22 de outubro de 2013

Resenha: Esc@ndalo @ThereseFowler @Novo_Conceito

Informações do livro:
Título: Esc@ndalo
Amor proibido, privacidade devassada e vidas em jogo: um Romeu e Julieta do nossos dias
Título Original: Exposure
Autor: Therese Fowler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384



Sinopse: Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia... Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto... Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.



Resenha: Escândalo” de Therese Fowler, apresenta uma história surreal, repleta de cenas conflitantes e emocionantes. Diante dos acontecimentos, o leitor tem sensações que remetem a irritação, a incredulidade e a angustia pelos próprios personagens. O enredo foi muito bem aprofundado e você só consegue pensar como um relacionamento verdadeiro pôde tomar proporções tão chamativas e perigosas. Claro que tudo se baseia em quem tem o poder e a influência do mesmo.

Neste drama, Amelia e Anthony se mostram genuinamente apaixonados, de uma maneira doce e sensata. Ela tem 17 e ele 18, então não tem aquela diferença de idade perceptível para dizer que eles estão de fato fazendo algo errado, mesmo porque em alguns meses ela já completará a maioridade também. A garota é muito sonhadora, talentosa, determinada e apaixonada. Mesmo assim, seu pai Harlan Wilkes é rígido e totalmente sem noção. Demonstra ser protetor, mas acima disso parece que vive em tempos passados, querendo obrigar a própria filha a tomar decisões contra a sua vontade.

Anthony vive com sua mãe Kim, professora do colégio onde estudam. Eles se dão muito bem, não escondem nada um do outro e a falta de um homem em suas vidas não interfere em nada. Harlan pensa totalmente o contrário: por isso pode-se dizer que ainda é um preconceituoso que acha que uma mulher deve se envergonhar por ser mãe solteira... E por aí vai. Claro que a relação de Anthony e Amélia não seria bem vista e muito menos aceita por seu pai. E por isso mantiveram segredo, pelo menos por enquanto. Até terminarem os estudos e decidirem os caminhos de sua vida – que por sinal, o casal já havia planejado há muito tempo.

Por um acaso – que não é tão acaso, pois o pai estava invadindo a privacidade da filha –, Harlan acaba descobrindo algumas fotos de Anthony em situações íntimas no computador da filha. E é ai que a confusão – torturas, problemas – começa. Ele ficou possesso e não queria saber da opinião da filha. Para ele, Anthony era culpado por tudo e merecia uma punição. Tudo aconteceu tão rápido que o leitor pode se questionar da grandiosidade deste acontecimento. Seria um caso que poderia envolver certa punição sim, talvez alguns conselhos e um acompanhamento deste relacionamento. Por que os pais não tentam, quem saber, apenas ouvir os filhos? Eles são apenas adolescentes e também tem suas falhas, afinal. Porque colocar as investigações da polícia no meio? Ainda mais que envolveria mentiras e muito sofrimento em ambas as partes.

Escândalo parece estar num ambiente teatral de Romeu e Julieta, de forma poética e sentimental passada nos tempos modernos. A autora juntou elementos fortes e consistentes, e esta ficção ainda é baseada em um experiência que aconteceu com seu filho, conforme ela revela nas últimas páginas deste livro.



“Com o coração trespassado por tamanha certeza, como acontecera aos amantes de Shakespeare, ela se tornara uma convertida feliz ao Amor Instantâneo – ainda que discretamente. E com um cuidado seletivo, a fim de que o pai não viesse a descobrir e estragasse tudo.” Pg.12





Classificação SEL: 4/5


Um comentário:

  1. Adoro essa capa e tenho muuuita curiosidade sobre o livro, parece ser muito fofo e bem escrito. Adorei sua resenha ;)
    Beeeeijos.
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada por visitar o blog. Espero que tenha gostado e volte sempre! Fê ♥

© Fernanda Prates - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo