança. Por meio de um maior envolvimento, representa uma grande relevância na trama. Juntos, precisam encontrar o pai de Sherry que acabou ficando para trás quando foi em busca de comida com a filha. A dúvida é se ele já foi contaminado...

Mas você deve estar se perguntando: o que aconteceu com essa população? Tudo começou por causa de um vírus que transformou as pessoas rapidamente num estado sem consciência. Agora eles são conhecidos como “Chorões” e esqueceram completamente quem são. Sem memória, viraram caçadores dos humanos. Estes, por sua vez, precisam caçar também para manter sua sobrevivência.

Os Chorões são como feras, mas ao contrário de seres sem instintos, são mutantes inteligentes e atentos. Só essa informação já deduz o quanto é preciso ser cuidadoso, porque eles são perigosos e imprevisíveis.

Esta fase é chamada agora de “A outra vida” com referencia a época anterior a este caos. Independente do pior é importante destacar que se ainda há esperança é porque alguém sempre se esforça e batalha para que tudo volte a ser o que era antes.



“Sempre pensei que a raiva mutante fosse uma aberração da natureza – afinal, foi o que o governo disse. Mas não era. Não foi apenas uma má sorte, ou o destino, ou uma punição de Deus. Era um feito do ser humano! Essa percepção me deixou tonta por um momento. O governo havia mentido sobre a mutação. O que mais poderia ter escondido de nós?” Pg.75



O romance é sutil, porém revela sentimentos de tensão e cumplicidade. Cada fato de “A outra vida” complementa algo e desponta cenas intensas e apreensivas. Com muitas opiniões divergentes e criticas acerca da sociedade, acompanhamos a história de uma guerra devastadora e cheia de detalhes protestantes. A aventura é constante no meio de muito pânico e reviravoltas. Parece um filme de horror, onde ficamos temerosos e ansiosos para o desfecho.



Classificação SEL: 4/5


3 comentários:

  1. Oie :)

    Nossa eu estou com muita vontade de ler esse livro pois todos estão fazendo super elogios a ela hahaha, beijos !!

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito ler este livro. Desde que eu vi que ele ia ser lançado eu estou esperando para poder comprar.
    Adorei a resenha, parabéns.

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Estou na expectativa em relação a este livro, a maioria das resenhas tem falado bem dele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo