4 de outubro de 2013

Resenha: Claro que te amo! @tammyluciano @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Claro que te amo!
A felicidade pode chegar quando mais esperamos
Autor: Tammy Luciano
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320





Sinopse: Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar. Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado… Mesmo que tudo pareça tão difícil.



Resenha: Claro que te amo” de Tammy Luciano (também autora de Garota Replay) publicado pela Editora Novo Conceito, introduz várias mensagens claras ao leitor, tanto de experiências vividas nas mais diversas situações como redireciona para compreender emoções sublimes e admiráveis. O destaque esta justamente em poder compreender os sentimentos da protagonista Piera, sendo que as palavras se apresentam de modo complexo e revelador. É como se o leitor estivesse lendo anotações pessoais de alguém, como num diário e todas as descrições se encaixam e chamam a atenção por envolvimento, bem como entender o que a protagonista fala porque é como se você estivesse passando por algo assim ou conhece alguém neste estado.

Piera decidiu comparecer no casamento de seu ex-namorado André. Por si só, isso já é uma grande loucura e uma busca para querer sofrer ainda mais – porque é claro que ela está arrasada. Contudo, é como se ela precisasse de uma libertação para parar de pensar nele e de se lamentar. Mesmo que não estivesse tão mal pelo término e sabendo que a relação de ambos estava ruim há um bom tempo, o que a estava frustrando era mais o fato de ter perdido tanto tempo com uma pessoa, ter feito planos em sua cabeça e imaginado que poderia ter se casado também.

Seis anos pode ser muito tempo ao lado de uma pessoa, você já conhece praticamente tudo: se sente parte da família, tem uma rotina personalizada e conhece os gostos do seu parceiro como ninguém. Com André e Piera nunca foi diferente. Dizem que não funciona se o namoro dura muito tempo. Pode ser que algumas vezes dê certo, mas com esses dois não. E as vezes isso é bom, porque independente do tempo e de outra condição, por outro lado viver ao  lado de alguém por um longo período pode fazer entender se é ou não é a pessoa ideal, aquela que você tanto esperava.

Mesmo assim, Piera é uma garota nova e aos 19 anos já se sente bem indo num caminho profissional e com o apoio das suas fiéis amigas e de seu pai. Agora você deve estar se perguntando sobre a mãe. Ela morreu? A resposta é não e ainda requer uma analise mais complicada. Coincidência ou não, seus pais também namoraram durante seis anos. 

Seu pai sempre desejou ter uma família completa e feliz, porém sua mãe vivia cada vez mais afastada de corpo e alma. Sua mãe nunca quis uma filha.  É preciso citar neste momento, que o pai de Pietra foi um dos mais carismáticos da trama, com tanta displicência, compreensão e disposto a perdoar as falhas das pessoas. Ele é o maior apoio para a filha e tudo que ela necessita. Um complementa o outro de uma maneira emocionante. Ate que a mãe – Dona Cecília –resolve aparecer do nada, para confundir ainda mais a cabeça de Piera... Como se não bastasse o momento em que ela se encontrava.



Não falo da minha mãe. Não falo porque ela simplesmente existiu como um cometa que passou na minha vida e depois a perdi de vista. Não apenas André me abandonou. Minha mãe também faz parte do time largue a Piera. Eu deveria ter alguma espécie de desafio com situações de abandono. Como compreender que tinha uma mãe, mas não tinha uma mãe?” Pg.47  



Sua mãe se encontra em um estado difícil e que requer muitos cuidados. Ela se encontra numa depressão profunda, e está num estado emocional muito fraco, desanimada e cheia de pensamentos negativos. Neste momento, o que ela mais precisa é de tratamento, muita atenção e paciência.  

Marcelo é outro personagem que se destaca. Ele é o administrador da clinica onde Dona Cecília se encontra e tem várias qualidades arrebatadoras. Parece conhecer Piera como ninguém e desperta fortes emoções, além de ser querido, amoroso e inteligente. As amigas da protagonista também entram em cena para incrementar a produção e dinamizar ainda mais os acontecimentos.

Claro que te amo” é um livro memorável e repleto de pensamentos instigantes. Requer uma leitura critica, e mesmo com sua narrativa ágil, deixa o leitor com ótimas perspectivas e reflexões. É também o tipo de leitura para se ler a qualquer momento, independente do temperamento em que esteja, porque a história, por si mesma, dá um jeito de levantar a moral de qualquer moral. Tammy Luciano está de parabéns por esse trabalho magistral.

(Sério! Como ainda não li Garota Replay?).

Classificação SEL: 5/5


3 comentários:

  1. Estou muito curiosa para ler esse livro, serio mesmo.
    parabéns pela resenha.
    beijos!!!
    palavrapequenas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Fê adorei sua resenha, ainda não li nada da Tammy mas tenho vontade.
    Fico feliz que vc tenha gostado. Bjos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pelo carinho com o meu livro! Feliz demais lendo a resenha!
    Sucesso para o Blog!
    Bjinhos. Tammy
    www.tammyluciano.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo