12 de outubro de 2013

Resenha: Anúncios carentes de bichos abandonados por gente - Almir Correia @EditoraBiruta

Informações do livro:
Título: Anúncios carentes de bichos abandonados por gente
(Série Poemas Birutinhas)
Autor: Almir Correia
Ilustrador: Rubens Matuck
Editora: Biruta
Páginas: 44

Sinopse: Cães, gatos e vários outros bichos deixaram por aqui seus anúncios – eles buscam por donos que possam dar um pouquinho de carinho a eles. A Tila quer uma dona grandona, Betoneira adora ver televisão, Pangaré anda pelas estradas à procura de um dono, e o Galope grita aos quatro cantos “Me Adote, eu faço Estrogonofe”. E aí? Algum desses animais pode virar seu bichinho de estimação?








Resenha: Anúncios carentes de bichos abandonados por gente” do autor Almir Correia é recheado de poemas inteligentes e intencionais, fazendo com que o leitor pense profundamente na mensagem inserida. É uma leitura muito instigante e emociona qualquer um – principalmente quem tem um afeto especial por animais.

Num geral, esse livro pode ser recomendado para todas as faixas etárias, pois diverte desde as crianças com as belas ilustrações de Rubens Matuck, assim como encanta, ilumina, emociona e até entristece as pessoas de mais idade.

Cada pequeno texto tem uma simbologia enorme e não representa qualquer idealismo. É na verdade a certeza de que existe um bem maior sobre estas criaturas que nos fazem tão bem. E este livro cativante não somente nos faz perceber mais ainda o quanto é preciso valorizar, mas também o quanto é necessário apoiar qualquer causa que seja direciona para estes companheiros tão fiéis.


“Não pague 100
Não pague 50
Não pague 10
Eu estou aqui de graça
Cheio de lambidas amorosas
Junto aos seus pés.” Pg.05


Claro que assim que a Editora Biruta anunciou este livro fiquei encantada pelas percepções da história, e não deixaria passar a oportunidade de lhes apresentar algo tão especial e digno de atenções. Os poemas são ritmados, porém não é este fato que se destaca. A consideração está justamente no fato de como estas palavras emocionam o leitor.

Os textos são tão fascinantes, que dá vontade de ler a todo momento. Eis uma dica: quando você estiver se sentindo sozinho ou triste, leia alguma frase desse livro. Garanto um sorriso, pensamentos acolhedores, vontade de sonhar e uma imensa vontade de fazer o bem.

A melhor característica deste livro é a verdade. Existe seres mais sinceros e mais ingênuos? Eles apenas seguem seus extintos e independente da raça ou de qualquer outra distinção, merecem ser respeitados e tratados com todo o amor e carinho. Esta é a real intenção destes poemas: destacar o amor incondicional e fazer uma conscientização para que todos façam a boa ação de adotar um animal. A única reclamação que tenho deste livro é que infelizmente possui poucas páginas, mas claro que independente disso é uma ótima recomendação de leitura, bem como para presentear alguém.

Eu já tenho vários cãezinhos ao meu redor, mas se pudesse adotaria vários e todos que estão na rua. Sempre tive esse sonho: poder ter um cantinho para fazer esta ação. E vocês?


“Jamais gostei de carteiro
Mas posso abrir uma exceção
Aceito um dono-carteiro
Que me leve e traga
Em seu coração.” Pg.28




Classificação SEL: 5/5


2 comentários:

  1. Que livro mais interessante!
    Eu amo animais, eu amo cachorros, saio na rua sempre com ração em um saquinho e saio distribuindo pra eles, e é fofo porque mesmo com tão pouco eles ficam felizes.
    Me interessei bastante por esse livro!
    Ótima resenha! Beijos!
    http://btocadoslivrom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ola estou passando para avisar que tem concurso cultural novo no meu blog, e como eu gostaria que todos participassem estou avisando.. de uma passada por la para conferir http://napratheleira.blogspot.com.br/p/blog-page_10.html beijos e já vou indo!!

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo